o bože

/  d  o  n  a  t  e  l  l  a /

/ DONT REPOST, PLEASE REBLOG /

           *APHRODITE98WAVE*

( Capitalism )

/ DONT REPOST, PLEASE REBLOG /

         *APHRODITE98WAVE*

Imagine Harry Styles

Pedido: “Faz um do Harry, que eles brigam em frente à família (por ciúmes da parte dela) e ela empurra ele, e ele torce o pé?! obrigadinha”. - Anônimo.

*******


O jantar da família do Harry estava ocorrendo tranquilamente, exceto pelo fato do Harry estar de papinho com amiguinha dele. Ta certo que eles não se veem a anos. Mas ele simplesmente se esqueceu de mim.

Eu me entreti com a Gemma, e uns primos seus que são bem legais, mas queria ele comigo. O que mais me irritava é que ele conversava animadamente com ela, ria, brincava, enfim. E nem se quer se lembrou de mim, ou me chamou para ficar junto. Ele apenas me excluiu.

Eu estava pegando mais um copo de bebida, quando senti uma mão na minha cintura.

- Oi amor! - ele sorri, e eu não respondo. - S/N?

- O que é? - disse seca.

- Tá tudo bem?

- Tudo ótimo! - ele me encarou por alguns segundo e colocou uma mecha do meu cabelo para trás da minha orelha.

- Vamos sentar ali, quero ficar com você! - ele diz segurando minha mão, mas rapidamente a solto.

- Agora você quer ficar comigo? - ele me olha confuso. - Vá lá ficar com a sua amiguinha. - ele me encara sério.

- S/N, pelo amor de Deus, não vai me dizer que você está com ciume? - arqueio a sobrancelha. 

- Não é ciúme. Só achei falta de respeito você simplesmente de deixar sozinha e ficar de papinho com aquela lá, como se eu não existisse. - ele bufou. 

- Falta de respeito? Te deixei sozinha? - revirou os olhos. - É a minha família, e não um bando de desconhecidos. 

- Mas tem muita gente aqui que eu não conheço. 

- Tipo?

- Tipo seus tios que moram no Canadá, tipo aquele grupinho de amigos seus ali, que estavam fazendo uma viagem pelo mundo, ou seus primos que estavam na Irlanda e Alemanha. - ele me encarava e ouvia o que eu tinha pra dizer. - Se for ver bem, eu não conheço mais da metade das pessoas que estão aqui. 

- Você não ficou sozinha. Eu vi você conversando com bastante gente aqui. - ele esbravejou. 

- Porque a sua irmã fez a gentileza de não me deixar sozinha, coisa que o meu noivo não fez. - disse no mesmo tom que ele.

A essa altura do campeonato todos ali já estavam ouvindo a nossa briga e olhavam para nós. Mas eu não estava nem me importando…

- S/N, vamos conversar sobre isso depois. 

- Ah, claro. Se fosse com você, você já iria querer ir embora. Mas quando é comigo, não posso nem achar ruim. - reviro os olhos. 

- Tudo isso por um ciúme besta. 

- Besta? Você não se dá nem ao trabalho de trocar uma única palavra durante a noite toda, fica de papinho com aquela sua amiguinha enquanto eu fico sozinha, e só no fim na noite, quando mais da metade já foi embora, você resolve vir ficar comigo? E é ciúme besta? Ah, me poupe. Isso foi uma tremenda falta de respeito. - digo alto. 

- S/N, vamos conversar lá fora. - ele segurou meu braço.

- Não, Harry. Eu não vou. - tentei me soltar, mas foi em vão.

- Vamos conversar. - me puxou.

- Eu já disse que não vou. - disse e o empurrei. 

Eu não sei o que aconteceu, mas acho que ele pisou em falso, torceu o pé e acabou caindo co chão. 

- Jesus! - me desesperei. - Você está bem? - disse agachando ao seu lado. 

- Não! Tá doendo muito. - sua feição era de dor. 

- Me desculpa, eu não queria te machucar! 

- Tá tudo bem… Ai! - gemeu. 

- Vem, vamos pra casa! - ele se levantou, com ajuda dos seus primos, e o levaram até o carro, e dirigi até a nossa casa. Lá eu cuidaria dele…


[…]

[ ARIGATO! ]

/ DONT REPOST, PLEASE REBLOG /

          *APHRODITE98WAVE*