passar por cima

anonymous asked:

o quão errado é sentir atração pelo ex da amiga que ela ainda gosta?

atração não vejo como erro, agora se tu passar por cima dela ai meu bem, chinela na sua face

Eu procurava ser tão boa para você, chegava a passar por cima de coisas que eu achava que eram essenciais e boas só para te ver feliz. E nunca, nunca era o suficiente.
—  Clarissa Corrêa.

Antes de começar essa carta, quero que você feche os olhos (claro que não agora, senão como vai ler está carta né) e imagine tudo o que já passamos. Os momentos bons, os ruins, todas as vezes que discutimos e todas as vezes que pedimos perdão. Quero que pense o quanto mudamos, o quanto amadurecemos um com o outro e o quanto ainda vamos amadurecer juntos. Está bem, agora feche os olhos e só abra quando tiver pensado em tudo isso.

Pensou? Eu também. Percebeu alguma coisa? Eu sim, nossa história é parecida com a de qualquer outro casal e, ao mesmo tempo, tão diferente. Estamos construindo nossa própria historia, que pode ser tanto igual ou completamente diferente das outras que já tivemos, e quem decide o rumo dela somos nós. Até onde estamos dispostos a tentar? Até onde estamos dispostos a lutar? Quanto nós estamos dispostos a sacrificar? Segura as resposta e continua lendo.
Eu gostaria de começar falando sobre coisas ruins, mas, de certa forma, necessárias. Com isso não quero dizer que alguns de meus erros foram necessários, os maiores não foram. Mas aprendemos com eles, não é mesmo? Aprendemos um com o outro a passar por cima do orgulho. Aprendemos a ouvir um ao outro, mesmo quando ele não fala nada. Aprendemos a superar coisas juntos. Aprendemos a cuidar do outro. Aprendemos o que deixa o outro chateado, irritado, ou com ciúmes e aprendemos também a evitar isso. E tudo isso que aprendemos, foram nos tornando um casal melhor, pessoas melhores, mais fortes.

Estou determinada a lutar por nós, todos os dias da minha vida, e não desistir jamais. Não irei aceitar que as coisas deem errado entre a gente, não podem dar, eu continuarei lutando mesmo quando despojada de forças estiver. Continuarei a nadar contra a maré para te alcançar. Porque por você, vale a pena o sacrifício da luta.

Por você, Vinicius, eu acordaria cedo em pleno sábado, tomaria café, aprenderia a cozinhar, arrumaria a casa, assistiria um filme de guerra chato, passaria a tarde assistindo seu treino, passaria horas torcendo por você nos jogos, mudaria meu jeito de ser, aceitaria de bom grado os sacrifícios que precisasse fazer, aprenderia tudo sobre futebol. Por você eu gritaria e não falaria baixinho, porque por mais que digam que o amor deve ser sussurrado, eu prefiro mostrar para o mundo o quanto eu te amo. Penso que o amor é mais ou menos isso. Uma amostra constante do que sentimos um pelo o outro, sejam eles sussurrados ou exagerados.

Você chegou em um momento que tudo estava bagunçado, dentro e fora de mim, haviam contas a pagar, amores derramados no tapete, amizades secando na varanda, meu coração morrendo sem esperança. Eu estava enterrada em cartas não lidas, meus pensamentos me sufocavam, a dor me cegava e a dúvida me matava de dentro para fora. Você não chegou bagunçando mais ainda as coisas ou jogando tudo pela janela como se nada importasse, você sentou ao meu lado, me puxou da pilha de cartas e problemas a qual eu estava imersa, fez respiração boca a boca e ajudou a organizar tudo. Leu pra mim todas as cartas, enquanto eu jogava fora o tapete e empilhava os amores no cesto de roupas sujas, depois me contou sobre a vida que me esperava como o futuro estava cheio de surpresas boas e, o mais importante, como seu amor salvou meu coração enchendo-o de esperanças novamente. Você está me ajudando a escrever uma história que eu pensava percorrer sozinha. E quer saber? Eu já estava me preparando para isso, até você chegar. Então obrigada, obrigada por não me deixar, em todos os sentidos. Não me deixar sozinha, não me deixar escrevê-la sozinha e simplesmente, não me deixar. Você é a minha base, o meu sustento, aquele que me dá forças para levantar, aquele que me dá forças para aguentar todo esse mundo, todas essas pessoas. Você sabe como era minha vida antes, para mim é uma memória distante mas que ainda mora no canto obscuro do meu coração, como uma cicatriz que as vezes coça e arde. Você trouxe luz para a minha vida, me salvou de tudo que estava acontecendo comigo, me tirou de uma vida que não pertencia a mim. O brilho que encontrei nos seus olhos foi o que me deu força para seguir em frente. O brilho que ofuscou todo o resto. Fazendo-me estremecer e deixar para trás tudo aquilo que impedia de ser feliz do seu lado.

