para tour

7

headers for twitter, justin bieber - believe movie

like or reblog, PLEASE!

© on twitter @DREWFAHLADO

youtube

The #ElDoradoWorldTour is on sale NOW! Los boletos para El Dorado World Tour YA están disponibles! https://shakir.as/eldoradoworldtour ShakHQ

One Shot Harry Styles

  • Pedido por @girlhorandirection Faz um do Harry em que eles vão passar as férias no Brasil na casa de praia da família,além do pai dela não gostar que dela e do Harry dormirem juntos tem a prima dela que dá em cima dele mais ele não liga e no fim ele pede ela em casamento. Obg



Se (seu nome) estivesse em um desenho animado, estaria nesse momento com fumaça saindo de seus ouvidos enquanto encara a prima piranha dando em cima de seu namorado descaradamente. É como se ela não estivesse ali, sem se importar com sua presença a garota colocou os peitos para quase pularem de sua blusa apertada enquanto conversa animadamente com Harry que está todo sem graça com ela o tocando a todo momento.

(Seu nome) só pensava no quanto queria matar sua prima, não só matar, mas torturar por dias antes de colocar fim na vidinha medíocre dela. Enquanto isso Harry pedia socorro mentalmente, ele não entendia direito o inglês misturado da prima de sua namorada e sabia que ela estava se atirando para cima dele. Tudo que queria era que (seu nome) o puxasse daquele sofá que agora - com a garota quase em seu colo - parecia pequeno demais.

Do outro lado da sala, a mãe de (seu nome) estava com os pensamentos voando em torno em de tudo que sua filha conquistou, orgulhosa por ela ter encontrado um namorado tão simpático quando ela sempre teve o dedo podre para escolhê-los. Ao lado da mulher, o marido pensava na hora de dormir, sua menininha estava de volta e trouxe um namorado de surpresa, ele particularmente odiou, mas não disse nada e apenas sorriu para não parecer grosseiro. Ele não parava de pensar no que faria na hora de dormir para não ter sua princesa na mesma cama com um homem debaixo do seu teto.   

Por fim, a prima piranha pensava no quanto queria aquele homem na sua cama. Ele tinha braços fortes, dedos longos e toda aquela simpatia devia ser substituída por um jeito selvagem na hora do sexo. Ela ficou com calor apenas imaginando o corpo grande e suado do namorado de sua prima sobre o seu, enquanto ele gemia desesperadamente por seu nome.

(Seu nome) havia se arrependido de ter escolhido essas férias para voltar ao Brasil e apresentar aos seus pais seu namorado, ela não sabia que a prima que ela menos gosta teria a mesma ideia estragando completamente o clima com o seu jeito vadia de ser.

— Bem… Eu vou levar o Harry pra conhecer o Cristo. — (seu nome) falou em inglês porque todos presente entendia essa língua, alguns menos que os outros.

— Eu também vou. — a prima piranha disse ao ver (seu nome) segurar a mão de Harry para livrá-lo da inconveniência dela.

— Não vai, não! — (seu nome) negou no mesmo segundo — Não queremos a sua companhia.

— Amor… — Harry a repreendeu pelo jeito que falou. Ele não gostou muito da garota, mas não queria que ela ficasse chateada.

— Ele parece querer que eu vá. — a prima sorriu.

— Ele não quer, só está sendo adorável como sempre. — (seu nome) começou a puxar o namorado para fora — Tchau pessoas!

(Seu nome) saiu com Harry o mais rápido possível para evitar ao máximo ficar na presença da prima porque a ideia de fazer uma execução estava tentadora.

[…]

— A companhia de vocês está maravilhosa, mas já vamos nos deitar. — (seu nome) disse (claro que não excluindo a prima do vocês) e se levantou abraçando o Harry pela cintura.

— O quarto de hóspedes está preparado para você Harry, espero que tenha uma boa noite de sono. — o pai de (seu nome) disse simplesmente.

— Ele não precisa disso, ele vai dormir no meu quarto e Taninha vai dormir no quarto de hóspedes. — (seu nome) o contrariou e ganhou um olhar severo em sua direção.

— Taninha vai dormir no seu quarto. Você não se importa de dormir no quarto de hóspedes, não é mesmo, Harry?! — o homem olhou em direção ao rapaz que negou com a cabeça.

— Não me importo, senhor.

— Mas eu me importo! — (seu nome) fez uma carranca.

