pergunte me

Oi.
Eu não sabia como começar escrevendo pra você, mas estou aqui. Faz tempo que não sentamos para conversar, não é? Eu sinto sua falta. Bom, acho que você nem sabe das coisas que tem acontecido por aqui, eu entendo, você é uma pessoa muito ocupada e também não tem só eu no mundo. Eu estive doente esses dias atrás, até achei que iria morar com o Papai do céu, eu tremia e era febre que não passava. Você não estava lá como disse que estaria. Eu também fiz um bolo, você não apareceu pedindo um pedaço. Eu queria te contar sobre um amigo meu, tenho conversado muito com ele e ele tem me ensinado para quê que os amigos estão aqui, bom, eu acabei lembrando de você e não pude te contar isso, afinal, você não estava aqui. Eu disse a ele que meu pai iria se casar daqui um mês e vinte e dois dias, depois eu moraria só, ele até perguntou como eu estava me sentindo, deu um nó na minha garganta e eu disse que me sentia perdida, mas que seria isso, eu moraria sozinha, ele me abraçou e disse “mas você tem a mim e aos seus amigos, estaremos aqui por você” ele estava mesmo, mas e você? Onde você estava? Onde você está agora?! Caramba, eu nem lembro mais como a sua voz é, eu sinto muito. Ah, eu me desentendi com meu chefe, acredita que ele acha que estamos na era da escravidão? Fiquei rebelde, peguei dois dias de folga e foi isso mesmo. Afundei o sofá da sala assistindo filme e até tentei assistir alguma série, não sei se lembra, mas eu não gosto muito dessas coisas. Acho que vou comprar um carro, gostaria da sua opinião, puta merda! A gente não tem conversado, deixa pra lá, pergunto a opinião de outra pessoa, sei lá, pode ser o meu pai, ou ele vai dizer que não, que ainda é cedo. Eu não sei se te falei, mas o dinheiro que eu ia pagar meu plano de saúde, eu tive que gastar, me mudei e tu acredita que o cara que faz o frete do caminhão cobrou o dobro do que eu imaginava? Tive que pagar as instalações do ar condicionado, da internet, sky e de uma tomada no meu banheiro. Ainda estou acordando uma hora mais cedo para tomar meu remédio mas, é obvio que eu volto a dormir depois. Aprendi a fazer torta de pão com bastante queijo, nossa, e as bolinhas de queijo? Se abrir a geladeira, capaz de ter mais queijo do que água. Eu falei sobre a morte da minha mãe pela primeira vez, tão abertamente como nunca fui, falei para mais de 400 pessoas. Eu não chorei na hora, eu sorri e foi tudo bem. Cheguei em casa, chorei. Eu queria muito que você estivesse comigo naquela hora, como nas outras vezes, você não estava e eu senti tanto, mas tanto sua falta. Seu desinteresse em mim e em nós fez com que meu coração não sentisse mais nada por você, além de falta ou saudade. Não importa, eu me acostumei. Só é triste de ver, eu não lembro muitas coisas de nós, não lembro como é tua risada, seu sotaque, seu jeito, ah - respiro fundo - não lembro como é sentir que você está aqui pra mim. Eu queria te contar tanto tantas coisas, mas deixa pra lá, o mundo gira e sempre terá alguém disposto a ser tudo aquilo que você precisa, até mesmo ser aquele amigo(a)-irmão(a).
— 

Com todo o carinho que um dia eu já tive por você:

Escriturias.

“Ontem você me perguntou algo que pensei que soubesse. Então te disse com um sorriso: “É tudo sobre você”. Você sussurrou em meu ouvido: “Você faz minha vida valer, é tudo sobre você”. E eu realizaria todos os seus desejos se você me pedisse, mas se você me negasse um dos seus beijos, não sei o que eu faria. Então, abrace-me forte e diga três palavras como antes. Dançando nos azulejos da cozinha é tudo sobre você. Sim, você faz minha vida valer a pena. So I told you with a smile, it’s all about you.”