Sempre que você diz que me ama, sinto borboletas nascerem no meu estomago. Sinto que tudo é possível, que não existe caminhada tão longa ou tempestade tão forte que não podemos enfrentar juntos. Sinto o carinho, a paixão, o desejo na sua voz. Sinto como se fosse primavera, mesmo sendo inverno. Sinto-me extraordinária. Esse amor é diferente, porque você consegue fazer eu me sentir diferente, você consegue fazer eu me sentir única. Você permaneceu. Você foi o que ficou, o que está me fazendo acreditar. O que está se entregando e me fazendo entregar todo tipo de amor.

Esperar você chegar é como véspera de ano novo. É desejar e saber que o meu mundo mudará com o correr dos ponteiros. É sentir o coração batendo acelerado e forte de ansiedade, e ouvir as batidas ecoarem pela casa, ou será que é só dentro da minha cabeça? Esperar você chegar é fazer um monte de planos e promessas para o que está por vir, a promessa de não desgrudar de você nenhum segundo, de fazer com que você veja e sinta todo o amor que existe em mim, de te apaixonar em todos os momentos. Você chega. Fogos de artifício. O ar cheira a esperança e felicidade, o mundo está em festa, o meu mundo. Você me segura pela cintura e me beija. Mais fogos coloridos e brilhantes explodem dentro de mim e fazem cócegas na minha barriga, se olhar fixamente nos meus olhos, poderá vê-los. Ver você chegar é como meia-noite em noite de ano novo. Não há tristeza, tudo é lindo, colorido e só há amor, felicidade, paz e sorte no ar, principalmente sorte. O mundo inteiro se ilumina com uma luz intensa, meu mundo brilha com a luz dos seus olhos.

—  Stella Machado Starling
4 meses..

 17 semanas..

 120 dias..

 2.880 horas..

 172.800 minutos..

 Sei que oposto a mim você gosta de números e sabe muito bem usá-los, mas eles parecem ser tão superficiais para mim.. Não acho que nosso relacionamento possa ser descrito por eles, não acho que o tempo signifique algo muito grande para nós porque foi tão de repente que tudo aconteceu.. Eu não esperava por isso, e aposto que você também não, e agora já se fazem quatro meses. Inacreditável, não é? Comecei citando os nossos números, e mesmo não sendo formada em matemática e odiando essa matéria, sei que ainda há uma infinidade de números escondidos nas entrelinhas, nós estamos continuamente criando o nosso pequeno infinito em nossos dias numerados, em meio as nossas rotinas turbulentas e longos afazeres. Eu até poderia continuar a citar nossos números, falando do dia em que você retornou a minha vida, do dia que contou que me amava e fez meu mundo virar de ponta cabeça me mostrando que esse mundo de ponta cabeça era o certo pra mim ou até mesmo o dia que me pediu em namoro, sei que como eu você deve se recordar muito bem desses números, mas você sabe que me entendo melhor com as palavras, então aqui estou eu a procura delas e justo nesse momento elas me fogem. Mais uma vez a menina das palavras se perde em suas próprias linhas.. E mais uma vez você é a razão dessa confusão. Você mexe comigo, de uma maneira que ninguém mais consegue, você dá sentido aos meus dias, você alegra até os mais cinzentos deles e arranca os mais verdadeiros sorrisos, mas você também me trás dores, me faz sentir o arder das lágrimas e me faz ser forte ao passar por cima de dificuldades por nós dois, e talvez isso seja um relacionamento verdadeiro, não aquele perfeito, porque nós somos errantes: o babaca e a complicada. E talvez, não fomos feitos para dar certo, mas sim, para ficar juntos e completar um ao outro.