— Você pode dormir no quarto de hóspedes, (seu nome). Harry e eu nos viramos no seu quarto.

(Seu nome) só olhou em direção a prima desejando triturá-la com a força do pensamento, mas resolveu ignorar o seu comentário idiota e sem noção. Nem que o inferno congelasse ela consideraria essa possibilidade.

— Pai, somos adultos, não precisa mais dessa regra boba para adolescentes. — ela revirou os olhos — Não sei se o senhor sabe, mas dormimos juntos há muito tempo. Dividimos um apartamento.

(Seu nome) ouviu seu pai resmungar algo que ela não compreendeu e então caminhou até sua mãe dando-a um beijo no rosto e logo após fez o mesmo com seu pai.

— Não se preocupe… Não faremos seus netos aqui em casa. — (seu nome) sussurrou somente para o pai ouvir e rindo voltou para os braços do namorado.

— Mantenha a porta aberta, ou não… Saibam que eu tenho o sono leve. — o homem mais velho presente disse todo rabugento.

— Antes de irmos… — Harry pigarreou mudando de assunto — Eu queria aproveitar que eu e a (seu nome) estamos aqui para dar um passo importante na presença de vocês.  — Harry mexeu em um de seus bolsos e tirou de dentro uma caixinha de veludo azul escuro e todos já imaginavam do que se tratava — Eu quero compartilhar com todos vocês aqui o tamanho do meu amor pela (seu nome). Eu não sei o que eu faria se ela não tivesse aparecido na minha vida no momento em que nos cruzamos na cafeteria e tivemos que dividir uma mesa, provavelmente minha vida seria muito chata e vazia porque ela chegou ocupando espaço e me tornando um de seus maiores admiradores. — ele sorriu olhando para os olhos marejados da futura noiva — Obrigada por ser essa pessoa maravilhosa e por ter me permitido entrar na sua vida e construir com você essa relação de confiança e cumplicidade que temos. Você é com toda a certeza a minha alma gêmea, eu não acreditava nisso antes de te conhecer, mas agora eu tenho certeza que é verdade porque nos completamos de um jeito único. Não há ninguém nesse mundo que eu deseje ter ao meu lado mais do que eu desejo ter você e é por isso e por muitas outras coisas que eu, Harry Styles — ele abriu a caixinha exibindo o anel de noivado — peço sua mão, (seu nome completo), em casamento diante aos seus pais e da sua prima.

(Seu nome) estava tão surpresa que não conseguia falar nenhuma palavra a não ser deixar as lágrimas caírem enquanto olhava de Harry para o anel de noivado com a boca aberta. Harry sabia que a resposta seria um ‘sim’, eles se amam, mas ele queria ouvir da boca dela e durante os segundos que se passaram apenas olhando a reação surpresa da futura noiva, o sorriso imenso não lhe saía do rosto.

— Sim, Harry! Sim! — (seu nome) deu alguns pulos de alegria e se jogou nos braços do noivo enchendo seu rosto de beijos.

Passada toda a euforia e (seu nome) fazendo questão de passar seu anel lindíssimo na cara de sua prima safada, os dois resolveram ir dormir porque teriam que comemorar no dia seguinte e (seu nome) levaria Harry para mais um tour pela cidade maravilhosa.

— Boa noite. — Harry falou todo alegre e o pai de (seu nome) se conteve e não pediu para que eles não comemorassem com sexo.

Os dois entraram no quarto e acomodaram seus corpos sobre a cama macia - Harry abraçando (seu nome) por trás - e então começaram uma conversa sobre casamentos e como imaginavam o dia e a vida depois que fizessem sim na igreja.

Com a porta trancada e apenas alguns beijos carinhosos e cheios de amor, os dois se entregaram aos mundos dos sonhos após muitos planos.




Espero que tenham gostado…

Deixem seu importante favorito ❤

Estou postando pelo celular, então desculpem qualquer erro. :/

- Tay

Imagine Zayn Malik

Pedido: Um em que a (s/n) está super estressada em ter que cuidar da bebê e da casa sozinha, e ai tem um dia que a bebê dá mais trabalho que o normal e quando consegue faze - lá dormir ele chega fazendo barulho acordando ela, ai eles brigam e você decide o final !!!!!!


S/N P.O.V

- Amor, estou saindo. – Zayn me avisou.

