os or oes

[Entrada do Castelo]

Na manhã seguinte a fatídica tarde de chuva, o albino decidiu que tinha que devolver o bendito livro o quanto antes. A maga poderia espalhar o boato de que ele roubara o livro, então quanto antes resolvesse a situação, melhor. (quanta inocência…)

Doente como estava, não conseguiu dormir bem durante a noite, então olheiras e uma cara de sono eram bem visíveis. Vestiu uma blusa escura com colete roxo, e configurou os Dynamos e a Nasod Armor para fazer uma viagem segura.

Passando pela Ponte da Esperança, viu que alguns guardas tentaram pará-lo, mas simplesmente driblou-os. Não queria mais dor de cabeça além do que estaria por vir. Parou de frente para o portão principal do castelo e falou com os guardas.

- Oe! Não se preocupem, não vou bater em mais ninguém. Claro, agirei em legítima defesa - e deu um sorriso - mas não estou interessado em causar confusão. Gostaria de gentilmente encontrar-me com a maga Aisha, para entregar em mãos este livro. - e segurou-o na mão esquerda.