 “Uma vez me falaram que amar é se jogar de um precipício sem saber se lá em baixo vai ter alguém para segurar a gente, e essa foi a melhor definição do amor que eu já ouvi.” O amor é algo complicado, e ao mesmo tempo é tão frágil. É fácil ficar com várias pessoas, uma a cada noite mas é difícil escolher alguém para ficar ao seu lado para o resto da vida. É fácil pensar apenas em nós mesmo mas é difícil conviver com as outras pessoas e aceitá-las. É fácil amar as qualidades de alguém mas é difícil amar os defeitos. É fácil estar com alguém nos momentos felizes mas é difícil se manter presentes nos momentos tristes. É fácil se apaixonar mas é difícil amar mesmo alguém e ser amado na mesma intensidade.. Mas olhe para nós, mesmo com a facilidade nós escolhemos a dificuldade e mesmo em meio a ela nós estamos aqui, estamos de mãos dadas enfrentando tudo. Sei que temos dias complicados, dias onde seria mais fácil jogar tudo para o alto, mas nós não o fazemos, porque em algum lugar no fundo de nós mesmos, sabemos que uma hora dará tudo certo se estivermos lado a lado.

 Eu sei o quão complicada sou, com os meus enormes defeitos e pequenas qualidades, sei que sou a dona da verdade e que muitas vezes espero muito de você, mas eu te agradeço imensamente por me aceitar assim e principalmente por me amar. Aos poucos você está fazendo com que as qualidades se intensifiquem e com que os defeitos não se passem de meros detalhes. E nesse momento eu posso dizer que eu te amo, com cada fibra do meu corpo, cada milímetro da minha pele anseia pela sua, meus braços querem desesperadamente poder entrelaçar na sua cintura e eu preciso estar fazendo moradia no seu abraço o mais rápido possível, mas temos esses continentes a nos separar.. E como é típico da distância, ela pode impedir pequenos toques, mas nunca impede os sentimentos.. E é por isso que eu estou aqui, eu te amo e quero construir uma família ao seu lado, eu vou te esperar o tempo que for e vou continuar mantendo a fé em nós, não importa quanto tempo irá se passar..

 Feliz 4 meses para nós, e que venham muitos e muitos mais.

 Eu te amo..

medo

eu tenho medo, medo de nunca ser mais do que uma amiga, medo de ser sempre uma cura carência, medo de não ser boa o suficiente, medo de decepcionar as pessoas que acreditam em mim e eu mesma, medo de não saber qual meu próximo passo, medo do futuro, medo do passado, medo de não ter paz, medo de me apegar, medo de quebrar a cara, medo de me perder, medo de morrer e não ter feito nada além de existir, medo de esquecer meus valores, medo de passar por cima do que eu acredito ser certo, medo de que nada do que eu fiz ter valido a pena, medo de falhar, medo de me tornar aquilo que eu sempre odiei.