- Tudo bem, quando voltar traz algo para o jantar, Helena está insuportável hoje.

- Tudo bem. – Ele sabia que eu estou irritada. – Não vai ficar brava né?

- Se você não sair da minha frente eu vou sim. – Disse brava.

- Ok, até mais tarde. – Beijou minha testa e de nossa filha.

Zayn saiu cedo sem muita cerimônia, o que foi bom e ruim. Ele é tão bagunceiro quanto Helena, eu não consigo não me estressar. Porém, quando ele está aqui me ajuda com ela e eu consigo terminar algumas coisas que sempre são essenciais, como uma casa limpa, arrumada, louça lavada e comida feita. Eu deixei minha carreira um pouco de lado para me dedicar mais a Helena que é nossa primeira filha.

Ao notar que o pai não estava mais a sua vista Helena começou a chorar, isso acontecia todas as vezes em que Zayn saía, é um saco, confesso. Ninei a criança em meus braços e logo ela caiu em um sono profundo, o que não acontecia há dias, já que ela está tendo frequentes cólicas.

- Finalmente! – Falei sozinha ao ver minha pequena dormindo.

Coloquei Helena em seu berço e fui arrumar suas roupinhas que não estavam mais arrumadas, já que pedi para Zayn procurar um macacão ontem, me desculpe, mas eu sou um tanto neurótica com arrumação.

Desci arrumei a sala de estar que tinham brinquedos jogados, lavei a louça que havia deixado do jantar passado, estendi as roupas da pequena, passei algumas roupas do dia passado, dobrei, guardei. O dia estava sendo produtivo.

Quando terminava de guardar a última peça, ouço um choro fino vindo do berço, fui ao mesmo e peguei a pequena que chorava de fome – Ela puxou Zayn em todos os aspectos -. Dei de mamar para minha filha e a pequena não queria dormir, peguei- a em meus braços e a levei para sala, por um momento achei que iria descansar, mas como a boa mãe que sou, não botei muita fé.

Helena brincava em seu chiqueirinho, e depois de muito tempo ela começou a chorar, eu já sabia que se tratava de cólica, então fiz o procedimento indicado pelo médico, o dia passou tão rápido, quando fui ver já se passavam das 6 da tarde.

Finalmente depois de intensos vinte minutos de choro a pequena se acalmou e eu estava conseguindo a fazer dormir, quando Zayn atravessa a porta cantando alto, na hora minha vontade era de chorar e mata-lo, eu não sei o que faria primeiro, como ele pôde fazer isso.

Zayn tentou se aproximar, mas eu simplesmente o afastei e ele balançou os ombros indignado e querendo saber o porquê de meu comportamento.

- O que foi? – Perguntou.

- Vou fazer ela dormir, depois a gente conversa, Malik.

Subi as escadas delicadamente pois estou com a pequena nos braços, balancei-a mais um pouco e logo percebi que ela finalmente dormia, depois do susto que levou com a entrada escandalosa do pai.

Desci a escada encontrando Zayn jogado no sofá com uma cara nada agradável.

- Pode conversar comigo agora, ou vai fugir também? – Revirei os olhos. – O que aconteceu para você ficar brava daquele estado?

- Simples, eu passei a noite passada toda acordada com a nossa filha, você não me ajudou em nada, só me atrapalhou. Hoje antes de sair nem perguntou se eu precisava de algo, apenas me avisou, quando estou conseguindo fazer Helena dormir você entra fazendo um barulho que nunca faz e ela acorda. Acha mesmo que não tenho motivo?

- Olha…

- Para de explicar. – O cortei. – Você não consegue, não quer me ajudar e ponto. Mas não tem problema né, porque daqui a pouco seu tour vai começar e eu vou ter que me virar sozinha mesmo, bom me acostumar, obrigada pelo conselho.

- S/N, amor, me perdoa. Eu sei o quão atarefada está e se for preciso eu deixo minha tour para ajudar você com a Lena, não tem problema, vocês são as mulheres da minha vida e nada, nem ninguém pode mudar isso. Dá próxima vez me chame que eu ajudo você com ela, eu sei que é complicado, mas eu não estou nesse mundo, me desculpa.

- Tudo bem, amor. Eu explodi com você e isso eu não deveria fazer, confesso que fique super chateada com a sua saída hoje, mas deu tudo isso e é isso que importa. – Sorri.

- Eu amo você, sabia? – Perguntou colando nossas testas.