McFly

Bios para Instagram

“Seja de verdade em tudo que você faz. 🌻”

“Em toda a parte só se aprende com quem se gosta. ❤😍”

“Pela fé eu verei meus sonhos realizado por Deus. ❤🌻🙌”

“Que a minha felicidade não dependa da má vontade alheia. 🙏🌼”

“Tenho meus limites. O primeiro deles é meu amor-próprio. 😘😌”

“Não me pergunte quem sou e não me diga para permanecer o mesmo. 👍”

“Quando somos bons para os outros somos ainda melhores para nós. ❤”

“Mesmo tendo juízo não faço tudo certo.Todo paraíso precisa um pouco de inferno. 😈”

“A única verdade é que vivo.Sinceramente, eu vivo. Quem sou? Bem, isso já é demais. 😎”

“Ninguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço e de mim faço o que bem entender. 😘”

“E que fique muito mal explicado.Não faço força para ser entendido.Quem faz sentido é soldado… 😆😘”

“Não me iludo com elogios nem vou abaixo com críticas. Tenho consciência de quem sou e isso basta para mim. ”

“Porque eu sou do tamanho daquilo que sinto, que vejo e que faço, não do tamanho que as pessoas me enxergam. 😀”

SE PEGAR DÊ LIKE OU REBLOG

Querida mãe.
Mãe, aquele dia que eu cheguei, meio pálida, com os olhos cheios de água. Eu menti, mãe. Menti dizendo que tinha me emocionado com uma cena de idosos abraçados que vi na rua. Menti dizendo que eu estava bem, mãe. Menti pra você me liberar logo, e permitir que eu fosse pro meu quarto, sem delongas. Mãe, eu não sou a filha serena que pensa. Não sou a filha imbatível que pensa. Eu choro mãe. As pessoas me magoam sem nem se importar. Aquele dia que eu entrei correndo em casa, louca pra ir pro quarto. E eu menti pra você, foi porque eu vi ele, mãe. Ele não estava sozinho. Uma moça bonita, nos braços dele. Nos braços onde eu costumava ficar. Ele me despejou do seu abraço, lugar que eu tinha feito de lar. Ele deu o seu olhar pra outra pessoa, mãe. Eu queria ter a coragem, de te dizer tudo isso naquele instante que me perguntou. Mas eu optei por mentir. Não quero que você me veja chorar. Mas eu queria teu colo, mãezinha. Queria um apoio e alguém pra me dizer que tudo isso vai passar. Eu estou muito decepcionada, me entende? Se eu pudesse ter escolhido, á 20 anos atrás; eu não escolheria sair de dentro de Ti. O mundo é frio demais. Eu escolheria pro céu partir. E não sofreria nunca. Mas a vida nos empurra aqui pra fora, e nós não sabemos como reagir. Até que as decepções vão surgindo, e nós temos que nos virar. Já tomei vários nocautes das frustrações, mãe. Eu não sei se vou aguentar mais uma vez. Ele não me amou de verdade. Só me usou. Porquê?
—  Carta para a mulher que me deu a vida, neste mundo sombrio.
Confesso que tento melhorar diariamente, mas todo dia fracasso. Algo me prende em você, por mais que eu tente superar, não consigo, talvez porque tudo me lembra você ou porque todo dia eu tenho a certeza de que você está melhor sem mim, que ela é a mulher certa, o amor da sua vida. Eu nunca fui boa em demonstrar o que estava sentindo, seja fingir que nada estava acontecendo ou sair por aí com o sorriso no rosto pra mostrar a todos que estava bem. Mas você me mudou. Não existe uma noite que eu não chore pensando em tudo que poderíamos ter sido e o que somos hoje. Em que eu não me pergunte o que ela tem que eu não tenho. No que eu errei contigo. E não adianta sair com os amigos pra distrair, porque a cada esquina algo me lembra você, ou cada coisa que alguém me conta eu tenho vontade de sair correndo pra te falar. Tá tudo estranho, na minha vida e no meu coração. E eu não sei até quando vou viver assim, quantas noites terei que sair, ficar bêbada, nem sei com quantos caras irei pra cama apenas por uma noite pra ver se alivia essa falta que eu sinto de ti. Eu só sei que enquanto você segue em frente eu ainda estou tentando superar o nosso fim.
—  Milena Borges.
Não precisa perguntar se eu estou bem se você não quiser realmente saber como estou. Só pergunte como me sinto quando você estiver interessado e não só por perguntar, por ser uma conversa monótona, por educação ou qualquer coisa do tipo. Odeio esse tipo de conversa onde a pessoa finge querer saber se você está bem, porque na verdade ela está sendo apenas educada.
—  Meus dilemas.
Me perguntou o que estou fazendo, respondi que estou esperando.
Pelo quê? Minha coragem.
Para quê? Me recompor, deixar essa cama e correr atrás da vida porque se eu deixar meus cacos aqui em cima, ninguém virá limpar. A vida já está uma bagunça, mas o quarto não precisa tomar o mesmo rumo.
—  Aperte recomeçar.