Você pode fingir que tá feliz, que está tudo bem, tentar me atingir mas quer saber, você tá ferrando você mas que tu já é, uma pessoa horrível. Então fica com o seu ego aí porque é só isso que você tem, você nem se ama, imagina como seria capaz de amar alguém.
Sei que por baixo desse jeito superior, que é capaz de passar por cima de tudo e todos, tem só uma pessoa de coração gelado, se é que aí bate algo. Você está fazendo apenas mal pra você, porque sinceramente o que eu sinto por você é pena…
—  Redeclarar.
Gostar de alguém é como chegar na beirada de um rio e olhar atentamente para o fundo dele. Você espera que esse rio seja limpo e que não seja traiçoeiro, e muito menos poluído, pois ninguém merece lutar para chegar na beirada de um rio, enfrentar todos os tipos de problemas para conseguir alcançá-lo, para então entrar nele e descobrir que tudo de mais podre se encontra ali. E quando descobrimos que esse rio tem tantas coisas pobres, nos dificulta a nadar para que consigamos sair de lá e a luta se torna árdua, pois assim como entrar foi difícil, sair tem lá suas dificuldades, pois existem inúmeras barreiras para passarmos por cima e, muitas vezes, não temos força para isso e só vamos nos desgastando e torcendo para que no fim estejamos inteiro. Às vezes, o melhor a ser feito é passar por cima de tudo, sair desse rio sem nem olhar para trás, correr o mais longe da beirada e nunca mais chegar nem perto desse rio, mas parece que gostamos de sofrer, tentamos com todas as forças ver o que há de melhor dentro desse amontoado de coisas ruins e por mais que tentemos, esse rio não colabora, continua traindo nossa confiança, continua poluído e continua traiçoeiro e não tem nada que possamos fazer para mudá-lo. Então nossa única opção é deixar pra lá e partir para outro rio.
—  Escrito por Lucas, Cleidison e Bianca em Julietário.
Sabe o que é mais engraçado? Você se esforçar pra continuar um relacionamento, pelo que tu sente pela pessoa, e ele não vingar. sabe como é amar uma pessoa incondicionalmente a ponto de passar por cima dos seus princípios pra ficar com ela? Eu sempre amei e achei linda a palavra “recíproco” ela tem uma coisa tão maravilhosa em si, que é o amar e ser amado, só que infelizmente muitas pessoas não conhecem essa palavra e outras acabam amando sozinhas. eu ainda não descobri um sentimento tão bonito quanto o amor, que convenhamos é uma palavra forte né. AMOR, o que é o amor pra você? o que é amar? ele está em palavras ou em pequenos gestos? Eu sinceramente não sei explicar esse sentimento, porque ele tem que ser sentido/vivido e não falado e ditado como andam fazendo por aí, mas não se iluda, o amor dói, machuca, fere a alma porque todas as coisas por mais que sejam boas tem o seu lado ruim.
Olha eu tô aqui porque eu simplesmente precisava falar, a partir de amanhã eu vou começar escrever uma página nova na minha vida, aonde você não estará presente, e a única coisa que peço é que não se arrependa daqui a algum tempo e queira voltar, pois tá saindo da minha lista de prioridades, e olha que vou seguir ela a risca.
—  Cartas para o passado.
De amor você não entende nada

Se você diz amar e continua pondo o orgulho à frente do que sente, não é amor.
[É necessário passar por cima de algumas coisas].

Amanhã será um novo dia, e talvez tudo permaneça a mesma coisa, mas permita-se ver as situações de um jeito diferente; permita-se tentar deixar tudo mais suportável. Vamos, eu sei que você consegue. Já houveram momentos piores e não é agora que você vai querer desistir de tudo. O que há de ser construído está nas suas mãos, você tem o poder sobre a sua vida. Vamos, Willem, faça acontecer! Não é você quem vive dizendo que deve fazer valer a pena? Aja conforme o que você crer e acha certo. Passou o tempo de insistir em se importar demais com o que não lhe faz seguir em frente, agora é o momento de passar por cima disso. Vamos!
—  O Diário de Willem Adkins.
Não me diga que estou melhor sem ele, que devo superar, partir pra outro, abrir as comportas e conhecer outras possibilidades. Não me diga que ele não era o melhor para mim, e nem que eu saberei como passar por cima disso. Não me encha com essas ilusões vazias e rasas se você nunca tiver sido desertado por alguém que, quando partiu, levou tua alma junto.
—  Sementear
Entre tantas idas e vindas, acredito que, talvez mais uma vez nossos destinos resolveram se abraçar, com mais intensidade do que ontem, quando olhei para trás e percebi que você não estava mais ali comigo. Me bateu um desespero ao mesmo tempo que uma esperança me alcançou, me fazendo bater em sua porta; passar por cima de todas as mágoas que me causou, pois apesar de não ter sido forte o suficiente para suportar, eu sou muito fraca para suportar a sua ausência, sou muito vulnerável quando não estás aqui, sou muito frágil quando não tenho seus abraços pra me confortar. Mesmo tentando seguir sem você, eu não consegui sequer abrir meus olhos ao acordar e não desejar o seu corpo aqui ao meu lado, nessa cama imensa, onde compartilhamos tantos momentos; momentos quentes de fulgor e outros intensos de segredos e planos, nesse quarto, escuro do jeito que você gostava, onde só me ludibriava da sensação maravilhosa de te ver acordar e sorrir. Nesse quarto, onde tudo ficava mais bonito, onde meu dia já ficava completo por ganhar o que mais importa pra mim, a sua felicidade, aquela que eu notava no teu sorriso que espremia teus olhos, sempre achei fofo. Acontece que, mais uma esse quarto está escuro e vazio, você fechou a porta, ainda estou no aguardo de você voltar e escancara-la. Passo dias e noites imersa na ilusão de que minha ausência te incomoda tanto quanto a tua me mata, o que me motiva a seguir em frente é pensar que você quer voltar, mesmo apesar de tudo. Então pare de lutar e entenda, nossos destinos são metades de um único trajeto.
—  Escrito por Giovana, Paula e Anna em Julietário

É verdade que chegou mesmo os seus 19 anos???? Porque com essa sua carinha, e esse seu jeitinho de ser não parece ser verdade!!!
19 ANOS!!!