- Eu sei, porque eu também te amo. – Sussurrei contra sua pele.

Me beijou calmamente.

- Amor, me desculpe. Mas não vai ficar tão barato assim, você faz o jantar hoje. – Mostrei a língua e senti novamente no sofá.

- Posso pedir uma pizza? – Contorceu a boca.

- Pode. – Sorri.

- A pizzaria e só na pizzaria mesmo, lá vou eu. – Ri.


Vamos falar sobre vocês: Harmonizers

// Vamos conversar? 

Originally posted by itsbttncourtbitch


Quando eu conheci Fifth Harmony em meados de 2013, eu tinha certeza que a minha vida mudaria de alguma forma. E mudou, mudou mesmo e me ensinou muita coisa,coisas que talvez eu não teria aprendido com outras pessoas. Eu sentia meu coração aparado por cinco garotas consideravelmente mais novas do que eu, que me fizeram ter um olhar diferente para as coisas da vida, mesmo que eu não tenha chegado por mais de 3 metros de distância delas.

Originally posted by im-notready

Eu me recordo de estar em Santa Catarina nas férias e observar minha prima que é Belieber (fã de Justin Bieber) e achando aquela devoção meio patética porque ela acompanhava os tweets dele, com quem ele saia ou qualquer coisa no maior estilo Camren shipper stalker que você respeita. Sabia detalhes e notícias até mesmo antes do que a mídia em massa e sabemos que sabemos muitas coisas antes da mídia em massa. Eu não entendia aquele sentimento, não quando eu estava introduzida demais no mundo real, no mundo onde o afeto por algo que inspira pode ser julgado facilmente como falta do que fazer. Mas o que não é, não é mesmo?

Originally posted by camrenillusion

Eu vi cada fase dessas garotas,  mesmo que tenha perdido alguns tempos de ouro de 2012, desde os variantes cabelos da Dinah ao crescimento como banda, de ouvir milhões de versões de Better Together ou de ouvir covers e Bo$$ antes de Worth it pensar em ser alguma coisa quando todo mundo apostava em Going Nowhere ou Reflection porque eram as únicas músicas que todo mundo sabia antes de lançarem oficialmente Reflection. 

Originally posted by just-laydown

Eu vi cinco meninas fazendo shows em Shoppings, fazendo Takeovers, tendo no máximo do cenário 5 cadeiras na maioria das vezes branca para poderem ter uma coreografia porque era barato, acessível para quem estava apenas começando, o show no Brasil mesmo em 2014, era abertura do show do Austin Mahone, porque quase ninguém acreditava nelas. 

E quando eu digo quase, você sabe de quem eu estou falando, certo?

Originally posted by afairfight

É de você Harmonizer, que assim como eu, gastou horas e dias do seu tempo acompanhando de perto essa jornada toda e se unindo para fazer com que as pessoas que admiramos tivessem uma vida melhor ou até o reconhecimento maior que nós achamos que todas elas deveriam ter. Por cada voto, cada prêmio, cada conquista que de fato elas não teriam conseguido sem nada mais nada menos do que nós. (Porque sabemos que a gravadora nunca foi algo pelo qual pudéssemos esperar algo.) 

Originally posted by fyeah5h

Então, como todas histórias que vimos por ai, tínhamos um grande medo: a saída de uma das integrantes, afinal, era o que acontecia com girlbands ou boybands whatever. E quando chegou 19 de dezembro de 2016 e isso foi de fato concretizado, eu sabia que alguma coisa mudaria nesse momento também, não só com a banda, mas todxs que a acompanhavam. 

Originally posted by hellyeahfifthharmony

Eu fiquei me perguntando muito sobre o porque eu estou cada vez mais longe de Fifth Harmony e por mais que algumas pessoas achem natural o afastamento devido a uma série de coisas, seja pelo fato de estar “crescendo” ou de simplesmente por estar cansando disso, de tudo isso.

Originally posted by skylineselfcontrol

Mas então eu comecei a notar que o problema não estava sendo com o que eu gosto, e sim as pessoas que costumavam gostar da mesma coisa que eu. Na mudança drástica que o fandom de 5h teve com a saída da Camila e tudo que ela um dia representou, não só para as meninas, mas por todos que acompanharam a história que eu suspirei e torci de perto, se transformar numa grande cenário de guerra interna, sobre quem é melhor ou sobre quem merece “prêmios” nessa fase da carreira ou até mesmo quem mantem a inocência, como se todo mundo fosse uma espécie de juiz. 

