pequeno rabisco

A gente tem a mania de querer errar para aprender, de pagar pra ver até onde podemos ir. De querer provar tudo pra todo mundo. Por mais que a vida não venha com manual de instruções, sabemos que nem sempre precisamos cair para aprender, e para consequentemente mudar o caminho. Às vezes a vontade é tamanha, que acabamos ficando cegos em determinadas situações. Não enxergamos que as coisas podem ser mais simples, sem tantos rodeios. Mas sempre existe essa nossa mania besta de querer complicar tudo, ou seja, nós mesmos nos impedimos de dar um passo na direção certa, um passo à frente. Aquele passo que a gente sabe que é necessário para seguir adiante, para fazer o futuro começar a acontecer. Só que na maioria das vezes carregamos a dor como uma bagagem que acaba sempre sendo desnecessária. O que transforma ela numa cruz… Uma âncora que só nos afoga, e que não nos deixa subir para superfície do nosso ser. É nesse momento que precisamos desistir do que faz nos mal. Tirar as amarras que nos prendem e nos levam ao fundo do oceano, nos libertar dessas correntes, e nos permitir aquela oportunidade de recomeçar. Afinal, nem sempre algo novo é sinal de que será ruim. Ruim mesmo é se acostumar ao sofrimento, e sabotar a própria felicidade.
—  Pequenos rabiscos de Bella Palova ao lado de Suelen Bastos.
E você espera. Espera ele te ligar com saudades, dizendo que te ama e que se arrepende. Espera que tudo volte a ser como antes: beijos roubados, carinhos inesperados, ligações no meio da noite ou aquela visita no domingo de manhã, com aquela cara de sono, que alias, é linda. E no final, nada acontece. O telefone não toca, a campainha também não. O último pingo de expectativa escorre quando você percebe que passará mais um dia acompanhada da saudade e que a noite, será mais longa do que imaginava.
—  Pequenos rabiscos.
Não desista. Não desista de ser alguém melhor, de querer algo melhor. A vida é passageira e o sofrimento é inevitável. Quem faz a felicidade é você mesmo, e quem decide quanto tempo ela permanece é você também. Saiba dosar e seja feliz.
—  Pequenos rabiscos.
Vivi os melhores momentos da minha vida . Tive meu primeiro amor ,amei intensamente pela primeira vez , mesmo pensando que eu não seria capaz. Eu fui. Mas o tempo se encarregou de te levar . Nos separou. Talvez tenha sido  a melhor coisa que aconteceu , a gente nem dava certo em tudo. Falavam que não fomos feitos um para o outro , eu não acreditava , só enxergava o amor  na gente. Queria que tivesse durado um pouco mais , talvez a  gente ainda estaria juntos aqui agora. Mas percebi que a vida tem suas regras , seus joguinhos , e suas leis . Ela te tira coisas  especiais, mas te traz outras incomparáveis. Só é bom em quanto dura. Só dura em quanto for imensamente bom.
—  Meu pequeno primeiro amor.