pomba,

Capítulo (sobre um dia de frio intenso e sol forte)

Daqui da sacada de minha casa posso ver e sentir. Hoje é um dia de frio intenso e sol forte. Lá fora, o mundo continua, e aqui, da minha sacada, sinto o frio que a maioria acha deveras e o calor do sol, nem muito quente, nem indiferente, mas consolador, de certa maneira. Observo duas pombas pousando no muro de meu vizinho, uma pomba mestiça e uma pomba quase inteiramente branca. O dia está realmente muito bonito. E eu poderia dizer que este é o melhor dia da minha vida, mas eu não o farei.