Não abuse.

Oi, você pode falar comigo? Pode ser sobre qualquer coisa, só fala comigo. Me pergunte minha cor favorita, meu prato favorito ou até mesmo minha música favorita. Pergunta sobre o meu dia, o que eu fiz, como foi minha aula ou se eu dormi bem. Ei, vamos falar sobre nossos sonhos, sobre estrelas e quem sabe sobre a lua? Ah, você também pode perguntar sobre aquele filme que eu assisti ontem. Isso, pergunta sobre ele, vamos falar sobre o roteiro ou sobre a fotografia. E por que não falarmos sobre os problemas sociais do mundo, não é mesmo? Ei, nós podemos sim falar disso, eu adoraria trocar ideias e pensamentos relacionados à isso com você. Estava pensando e percebi que também podemos falar de como você fica lindo quando solta aquela gargalha alta, ou de como o seu abraço é confortante. Quem sabe não falamos sobre aquela sua mania de tocar no cabelo sempre que olha pra mim. Nós podemos conversar, eu sei que podemos. Você tem medo disto não dar certo, eu também tenho e isso é normal. Mas poxa, confia em mim, não custa nada tentar. Então por favor, você pode falar comigo?
—  FNLS, coordenado. 
Eu não gosto quando eu fico diferente e então me pergunta se estou bem e falo que sim e você nem nota que estou mentindo.
Eu quero que você insista em mim, que você mostre que se preocupa com o meu estado emocional.
Quero que você me pergunte por umas três vezes como eu estou só pra assim eu falar o motivo.
Mas tem dias que você dá essas mancadas de acreditar em tudo que eu falo.
Eu só queria que você percebesse, notasse, diferenciasse os meus dois “estou bem”.
Mas nem sempre isso acontece.
Muitas vezes olhamos a mulher de provérbios 31 e olhamos para nós e dizemos “nunca que eu vou conseguir ser igual a ela” ser a mulher virtuosa que a bíblia pede não é um bicho de sete cabeças, se você quer ser uma mulher virtuosa como da bíblia, pode começar se esforçando. A bíblia fala que ela é esfoçarda e forte. Às vezes você reclama porque não conseguiu tal coisa, mas você se esforçou o suficiente? Certo dia reclamei sobre uma nota que havia tirado, e o Espírito Santo me perguntou “você se esforçou o suficiente?” nós colhemos aquilo que plantamos, até quando você não faz nada você está fazendo alguma coisa, você ta plantando nada, e não pode reclamar quando colher nada. Se esforce para ser simpática, amável, para agradar a Deus, viver para Ele, fazer Sua obra. Se esforce e seja forte.
—  A Mulher Virtuosa é esforçada e forte.

One Shot Harry Styles

  • Pedido -  Faz um do Harry que ela vai ver ele atuando (pode ser no filme Dunkirk) daí vem um “amigo” dele que é ator tambem que fica cantando ela falando como o sotaque dela é bonito e tals, do corpo e o Harry fica louco


Dunkirk. Nunca estive tão ansiosa para um filme quanto estou para esse, eu quero muito assistir tudo pronto em vez de ficar ouvindo Harry contar como foi cada cena que ele gravou só para aumentar minha ansiedade.

Eu nunca fui a nenhuma gravação, Harry disse que perderia a graça se eu fosse e que ele não sabe se Christopher deixaria. Ele nem ao menos perguntou, parece até que me quer longe. Mas eu consegui o convencer a pedir permissão para que me leve, nada como uma boa noite de sexo para que ele faça tudo que eu pedir.