Amiga, parece que foi ontem que estavamos no ensino fundamental, sem saber nada dessa vida, planejando o nosso tão sonhado 15 anos e hoje me peguei pensando que nós planejamos, mas as duas na verdade teve só um bolinho com guaraná (kkkkkk ) e foi bem mais especial que qualquer festa que poderiamos ter tido!

Você se lembra quantos anos de amizade?? Eu, pra ser bem sincera, já perdi as contas!!!
Foram tantas festinhas surpresas, tantas risadas, lágrimas, tantos micos, teve também tantos momentos bons e ruins e graças a Deus sempre juntas, e quando não nos foi permitido estarmos juntas de alguma forma ou de outra sempre estavamos, mesmo que em forma de pensamento!

Pra você nessa data só desejo as melhores coisas dessa vida!
Muito Amor, Paz, Saúde e Muita Felicidade. Desejo também muito sucesso e que sua caminhada para o futuro seja calma e tranquila, e que você saiba passar por cima de todos os obstáculos que a Vida reserva para você! Esteja ciente que estarei sempre aqui para tudo que você precisar! O engraçado é que somos tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais, então já te digo uma coisa, se um dia nos separarmos tenho certeza que a gente se encontra na Sala de Aula ou quem sabe já formadas no nosso tão sonhado curso, e se for esse o caso a gente se encontra em qualquer hospital por aí entre um paciente e outro!

Para nós desejo mais alegria e muitos momentos juntas, desejo mais risadas e mais micos, sim Micos, Porque não da pra falar de você sem lembrar de um Tombo ou outro (kkkkkkk), Desejo também mais um milhão de anos de amizade, e que nada separe essa união! Quero também que estajamos sempre disponíveis para uma palavra ou um abraço de conforto nos momentos ruins, Que nós momentos bons possamos comemorar juntas!!

Amiga, sem mais delongas muitos e muitos anos de vida! Tudo de bom hoje e Sempre!!
♡♡ Te Amo, Infinitamente! ♡♡

-Sonhos e mais Nada.

sabe quando você finalmente vai perceber que é forte pra suportar qualquer coisa na sua vida? quando você acordar naquela quarta-feira e pensar que, definitivamente, não é o seu dia. que você deveria continuar dormindo porque tem a sensação de que se levantar um caminhão vai passar por cima de você ao atravessar a rua. mas você levanta, você escova os seus dentes, arruma o teu quarto e se arrumar pra trabalhar. e você vai. você encara seus colegas de trabalho, sua chefe que infelizmente está de TPM e outras inúmeras birras que as pessoas decidiram despejar sobre você, naquela maldita quarta-feira. e você corre pro banheiro porque precisa respirar fundo alguns minutos até perceber que faltam poucas horas pra você voltar para casa e se enfurnar no quarto, antes que seu coração pare do nada te fazendo partir dessa pra uma melhor. e o dia acaba. e você volta pra casa, joga todas as suas coisas num canto do quarto e se enfia embaixo das cobertas. abraçando todas suas partes quebradas na intenção de que elas não se desesperem em medo. e ai você percebe que sobreviveu. que seu coração não parou de bater. que o caminhão não te atropelou ao atravessar a rua. que você é forte pra suportar não só aquela quarta-feira mas todos os outros dias da semana, por mais difíceis que eles aparentam ser. você consegue. eu acredito em você.

Vou na sua casa com um carro de tele-mensagem, cheio de balões e fazendo o maior escândalo possível. Contratarei um avião com uma faixa bem grande, para passar por cima do seu trabalho, e todos verem as loucuras que eu faço. Eu gritarei “meu amorrrr” no meio do shopping center, para todos ouvirem que é você. Sou assim mesmo, sem estribeiras para falar que te amo.
—  Bianca Menezes.
A transa mais louca que eu já tive


Ol meu nome é Hellen, tenho 18 anos e vou contar algo que aconteceu comigo no dia 06/05/2017, sou morena, tenho 1,70 de altura, peso 69kg, tenho os seios médios durinho, bumbum não muito grande, mas também não muito pequeno. Neste sábado fiz sexo bem gostoso na cozinha de uma amiga.

