oprimeiro

As vezes. As vezes da vontade que me tirem a audição, mas ficar sem ouvir tua voz me dizendo seja o que for, seria um castigo. As vezes da vontade de perder a visão, mas ficar sem ver esse teu sorriso tão espontâneo, e como fica lindo quando o coloca no rosto, ou então, não poder ver esses olhos risonhos tão profundos que chegam a me hipnotizar, seria um martírio. As vezes da vontade de sumir, mas ficar sem sentir essa sensação tão perfeita que me invade quando você me toca, seja da forma mais simples que possa existir, ou ficar sem sentir esse abraço que faz com que pareça que nada no mundo poderá me atingir enquanto estiver em teus braços, seria o pior dos castigos. Então para tentar me livrar da tua imagem que fica me rondando desde quando acordo, as vezes eu simplesmente durmo, apesar de ser meio em vão, já que nem em meus sonhos você sai de mim. Fechar os olhos e ficar sonhando com o quão perfeito seria se tudo o que imagino a todo momento se tornasse realidade, pra mim já virou rotina.
—   Galáxia South