Bastou alguns minutinhos no telefone para que a permissão fosse concedida, Christopher disse que estava ansioso para me conhecer desde que Harry só fala de mim quase o tempo todo. Nem preciso dizer que me senti honrada e que Harry ganhou pontos com essa informação.

No dia seguinte eu já poderia ir às gravações, pulei da cama bem cedo para me arrumar o que causou uma carranca em Harry, ele não entendia o por que de eu querer me produzir tanto só vê-lo atuar.

Chegarmos no local de gravação quase fiquei zonza de tanto girar para olhar a minha volta, vários e vários homens espalhados para todos os lugares e quase todos vestidos com a mesma roupa e mesmo corte de cabelo. Eu até brinquei com Harry dizendo que eu poderia o confundir com um dos homens ali e acabar beijando o errado, isso quase me fez ficar presa dentro do carro.

Hoje as gravações seriam no navio, então eu teria que observar de longe com algumas pessoas responsáveis pela maquiagem e figurino. Todos ali foram simpáticos comigo então não seria sacrifício nenhum ficar com eles.

Antes das gravações começarem quando Harry estava se trocando, Christopher e eu conversamos, ele me contava como Harry estava se saindo atuando e apenas o olhava admirada por estar em sua presença. Eu adoro alguns dos filmes dele, então é uma oportunidade e tanto estar aqui com ele.

Depois de me dar um beijo rápido, Harry entrou em uma das lanchas que os levariam até o navio e eu fiquei de pé olhando mesmo que de longe, não dava para mim ver muita coisa, mas mesmo assim valeu a pena cada segundo aqui.

Com a atenção focada no navio, mal percebi que um homem se aproximava e só o notei quando ele falou comigo.

— Você é namorada do Harry, não é?! — eu olhei o homem com atenção reconhecendo seu cabelo loiro e rosto das páginas de updates sobre o Harry. Ele é o suposto amante do meu namorado.

— Sim e você é…? — perguntei apenas porque esqueci seu nome, não pude conter um risinho lembrando de tudo que já li sobre ele.

— Luke, sou um colega do seu namorado. — ele sorriu.

— Sim, já nos falamos sobre você. É um prazer conhecê-lo. — o estendo a minha mão.

— O prazer é todo meu. — ele leva minha mão até sua boca dando um leve beijo, isso me deixou um pouco boquiaberta. Quem nos tempos de hoje faz isso?

— Eu ouvi e li muito falar sobre você. — recolhi minha mão e mencionei o que li e ouvi de Harry.

— Saíram muitas mentiras sobre eu e Harry… Você não acreditou né?! Nós só estávamos nos falando e não se pode mais rir que estamos em um relacionamento secreto. — ele disse e nós rimos. Talvez estará nas páginas amanhã que eu e Harry dividimos o mesmo homem.

— Eu confio na masculinidade do meu namorado, não se preocupe. — sorrio para ele — Eu já me acostumei com os maus entendidos.

— Isso é bom, quem não perdoou foram as fãs dele.  

— Não leve a sério os xingamentos, eu tenho uma nova lista todos os dias. — eu ri baixo, já me acostumei com tudo.

— Você é bem forte por aguentar tudo isso… Aliás, você tem um sotaque maravilhoso.

— Obrigada. — sorrio — Eu costumava não gostar, mas parece que vocês daqui gostam muito.

— Ele é muito fofo. De onde você é?

— Brasil.  

— Isso explica o seu corpo. — ele me secou de cima a baixo e isso me deixou extremamente desconfortável.

— E ai, Luke?! — ouvi a voz de Harry e suas mãos em volta da minha cintura. Agradeci mentalmente por ele ter aparecido, eu não saberia o que responder.

— Oi Harry, eu e sua namorada estávamos tendo uma adorável conversa. — ele sorriu.

— Não se importa de eu ter que roubá-la um pouco né?! Sei que não. — Harry sorriu cínico e começou a me puxar para longe sem ao menos esperar a resposta.

