pipa

“Existe al menos un rincón del universo que con toda seguridad puedes mejorar, y eres tú mismo.” -Aldous Huxley

A gente só precisa ser mais leve. Aceitar as tempestades com gratidão, porque isto também é ter fé. Rir alto e escancarado sem medo bobo de como o rosto vai ficar, por que afinal, tem coisa mais bonita que um sorriso cheio de vontade? A gente tem que ser criança e parar de achar que amadurecer é agir que nem gente azeda e sem humor. Tem que ser criança mesmo, que é quem tem a alma leve e amor sempre na pontinha coração, pronto pra saltar para fora. Tem que perdoar mais. As vezes a gente anda com as emoções - coitadas - arrastando os pés de tão cansadas, isto porque a alma esqueceu de passar a borracha em algumas mágoas e decepções. A gente tem que simplificar mais. E parar de por a culpa na boa e humilde vida que essa não faz mal a ninguém, a gente é quem complica tudo.
A gente só tem que amar mais, essa é a verdade. E aí o resto vem. O resto é consequência. Como soltar pipa de tardinha, o gosto de vida misturado com molequice é consequência. É gostoso. E ó, se não fizer sentido, preocupe não, ao menos sorriso faz.
Anota aí: gente só precisa amar mais. Tipo soltar pipa.
—  De verso e alma, para Ele
youtube

“The Ambush”, performed by virtuoso pipa player Liu Fang

The Ambush from Ten Sides, or, The Ambush from All Sides, is a classical piece written for pipa. It depicts the defeat of the armies of the general Xiang Yu in 202 BC at the hands of the army of Liu Bang. The composer of the work is not known for sure, as the first definitive records of the piece are when it appeared in a collection of scores compiled Hua Qiuping of Wuxi in 1818, but there are other, less definitive records of the piece dating back centuries earlier, which may hint at a much greater age. The work is considered a masterpiece of Chinese classical music, and its difficulty is such that only virtuosi can play it.