odeias

E,

você odeia multidões,
dorme regularmente todos os dias
e fica feliz com coisas pequenininhas.
você repete seu seriado favorito
mas se diz cansar rápido do habitual.
você tem voz grave
e é confuso e inconstante
assim como os dias são para a terra
e eu te aceito sendo de sol ou tempestade.
você não fala muito,
prefere escutar
e eu que quase nunca quero abandonar o meu silêncio,
escutaria você e todos os seus porquês,
porque se os outros repertórios são ruins,
o seu eu quero gravar pra poder ouvir repetidamente.
você é desorganizado
e perde as coisas bem debaixo do seu nariz.
você é irritante e às vezes até insuportável
mas na minha lista de prós e contras até isso vira um pró.
você ama cafuné
e tem o cabelo bagunçadinho,
o que é quase um convite pra bagunçar ainda mais.
você lê poesia mesmo sendo o poema não escrito que me encanta.
você é cheio de alergias,
ama sorvete de flocos
e odeia bolo com frutas cristalizadas.
você ouve Nirvana
e queria ser um super herói.
você tem um sorriso que emana paz
e um nervosismo bonitinho de não saber explicar as coisas.
você que existe
e tua existência que me afeta de uma maneira linda.
obrigada.


“você não é de onde vem,
você é pra onde vai
e eu gostaria de ir junto.”

Eu e você. Somos amigos, de uma jornada ruim, cheia de tropeços, cacos, e erros; um ato ruim em dias bons. Mesmo assim estamos unidos, sem saber ao certo o que isso significa. Nós estamos vivendo um pelo outro. E nós estamos bem. Eu e você somos um dia chuvoso muito frio. Mas no fim. Tem arco-íris. Você é meigo, fiel, e amoroso. E eu posso sempre, esperar o melhor de você. Tão humilde e simples, pegou seu coração pelas mãos e me entregou. E sempre anda me dizendo, que não se arrepende. Você é fã de Raul Seixas, e eu de Renato Russo, e nos sempre brigamos pra ver que música vai ouvir. Eu sempre ganho. Você diz que odeia isso, mas posso ver em seus olhos que é mentira. Conheço todos os seus sorrisos, teimoso, tímido, e carente. Eu conheço seu choro mais silencioso. Eu te abraço e digo que primeiro vai ficar bem ruim, eu too aqui, pra ajudar a ficar bem bom. E eu não nego que você me faz bem. E que é ao seu lado que eu quero ficar. Nem que seja só pra brigar; sobre, qual será o nome do bebê que vamos ter depois que nos casarmos. Eu me divirto com você. Somos uma música clássica calma e agitada. Eu sou careta e ciumenta. Quando estou triste, não falo. E você é o único que percebe e sabe. Eu sou teimosa e melancólica. E você sempre diz que foi isso que te encantou, mas eu sei que você se encantou pelo meu sorriso lento e silencioso. E você vai sempre ser o meu melhor amigo, por quem me apaixonei. O garoto de altura diferente, sorriso carente e olhar sincero. O cara que ama intensamente. O cara que eu amo. O cara que me ama. Não um amor qualquer. Com a gente, há sinceridade, doa a quem doer a nossa parceria é preciosa e reluzente. Eu e você somos o amor verdadeiro. O amor que preenche a alma e dá espaço. Entende, ouve, respeita e cuida.

- Naiara Régis.

será que eu existo ou você se odeia fortemente?

”tem um canal de comunicação aberto com o inferno,
infeliz mal assombrada pelo eterno,
não solte sua mão ou ela será minha,
não morra de medo, idiota, tenho cada vez mais controle sobre você porque cede seu corpo aos vícios e tem medo da verdade.”

sente-se mal com a dissimulação das órbitas terrestres,
tudo que escreve sou eu que dito com formosas e vermelhas vestes.
pomba gira que acende,
teu remédio me prende mas não te tira de mim.

A POESIA

A poesia me incomoda,
tarde da noite,
tarde do dia,
não interessa!
.É uma vontade de vomitar
um mundo novo,
uma coisa nova
que me azucrina,
.Me persegue na cama,
rasga o colchão,
me rouba as cobertas,
me seqüestra o pijama.
.Todo dia me incomoda,
todo dia,
toda hora,
não interessa!