— Seu amante me deixou desconfortável. — comentei baixo olhando para trás e vendo o homem ainda nos olhando enquanto andamos para longe.

— Para de brincadeira, eu não gostei nem um pouco disso. — ele disse sério.

— Ei! Isso não foi culpa minha, eu não poderia lhe acertar um sono e criar uma confusão aqui, Christopher não iria gostar de tumulto nas gravações dele. — me defendi.

— Isso foi exatamente o que pensei assim que a ideia de socá-lo e jogá-lo ao mar passou por minha cabeça.

— Ei! Para quê tanta violência? — parei de frente a ele e segurei o seu rosto.

— Para ele aprender não te destratar dessa forma, você é minha namorada e uma mulher de respeito. — eu ri do que ele disse — Qual a graça?

— Você dizendo que sou uma mulher de respeito, não que eu não seja, mas isso me fez me sentir cansada com você. — ele riu baixo.

— Em alguns anos estará. — Harry beijou minha testa — Venha que agora vou pedir a Kris para cuidar de você. Nada de ficar sozinha com o Luke.

Eu apenas assenti deixando-o me levar até uma das tendas e me deixar com uma das figurinistas depois de me dar um beijo. Então mais uma conversa se iniciou ali, mas agora uma que me deixa confortável a todo momento e o Harry mais calmo.




Ficou curto, mas espero que tenham gostado :)

A parte que as fãs xingaram o rapaz e estavam dizendo que o Harry tava tendo alguma coisa com ele foi verdade, mas o nome dele não é Luke. Eu não lembro qual é.

Deixe seu favorito e me sintam-se a vontade para falar comigo na ask 

Eu pulei a ordem porque achei melhor assim, caso contrário, não teria nada para postar.

- Tay

Lembranças

Hoje lembrei de você, não que eu não lembre todo dia mas hoje foi diferente, foi com mais saudade, mais detalhes.
Lembrei da nossa primeira conversa, da primeira declaração de amor, do primeiro beijo e da primeira decepção.
Eu era muito feliz com você e mesmo com o mundo querendo nos afastar, mesmo com todo mundo dizendo que não era amor, eu era feliz.
E você quebrou meu coração, não com traição ou outro motivo “normal ”, você se foi de um jeito diferente, se foi de alma, longe queria tanto, perto não demonstrava nada.
Tudo bem, eu que decidi terminar.
Você me perguntou o motivo e eu apenas disse que amor se foi. E você veio dizendo que amor de verdade não morre e que eu menti te amar por muito tempo e eu fiquei quieta não por falta de resposta e nem por consentimento, apenas porque você não acreditaria em mim.
Hoje você veio conversar comigo depois de tanto tempo e se chamou de assassino, disse que matou o nosso amor e que hoje você se deu conta que amor pode sim acabar mas só acaba quando é morto por quem se ama. E hoje você me disse que matou o que eu sentia por você e que sabe bem como fez isso mas você me disse que eu não matei o que você sentia por mim e esse amor ainda está vivo e eu confesso que isso mexeu comigo e eu pensei em te dá uma segunda chance mas aí eu pensei bem e vi que você não mudou e que um assassinato deixa suas marcas e meu coração já não suporta mais cicatrizes de amor nenhum. Doeu muito dizer que eu não te amo mas foi o certo, eu ainda sinto algo por você mas não é amor, é apenas lembranças de um assassinato.

Procura-se por sorrisos em troca de nada

Certa vez, conheci uma mulher. Seu nome era Maria. Maria passou por maus bocados, os piores imagináveis. Todos os dias eu a via sorrir e me perguntava o por que de tanta alegria já que ela não tinha motivo algum para isso. Um dia, depois de muito pensar sobre isso, eu a perguntei. Maria me respondeu que para ela, não importava o quanto a vida tivesse sido dura com ela, ela não seria dura consigo mesma. Maria me explicou que sorrindo, fazia outros sorrirem e me perguntou se eu já havia sorrido para alguém naquele dia em troca de nada. Maria me fez refletir e sorrir. E Maria sorriu outra vez. Maria se foi. Ainda não encontrei alguém na vida com um sorriso tão sincero quanto o dela. Espero que encontre. O mundo precisa de mais Marias.