Na sexta foi aniversário de um das minhas melhores amigas e eu passei lá pra dar um abraço nela, mas foi somente isso, pois a festa seria no sábado onde nos reunirmos para beber, quando cheguei na casa da My, a aniversariante, já estavam lá,  o namorado dela,  uma prima dela que é outra melhor amiga minha e seu marido. Depois de um tempo chegou o Bruno, um amigo nosso que mora na mesma rua que da My. Ele é branquinho, tem 1,80 de altura, olhos claros e tem namorada, ao chegar ele comprimentou a todos e na minha vez, já veio com um sorrisinho bem safado, nisso ele sentou na minha frente e colocou o celular sobre a mesa, no que ele pôs o celular sobre a mesa, a namorada dele ligou, e eu disse: “sua namorada está ligando”

e ele me disse: ”nem ligo” descartou a ligação e sorriu, ela ligou umas 3 vezes para ele, e as 3 vezes ele descartou. Eu e a My começamos a brincar com ele dizendo que ele iria apanhar quando chegasse em casa, ele sorriu e disse: “tô nem aí” e sorriu novamente eu e a My sorrimos também.

Começamos a jogar baralho enquanto íamos bebendo e comendo alguns petiscos que minha tia tinha feito para a gente, ficamos na área, onde pudemos ouvir algumas músicas eletrônicas provenientes de uma festa que estava acontecendo a uns 10km de onde estávamos, animados pela ocasião começamos a planejar irmos todos a festa. Um outro casal de amigos Roger e Mariana, chegou trazendo catuaba e fortalecendo a ideia de irmos para festa, saindo ali mesmo da casa da My. Nessa hora já tínhamos esquecidos os jogos e estávamos só bebendo. A Mariana disse que conseguia os ingresso da festa para a gente a através de um amigo, ficamos um tempo discutindo se íamos ou não.

Nesse meio tempo o Bruno não parava de olhar pra mim, me provocando com troca de olhares, as vezes até passava o pé sobre minhas pernas, a essa altura ele já tinha até tirado   a aliança. A My já tinha sacado que ele me queria e perguntou ao Bruno se ele estava solteiro ele respondeu dizendo: “tecnicamente sim” e me fez a mesma pergunta eu disse que sim, aproveitando da situação ela falou: “pronto, temos um casal, todos estamos de casal”. Ficamos discutindo sobre a festa até que decidimos não ir, pois estava tendo blitz em toda a cidade e  todo mundo estava bebendo.

Bruno deu a ideia de ir na casa dele pegar a televisão para assistirmos um filme, O Roger e a Mari, foram embora porque já estava tarde, 2:30 da manhã, e estavam com medo de serem parado por uma blitz . Nisso o Bruno e o namorado da minha amiga foram na casa dele pegar a televisão, enquanto eles foram pegar a televisão, aproveitei que o marido da prima de My, foi ao banheiro para falar as minhas amigas que tava louca pra ficar com o Bruno, contei sobre as provocações dele e elas falaram que eu devia pegar ele, porque  há um ano atrás era pra mim ficar com ele, mas eu fiz cu doce, eu assumo e me arrependia toda vez que o via então elas  me disseram para ir fundo.

Depois eles voltaram com a TV ficamos em 3 casais, nisso a aniversariante perguntou bem assim pro Bruno “Bruno a Hellen pode te abarcar né?”, ele deu uma risadinha e disse “claro que pode”, minha amiga virou pra mim e disse “você ouviu né amiga, não precisa ficar com vergonha” e vergonha é uma coisa que eu não tenho kkk. Nisso ele começou escolher o filme, perguntou qual a gente queria começamos a assistir uma comédia brasileira mas daí tiramos e colocamos outro filme de comédia. Nisso que colocamos o outro filme o Bruno virou pra mim e disse “pode me abraçar Hellen” e deu um sorriso de canto, estávamos sentados em um sofá, então peguei uma cadeira e coloquei em nossa frente, ele colocou o pé dele e eu,  o meu por cima do pé dele e o abracei.