.A poesia me enche o saco
o tempo inteiro,
me rouba os segundos,
os minutos, o relógio inteiro.
.Acaba com minha calma,
desnuda minha alma,
acentua minha raiva
e me apedreja,
.Me vira do avesso,
me desrespeita,
me amedronta,
me sacaneia,
.Ela me adota
e me trata como anedota,
Às vezes me ama
e às vezes me odeia.

A poesia me completa,
Mas, nunca me satisfaz.
Por isso me vicio
nessa droga que me anestesia,
.Que me trata como puta
E me fode sem dó,
cheira todo o meu pó
e me larga na cama, só.
.Me separa,
Me aliena,
Me escraviza,
Me enterra ainda em vida.
.Faz com que eu seja
Mais um brinquedo,
a poesia que me completa,
Mas, nunca satisfaz.

External image

- Alô?
- Oi, não fala nada, só escuta. Sim, tenho plena consciência de que são 2:32 da manhã, ou melhor da madrugada, e que você odeia que te acordem. Sei também que você tá com o coração acelerado porque como sempre, o toque do seu celular é estridente. Mas olha, estou fazendo tudo isso por um bom motivo. Lembra da minha amiga, a Gabriela? Então, ela me apresentou um cara tão lindo, tão inteligente, alto, másculo, e que usa meias referente aos pares. Ele tem dois cachorros dóceis, e mora em um apartamento no centro de Gramado que é ma-ra-vi-lho-so. Mas antes que você pense que eu liguei pra fazer ciúmes, eu liguei porque eu vim aqui pra sacada fumar, e comecei a chorar. Tava passando ”P.S: eu te amo” na tv por assinatura, e sabe, eu lembrei de quando deitei no sofá com você, e reparei que você usava uma meia de cada par. Você chorou igual criança assistindo, até que aquelas suas duas cachorras monstras resolveram brigar por causa daquele bichinho de pelúcia verde, que você apelidou de melequinha. Olha só, que coisa estúpida, eu fumando. Fumando porque quero parecer mais cool e mais descolado, mas estou chorando porque lembrei que o melequinha era tão engraçadinho. Tá vendo? Eu sou um burro. Mas você, você também é. Burro por me deixar ir embora, burro por não lutar por mim. Te juro que só mais um pedido para que eu ficasse, eu ficava, e ficava pra sempre! Mas você, como sempre, disse que eu já era grande demais pra decidir o que fazer da vida. Mas vida, que vida? Vida sem você? Não existe. O cheiro desse cara que a Gabi me apresentou é de perfume importado, você sabe o quando sou tarado por perfumes. Mas eu largaria esse cheiro de Paris ou de banco de couro de carro novo, não importa, pelo seu cheiro de cebolas, após uma tentativa frustrada de um jantar romântico. Tô chorando mais ainda. Por que você não me pega no colo, diz a ele que sou seu, e me leva pra sua casinha, meu indie, hippie, sei lá, que tem cheiro de lavanda, hein? Hein? Já se passaram 6 meses, vi suas atualizações nas redes sociais. Vi você começando e terminando relacionamentos como quem começa e termina uma barra de chocolate. E eu não falei nada. Quer dizer, até agora, porque você é um idiota, sabe que me ama e não faz porcaria nenhuma. Mas enfim, além de estar fumando e chorando, eu também tô bebendo. Bebendo muito, mas nem assim esqueço. Você sabe o quanto me faz falta? Todos os poemas de Vinicius me lembram você, e os toques, os sorrisos, as piadas, são tão sem graça se não há você do meu lado, bagunçando meu cabelo e mordendo meu pescoço. Mas tá bom, tô falando demais, né? Você ainda tá aí? Tô falando tanto e nem reparei se a sua respiração tá no outro lado da linha
- Tô respirando sim (risos).
- (risos) Que bom então. Desculpa te acordar, te dizer tudo isso, na verdade, eu só tô um pouco cansado, esquece o que eu disse, eu nem gosto mais de você …
- Que horas te busco?
- Agora.
- Tô indo, te amo.
- Vem logo, tá frio. Amo você também.

