pixação são paulo

Você vê aquele jovem casal que acabou se se conhecer na balada. Eles estão com os sentimentos à flor da pele, com os hormônios a todo vapor. Mas daí você vê aquele casal de velhinhos de 50 anos de casados. Eu pergunto: ‘Quem tem mais sentimento?’ Certamente o casal que acabou de se conhecer. Mas lhe faço outra pergunta: ‘Quem tem mais amor?’ É o casal que está casado há 50 anos. Tanto é verdade que, muitos destes casais casados há muito tempo, quando um deles morre o outro morre logo em seguida. Por quê? Porque o amor era tão forte que um já não conseguia viver sem o outro. Certamente com 50 anos de casados, muitos deles já não sentiam a ‘paixão’ um pelo o outro, mas existia o mais importante: o amor.
—  Padre Paulo Ricardo

O mínimo do máximo

         Tempo lento,
espaço rápido,
         quanto mais penso,
menos capto.
         Se não pego isso
que me passa no íntimo,
         importa muito?
Rapto o ritmo.
         Espaçotempo ávido,
lento espaçodentro,
         quando me aproximo,
simplesmente medesfaço,
         apenas o mínimo
em matéria de máximo

Paulo Leminski