plantamal

Pessoas difíceis, ranzinzas e instáveis são as que mais necessitam urgentemente de amor. A questão é que elas não sabem, ou simplesmente ignoraram este fato. Não sabem pedir um abraço, mas quando são abraçadas é emocionalmente tocadas. Pessoas difíceis gritam em silêncio precisando de amor. Cada um tem sua história, mas muitas vezes esquecemos disto, nem sempre sabemos o que o outro já passou até se tornar a pessoa que és hoje.. Muitos contém cicatrizes e nem sempre souberem lidar com elas, talvez só queiram alguém que cuide no fundo. Não é porque o mundo disse que seria um fracasso, que não se pode viver uma história extraordinária ainda. Não é porque passou o tempo que não se pode viver uma história extraordinária ainda.. O mundo está precipitado em viver histórias, mas a ansiedade não gera paz. E o extraordinário se acontece para os que creem, para os que plantam e colhem de acordo com o tempo. Uma horta não se cresce de um dia para a noite, é necessário adubar, regar e cuidar. E o amor pode se considerar assim e também os propósitos. Em terra seca, jogue uma semente… O amor floresce até nos pontos mais secos da vida.
—  Vitoria Martini.

meu corpo é casa de ninguém.
chegam e fazem moradas
os homens, os bichos…
fazem estâncias, aram a derme,
abrem sulcos, putrefam a carne
plantam suas tristezas
colhem suas alegrias.
depois partem, me partem
em dois, em três, em cacos.

meu corpo é terra de ninguém.

Meu peito dói, sinto como se meu coração estivesse sendo quebrado em mil pedacinhos, cheguei a conclusão que algumas pessoas são cruéis. Você ama, cuida e protege uma pessoa, pra ela simplesmente vir e te dar uma apunhalada pelas costas, existe algo mais covarde que isso? Acho que não. Só continuo tendo fé em Deus, todo sofrimento é passageiro, se eu plantei amor hoje, vou colher o dobro disso amanhã. Tenho misericórdia daqueles que plantam sofrimento, pois vão colher o dobro disso amanhã, e isso? Isso eu não desejo nem pro meu inimigo. É como dizem, tem que ter amor ao próximo e graças à Deus isso eu tenho de sobra.
—  Tudo que vai, volta pra você um dia.