Originally posted by thatcamilanews

Eu sempre achei que o que unia todo mundo foi o amor e transformação que o grupo provocou na vida de cada pessoa, eu não sei você, mas Fifth Harmony me fez mudar a forma de encarar as coisas e sim, a Camila estava e sempre esteve incluída nessa equação e quando eu percebi que eu não estava a admirando como antes, não foi por causa dela, nunca foi. 

Foi por causa de quem gostava dela. E isso foi uma bosta.

Originally posted by 5harmonypic

Eu sempre soube que existia favoritismo dentro da banda e que Camila seguia invicta em admirações alheias, por ser sempre fofa, engraçada e ter esse jeito que a gente sabe que ela tem. A forma que ela saiu me deixou chateada sim, mas não sou ninguém para dizer alguma coisa, aliás, quem que é? Tipo, não é como se algum fã dissesse: “olha, volta porque eu não te quero fora de 5h” e bum, ela voltasse só porque alguém quis. Não, pelo amor de Deus. (Dá mesma forma que comentar Camren is real não vai fazer alguém assumir alguma coisa. Só parem.) Continuando…

Mas então eu comecei a perceber que os fãs da Camila, não de 5H, estavam tipo, comemorando a saída dela, festejando encima do enterro que estava sendo para todo mundo, a mudança que ninguém esperava que aconteceria daquela forma, não depois do sucesso de Work From Home e afins. Não com entrevistas dizendo que o 5H3 estava mais vivíssimo que nunca.  

Originally posted by adeles

Desde então eu vi Cnizers concorrendo fortemente com as harmonizers como se a história da Camila tivesse vindo do céu, como se tudo que ela tivesse conseguido na vida fosse através do talento, só do talento, não de um conjunto de talentos. Já vi absurdos do tipo dizendo que a Camila fez um favor as meninas, que se não fosse por ela, elas não teriam chegado aonde chegaram. Tipo, o queeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee? 

Originally posted by afairfight

Então comecei a pegar um nojo dessa galera, que sinto-me praticando bulimia emocional o tempo todo na cara desse povo, independente de qualquer motivo, a pessoa fala que é fã da Camila eu pego um ranço sem fim. (alias, Cnizers, não me add, não as quero.) E percebi que essa gastura, estava me fazendo mal, porque eu não queria odiar a Camila simplesmente pela legião de fãs babacas que ela tem, que preferem defende-lá a qualquer custo e ficam tirando uma onda com Fifth Harmony como se a Camila não tivesse sido eliminada do The X-Factor e quem sabe como estaria sua vida cubana-americana se não fosse por essas integrantes do mal que só querem denigrir sua imagem. ata.

Originally posted by jauregui-blackandwhite

Eu acho que, todas essas pessoas, por um dia sim, mesmo que falsamente, terem sido Harmonizers por causa da Camila, deveriam ter aprendido com ela sobre respeito. Respeito a história, respeito as conquistas, respeito, só isso. E isso vale de ambos os lados. O jeito que ela saiu de 5H foi tão babaca quanto seus fãs SIM! E não é por isso que nós, como Harmonizers, devemos ter que odiar ela, porque ela também fez parte dessa história, então devemos sim respeitar os caminhos que ela escolheu, fazer o que, o mundo é feito de perdas, horas e escolhas. 

Originally posted by camrenillusion

Então se você, assim como eu, tem visto sua paixão a prova, não se preocupe, pode ser uma fase, de fato, pode ser que você realmente prefira se afastar ou acompanhar esporadicamente as coisas e eu entendo você, entendo mesmo. Mas não deixe que outras pessoas te façam pegar raiva de alguém que você admirou muito, por causa da falta de mentalidade. Não permita odiar algo que você não sente vontade apenas olhando as atitudes das pessoas que gostam da Camila. Eu sei que dá uma vontade danada de fazer umas tour verdades para dar de remember para uns @’s mas eai? Vai adiantar? Acho que não. Mas fique feliz. Pelo menos esses embustes estão cada vez mais longe e que o twitter graças a Deus tem a opção unfollow, Allyluia, irmã.

Eu desejo amor, alegria e uma vida cheia de sucesso para Camila, porque ela merece sim, por tudo o que ela já me fez sentir. Eu a amo muito e espero que ela seja no minimo tudo que esperam de bom para ela.


