pequena cinderela

Eu aprendi com os erros do passado a acertar quando alguém viesse e me fizesse sentir um amor tão grandioso assim e diferente do que está no final do texto que leu eu vou te compreender, não vou dar motivos pra brigar, não levantarei a voz, muito menos ir brigar porque senti ciúme daquela menina que te disse um “oi” e você sorriu porque qualquer outra pessoa se apaixonaria pelo teu sorriso. Não ousarei levantar um dedo se quer pra você, muito menos te fazer ameaças.
Se você do nada começar a surtar porque a menina passou me olhando diferente, eu só vou te olhar, dar um sorriso e te abraçar pra que você sinta que nenhuma menina me faria tão bem como você me faz.
Se você sentir que teu corpo não está legal porque tem estrias e celulites ou porque seu cabelo está de mau com você, vou apontar para todos eles que você chama de “defeitos” e irei dizer que amo todos eles.
Se você do nada surgir lá da cozinha dizendo da toalha molhada que deixei no sofá há três horas atrás e querer arrumar motivo pra brigar, simplesmente irei pedir desculpas e colocar no varal pra secar.
Se reclamar daquela meia que deixei debaixo da cama por preguiça de lavar vou levantar seja o horário que for só pra lavar e dizer: pronto amor e perguntar se quer mais alguma coisa só pra te ver fazendo bico.
Se você por conta da raiva descontar em mim não vou revidar e sim pedir que se acalme e no mesmo instante ir em tua direção pra te abraçar e dizer que está tudo bem.
Se você sentir que não é capaz eu vou te mostrar que está completamente errada. Se eu estiver falando contigo e você se desligar do mundo e perguntar o que eu falei, vou dar uma risada e começar tudo de novo. Mesmo que você ache que déficit de atenção é um defeito eu vejo ele como um teste pra ver se aguento, se tenho toda paciência pra falar mil vezes a mesma coisa porque você estava longe. E eu tenho.
Se você se chatear porque queimou o ovo eu vou rir mas vou ir lá te ajudar ou talvez eu ajude a piorar porque sabe o meu desastre na cozinha, só não pode retribuir a risada porque vou ficar sem graça.
Se você estiver empolgada com algo que planejou há um mês atrás mas que no dia eu estiver com aquela cólica maldita, vou pôr um sorriso no rosto mesmo que minha vontade seja ficar somente deitada e te acompanhar pra te ver sorrir. Mas se eu quiser ir naquele evento e você sentir aquelas fortes dores irei cancelar na hora porque são dores piores que as minhas e você não pode fazer esforço algum.
Se você quiser chá de camomila, vou ir contra tua vontade e dizer que fiz de erva doce, só pra te ver cruzando os braços ou batendo o pé porque queria de c-a-m-o-m-i-l-a, mas quando tu der o primeiro gole vou começar a rir alto porque vai ter notado que eu apenas brinquei só pra te ver emburrada.
Se eu receber uma ligação de um número desconhecido vou pedir que atenda só pra você não ficar com ciúme ou paranoia.
Você vai me dar boa noite e dizer que vai dormir na esperança de eu pedir que fique mas vou brincar com você e dizer boa noite e ficar offline mas não dar dez segundos vou entrar e dizer: você está com muito sono ? Porque queria que tu ficasse e você do outro lado vai sorrir e vai ficar e eu de cá vou querer gritar de felicidade. Mas se você disser que realmente vai dormir eu vou me despedir na esperança de você voltar como muitas vezes acontece, porque não consegue pegar no sono ou porque perdeu, mas nesse tempo que você estiver ausente eu já terei escrito um texto enorme dizendo o quanto tu faz falta.
Aqui em casa quando vou ver tv eu tenho o controle sob controle (hahaha) então se quiserem assistir aquele filme que já passou duzentas vezes vão assistir, caso contrário ficarão sem tv, mas se você quiser assistir aquele filme de terror que tanto tenho medo vou querer ficar quase o filme todo me escondendo mas vou permanecer ali porque quero te fazer companhia, mas se quiser assistir Cinderela ou Pequena Sereia vou deixar o futebol de lado pra te acompanhar.
Como não gosta de doce vou te desafiar a comer dois pedaços daquele bolo cheio de chantilly e dizer que no último pedaço mostrarei a surpresa que eu fiz, mas se você fizer aquela carinha de: não quero mais, posso parar de comer ? Eu vou te mostrar do mesmo jeito a tal surpresa porque você se esforçou. Eu sempre vou arranjar um motivo pra te mimar mesmo que você tenha feito cara feia o tempo todo enquanto comia porque estava sem fome.
O amor requer sacrifícios e muita paciência e mesmo que minha vontade seja de te morder porque você ficou descalça o dia todo eu vou dizer que a próxima vez que isso acontecer vou te deixar de castigo… dez segundos sem abraços.

Se um dia você achar que pouco fomos e que pouco fiz….
Te deixo ir, mesmo que isso me doa.
Te deixo ir, mas pedindo do fundo do meu coração que você perceba o quão errado é viver longe de mim e volte.
                                                            Grazielle Peixoto.