Já tínhamos bebido duas garrafas de catuaba é uma garrafa de vodka nisso a prima da My e o marido dela foram embora, ficando assim, eu, Bruno, a My e o namorado dela, O Bruno foi até a mesa pegar catuaba mas não tinha gelo pois estava na cozinha, me ofereci para ir pegar,  logo minha amiga disse “vai lá Bruno com ela pegar o gelo” e ele veio atrás,  peguei o gelo coloquei no copo dele,  fui lavar um copo pra mim, fiz questão de empinar bastante meu bumbum quando me virei para a pia, estava com um shortinho, com uma calcinha de renda, estava lá de costas quando ele disse “sua bunda está suja” e começou a passar a mão na minha bunda de repente ele colocou a mão por dentro do meu short e disse “eu sempre quis pegar” nessa, hora eu já comecei a ficar excitada, já podia sentir minha xotinha umedecendo, daí eu disse “agora tem a oportunidade” ele me puxou e me deu um beijo bem molhado e ficava apertando a minha bunda, aproveitou para passar a mão por cima da minha blusa, apertando de leve meu seios, me deixando doidinha. Saímos da cozinha e fomos pra área chegando lá minha amiga me deu um sorriso e eu sorri pra ela coisas que só mulheres entendem.

Passou-se uns 30 minutos mais ou menos e ele me disse que queria beber água eu finjo que nem tinha ouvido mas antes ela já tinha me falado no meu ouvido : "quero transar com você” logo respondi que também queria. Ele me disse de novo que queria beber água daí eu disse “ vai lá pegar”, ele se levantou e foi aproveitei pra dizer “traz pra mim, respondendo com um "ok”, no que ele foi ele voltou e disse que não tinha achado o copo, sendo que os copos ficam do lado do bebedouro,  minha amiga disse “meu Deus Bruno o copo tá na sua cara”,  ela já ia levantando para pegar o copo quando eu disse "não My, deixa que eu pego”, ela olhou pra mim e sorriu e disse “ tá bom amiga”.

Chegando na cozinha novamente, fui pegar o copo e ele me disse “quero você primeiro, depois a água” e já foi me puxando e me beijando, passando a mão pelo meu corpo e eu fazendo o mesmo, ele  apertava meu seios e minha bunda, fui ficando cada vez mais excitada, podia sentir seu membro empurrando a bermuda, comecei a apertar seu pau por cima do short, quando ele disse que queria meter me mim, sentir um tesão enorme, na hora me virei, pus minha mão na pia e me inclinei um pouco, ele foi abaixando meu short enquanto mordia e dava beijinho em minha bunda, depois tirou a minha calcinha, estava esperando por aquele cacete gostoso, já estava molhada, então ele começou a me chupar bem gostoso, lambendo minha xota me deixando ainda mais molhada, porém não tínhamos tempo, então se posicionou em pé atrás de mim, botou a cabecinha na porta da minha xotinha e começou meter bem gostoso,  com força aumentando cada vez mais a velocidade,  logo gozei, então disse “posso gozar em você?” Eu disse “não” (porque não tomo remédio), ele falou “ ajoelha então, vou gozar na sua boca”, dava doidinha pra sentir o gosto daquele membro gostoso, comecei a chupar aquele pau, a indo cada vez mais com vontade, passava a língua na cabeça rosada dele e chupa com muita vontade eu sentia as veias dele latejar dentro da minha boca, ele anunciou que iria gozar dei mais uma chupada e ele gozou na minha boca, cuspi no pau dele e chupei novamente, deixei bem limpinho, ele ainda permanecia ereto então meteu de novo em mim, só que dessa vez ele me sentou na pia e de frente começou a botar bem gostoso em minha xota, fui gemendo bem baixinho no seu ouvido, enquanto ele me falava putarias,  perto de gozar ele tirou de dentro e gozou em minhas perna.

Ao acabar ele me pergunta,  "satisfeita, sua vadia?“, logo disse "muito, obrigada”, ele me deu um sorriso e me beijou com vontade, coloquei meu short e ele o dele lavei minha mão na pia tomei um copo d'água ele também, na hora que íamos saindo ele me deu um tapa na bunda e falou “gostosa” olhei pra ele dei um sorrisinho, fomos pra área e fingimos que nada aconteceu.

- Conto escrito por Hellen