Agora cnizers, sumam, ainda quero que você se fodam.

C.

Originally posted by jauregui-blackandwhite

Finalmente chegamos aos mil seguidores! Vocês não imaginam o quanto eu estou feliz! Quero agradecer a todos que estiveram comigo no começo de tudo, desde os primeiros 100 seguidores até hoje. Fico totalmente satisfeita em saber que o meu trabalho e o da outra moderadora (mesmo que tenha chegado a pouco tempo) é reconhecido. O photoshop é onde eu consigo manter minha paz, onde eu me sinto feliz, e ver que estou agradando as pessoas me sinto mais feliz ainda. Quem tem tumblr de icons/headers sabe o quão motivador é ver o retorno de todo o seu trabalho. Eu, Eloíza, quero agradecer imensamente a Lais, a outra moderadora do tumblr, que me salvou quando eu mais precisava, me tirando um peso das costas que era a preocupação de ficar sempre atualizando aqui. Olhando meus trabalhos passados, vi o quanto eu evolui no quesito edição, sempre me esforçando pra trazer o melhor pro nosso tumblr. Prometo sempre trazer o melhor pra cá, evoluindo, crescendo, aceitando as críticas construtivas. Eu não consigo mais me imaginar sem esse tumblr, pois ele é meu canto de escape, a droga que me deixa relaxada. Enfim, muito muito muito muito obrigado a todos, que sempre tiveram paciência comigo, que perdoaram meus sumiços, que me deram apoio, que retribuíram nossos trabalhos com um simples crédito, aos outros moderadores que por aqui passaram, aos anos que me ajudaram a melhorar e evoluir. Amo vocês, de verdade. E que venham os 2K de seguidores! 

Para comemorar esse feito incrível (aos meus olhos), como prometido, fiz uma pack especial, cheia de coisas incríveis que fiz com todo carinho!

(By Eloiza)

Esta pack contém:

  • 145 icons de fotos raras da Ariana;
  • 65 fotos raras da Ariana;
  • 5 PSDs da Ariana;
  • 1 albúm com as lives da Dangerous Woman Tour, intitulado “Dangerous Woman (Tour Version)”.

Para conseguir essa pack você precisa:

  • Seguir o bellissiwaicons;
  • Reblogar e dar like nesse post;
  • Pedir na ask “Pack 1k bellissiwaicons” (não pode estar em anônimo).


This pack contains:

  • 145 Ariana rare photos icons;
  • 65 rare Ariana photos;
  • 5 PSDs of Ariana;
  • 1 album with the lives of the Dangerous Woman Tour, titled “Dangerous Woman (Tour Version)”.

To get this pack you need:

  • Follow the bellissiwaicons;
  • Reblog and give like in this post;
  • request on askPack 1k bellissiwaicons” (can not be anonymous).

