pastor alemão

O Senhor é o meu pastor e nada me faltará. Tira meus medos, e restaura minha alma. Morto para o céu, morto esperando Cristo vir. Para estar com Você para sempre e Te ver. Retire a minha sede, coloque algo a mais na minha vida. Nada de dinheiro, carros, nada se compara a alegria de Cristo. Amor ao trabalho ao envés de escolher o caminho de egoísmo, que nos destroem. Não há necessidade disso, eu sei o que eu quero, quero saber como obte-lô, mas o meu Deus é suficiente!
—  God’s Enought, Lecrae
Leitura diária: Coração quebrantado.

“O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido.” (Salmos 34:18)

O que é um coração quebrantado? Um coração arrependido? O choro não representa, necessariamente, quebrantamento. Mas reconhecer a nossa total dependência de Deus e nos entregar por inteiro ao Senhor, é um sinal de quebrantamento. O próprio Cristo assim viveu. Como é dito em João 6:38: “Pois desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou.”.

Coração quebrantado é coração que deixou de fazer sua vontade para fazer a de Deus: Nos momentos que a vontade de Deus parece estar encaixando com o que queremos, aceitá-la e segui-la é uma tarefa simples de ser realizada. Porém, muitas vezes a vontade dEle confronta nossos desejos e é completamente diferente do que queremos… É aí que devemos escolher se faremos nossa vontade ou deixaremos ela para fazer a de Deus. Um coração quebrantado assim o faz. Escolheu viver para o Senhor.

Coração quebrantado é coração que abriu mão de seus desejos para sonhar os sonhos de Deus: Como somos bobinhos, às vezes, com medo que os planos de Deus nos impeça de alcançar algo que queremos muito. Todos temos sonhos, talvez Deus tenha colocado alguns em seu coração. O coração quebrantado entrega seus sonhos a Deus e pede que Ele mude algo, caso tenha um plano diferente para nós. Isso porque os pensamentos de Deus vão muito além do que nossa mente limitada pode imaginar. “Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.” (Isaías 55:9) Um coração quebrantado assim crê, por mais que as coisas sejam difíceis.

Coração quebrantado é, também, coração arrependido de seus erros: Tem momentos que tentamos enganar a nós mesmo quando pensamos que não estamos tão longe da perfeição. Quem nunca ouviu alguém dizer: “Vou pro céu. Não estou roubando e não estou matando.” Estes estão completamente errados, pois como é dito em 1João 1:8-9: “Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” Todos os dias erramos, mas o coração quebrantado se arrepende e reconhece diante de Deus seus pecados e assim como o filho pródigo, que ficou aquém do padrão de Deus, recebe perdão.

Enfim, coração quebrantado é coração que obedece por amor a Deus: Fazer essas coisas citadas acima, não é possível sem amor. Deixar minha vontade, sonhos, reconhecer que estou errado… ou seja, me esvaziar de mim? Tem que ser por amor a Deus. O coração quebrantado é aquele que teme a Deus e o obedece não, simplesmente, por medo, mas porque sabe que, infelizmente, entristece ao Senhor todos os dias, mas O ama. E sabe também que o amor de Deus continua o mesmo. Para a nossa carne, o pecado é bom. Então, por exemplo, se você cola de alguém na escola, não fica triste porque colou, fica é feliz porque conseguiu a resposta. Mas fica triste e aquilo te angustia porque sabe que desagradou a Deus, porque tem um coração quebrantado e quer agradar ao Senhor. “Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.” (Romanos 7:18-19) O coração quebrantado obedece a Deus porque O ama. E quando peca, se entristece por saber que Deus não te desaponta jamais, mas nós O desapontamos todos os dias.

Por fim, o choro não é sinônimo de quebrantamento, um coração voltado e rendido a Deus que O ama, reconhece suas mazelas e sua total dependência de dEle, sim. Este pode ser considerado quebrantado. Que assim possamos ser, procurando agradar ao Senhor a cada dia. Esvaziando-nos de nós mesmos e enchendo-nos de Deus.

“Tudo o que eu tenho a Te ofertar é um quebrantado coração. Eu queria ter muito, muito mais, mas tudo o que eu tenho é um quebrantado coração. Um quebrantado coração, move o coração de Deus. Um quebrantado coração, traz o céu pra nós.” (Fernanda Brum)