Não viva a sua vida com ódio no coração. Você acabará machucando a si próprio muito mais do que as pessoas que você odeia. Perdoar não é dizer “o que você fez de errado comigo não tem importância”, é dizer “eu não vou permitir que o que você fez comigo seja a ruína eterna da minha felicidade”. Perdoar é a resposta… desapegue, encontre paz e liberte-se! E lembre-se, o perdão não é apenas para as outras pessoas, é para si mesmo também. E você deve perdoar-se, seguir em frente e tentar fazer melhor na próxima vez.
—  Perdoe.
Desmentindo e respondendo boatos sobre mim aqui no tumblr:

Não, eu não sou fake. Não estou morando mais com “mozão” (e como vocês sabem disso?). Nunca disse que tenho problema no coração, isso foi boato de Tumblr de fofoca há muito tempo atrás. Já melhorei da anorexia e estou gostosíssima com meus 58 quilos, inclusive acabei de pedir no ifood um açaí de 1 litro. Não estou ignorando ninguém, só parei de responder asks escrotas e desnecessárias. Meu twitter também é @oralizou, qualquer outro é fake. Não estou namorando aquele menino aqui do Tumblr, mas não me importaria de namorar. Estou solteira sim e eu pego a porra que eu quiser. Ainda chamo “mozão” de mozão e eu realmente não sei porque vocês estão incomodados com isso. Se eu transo ou não o problema é meu, isso é pessoal. Não, não estou fazendo mais themes. Não vou hackear fulaninho para você só porque você tem uma rixa com ele ou porque ele te hackeou. Se você me “odeia” o problema é teu, eu não estou nem aí. Não trabalho para o Tumblr, mas temos uns trabalhos e contratos. Ganho dinheiro por aqui, trabalho numa farmácia e tenho o meu próprio negócio de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Web Design: minha mãe não precisa me sustentar. Faço minha própria comida e pago minhas contas. Fico com a bunda sentadao dia inteiro em frente ao computador e ao celular sim, mas e daí? Tenho tudo na mão sim. Tenho um iPhone e já fiz promoção nessa porra sim e o vencedor virou um bom amigo meu.

Agora cuidem um pouco da vidinha de vocês e parem de inventar ou acreditar em qualquer besteira que dizem por aí. Grata.

yellow-scientist  asked:

*Ergueu uma bandeirinha escrita "Team Mystic" escondida em um arbusto*

       Os olhinhos dx líder brilharam e um sorriso se abriu em seus lábios. Era sempre muito bom encontrar membros dos eu time, mesmo quando não sabia exatamente o que eram. Achou adorável, de qualquer forma.

O quieto e calmo Seokjin é um garoto exemplar. Quando entra em Hogwarts a primeira coisa que notam é sua beleza, a segunda é a gentileza, e a ultima e mais importante: muita dedicação. Por mais que não seja o melhor ele está acima da média. Jin, como ficou conhecido, gosta de criaturas mágicas e é muito curioso sobre feitiços. Gosta de poções, lembra-o cozinha e comida. Ele é um tanto sensível com as palavras, você não vai gostar de ver esse rapaz irritado. Sua amizade com Rap Monster é bem confusa, afinal quando eles se tornaram amigos realmente? Ninguém sabe, mas eles são muito unidos independente da resposta. É definitivamente o mais responsável entre seus amigos. É o responsável por “conter“ o espírito indomável de Kim Taehyung junto com Jimin. Odeia os gritos de Hope mas como bom amigo os aguenta. Gosta muito de JK porque no começo não lhe dá muito trabalho. Suga é muito apegado a Seokjin. Ele é basicamente o centro, a cola que une todos e nunca os deixa brigar ou se odiarem.

Aprendi a lidar com suas indecisões e nunca me abater por um não, você é assim, um dia é não, no outro é sim, um dia ta bem e no outro não, um dia me ama e no outro me odeia, um dia me quer bem no outro bem longe, um dia me faz feliz no outro me faz chorar, um dia me da o mundo e no outro me tira ele.

anonymous asked:

Como dizer para uma pessoa que te odeia (e acha que você odeia ela também) que na verdade essa raiva que você tem é desejo encubado?

por que diabos tu foi demonstrar raiva?

Não adianta. Chegará o dia em que você terá que tomar coragem de chegar pra pessoa, colocar a mão nos ombros dela, olhar bem no fundo dos olhos e dizer...O quanto odeia ela.