IMAGINE HARRY STYLES


Pedido: “Oi,gostaria de um do Harry,onde eles estão brigados e se reconciliam na noite de natal. Obrigada.”

~~~~~~~~~💜~~~~~~~~~~

Falta uma semana para o Natal,e eu simplesmente amo essa data,a cidade fica mais encantada e animada,todas pessoas por onde passo observando parecem alegres,com o sorriso de ponta em ponta vendo uma grande atração de Natal que estava ocorrendo naquela praça. Pena que meu namorado faz pouco caso dessa data.

Cheguei em casa e tirei meu casaco deixando pendurado ao lado da porta,e as botas encostadas no mesmo.

Passei os olhos pela sala e encontrei Harry sentado largado no sofá, vidrado no notebook que estava em seu colo.

- Boa noite amor -falei me sentando ao seu lado e deixando um beijo em sua bochecha.

- Oii amor -ele virou o rosto e me deu um selinho demorado.

- Ainda resolvendo as coisas para a tour?

- Sim,parece que esta tudo dando errado - ele suspirou,passando as mãos no cabelo - alguns locais onde íamos fazer os shows estão com problemas de manutenção, e resolver isso é complicado pra caralho…

Me ajeitei no sofá assim que ouvi o palavreado que Harry tinha acabado de dizer. Ele só fala palavrões quando está muito nervoso.

- Mas amor,isso não era para Max estar resolvendo? - falei passando a mão em sua nuca o fazendo arrepiar.

- Sim,mas como é época de Natal ele tirou férias, e se for para resolver só depois que ele chegar vai ficar tudo atrasado.

- Ahh ok -me levantei e fui até a cozinha preparar alguma coisa para nós comermos.

Logo Harry entrou na cozinha e abriu a geladeira pegando a garrafa de água e tomando a mesma.

- Quantas vezes eu já disse pra você pegar um copo Harry? Isso é nojento.

- Não é não, to com preguiça de pegar um copo.

Revirei os olhos e continuei de olho nas panelas.

- Harry?! -falei chamando sua atenção.

- O que?

- Sua mãe me ligou hoje mais cedo e nós convidou para passar o natal lá,o que acha? -falei enquanto cortava alguns legumes.

- Eu acho que não vai dar -olhei para Harry incrédula e ele continuo - eu preciso terminar de resolver as coisas e o natal vai ser um dia perdido pra mim.

- Esta querendo me dizer que vai passar o natal todo trancado nessa casa fazendo a porra de um trabalho que nem é seu?

- ESSA PORRA DE TRABALHO É O QUE SUSTENTA ESSA CASA E AS SUAS MORDOMIAS -falou exaltado com o rosto vermelho.

- MINHAS MORDOMIAS HARRY? DESDE QUANDO EU PEÇO ALGO PRA VOCÊ? HEIN? RESPONDE HARRY. EU NÃO PRECISO DO SEU DINHEIRO PARA NADA,É UM IMBECIL POR PENSAR ISSO.

Ficamos discutindo por mais meia hora,até que resolvi ir embora. Já percebi que o mais importante para o Harry é o trabalho,e não a família.

1 SEMANA DEPOIS

- Boa noite Anne,feliz Natal -falei assim que cheguei em sua casa,dando um abraço apertado na minha sogra….ou talvez ex sogra.

Eu e Harry não nos falamos desde semana passada. Eu sei que brigamos por um motivo muito bobo,mas acontece que tanto Harry quanto eu somos orgulhosos. Então quem se renderia e pediria desculpas primeiro?

Fui para a cozinha ajudar Anne a terminar alguns pratos. Estava distraída lavando um prato que ela precisava usar,até que ele escorregou da minha mão e caiu no chão,me cortando.

- Meu Deus S/n, deixe eu ver isso - Anne falou pegando na minha mão e vendo o corte,que não foi tão grande assim - vou pegar o kit de primeiros socorros,não se mexa,venho em um segundo.

Anne se retirou da cozinha me deixando sozinha, não que a casa esteje vazia,mas acho que ninguém além de mim e Anne se interessaria em ficar na cozinha num dia comemorativo. Ou talvez não.

- Harry!? - falei assim que vi aquele homem no qual eu sou completamente apaixonada entrar na cozinha,me fitando como se não tivesse nada mais em nossa volta.

- S/n…..- ele foi se aproximando,até ficar cara a cara comigo e não disse mais nada,apenas me puxou para mais perto e selou nossos lábios. Como eu sentia a falta dele.

Nos separamos por falta de ar,e ficamos nos encarando. Vi Anne entrar na cozinha,mas logo se retirou quando viu que eu e Harry estávamos ali,ela estava a par de todo acontecido.

- Eu senti sua falta - ele disse quase num sussurro.

- Pensei que só sentiria saudades se seu trabalho saísse de casa - falei o alfinetando,mas no fundo eu já não estava magoada com ele.

- S/n não começa,eu sei que fui um idiota com você aquele dia,e estou arrependido das coisas que falei,você sabe que quando estou nervoso não controlo as coisas que sai da minha boca.

- Eu sou a pessoa que mais sei disso Harry,poxa, eu só queria que você fosse mais presente comigo e com sua família - disse o abraçando, encaixando minha cabeça entre seu ombro e pescoço.

- Eu sei querida,eu sei…. Me desculpa? - ele nos separou,e segurou meu rosto com aquelas mãos enormes.

- Claro que sim meu amor,eu te amo - falei o beijando.

- Eu te amo.

Logo Anne me ajudou com o curativo na minha mão, e então fomos todos para a sala,encontrado nossos amigos e alguns parentes do Harry. Finalmente, a magia de natal esta acontecendo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Monas,me perdoem por qualquer coisa nesse imagine,ainda estou um pouco enferrujada 😀😀
Me digam o que acharam!!!!


∆Sandra