o o

Hoje

Me sinto uma boba
Ao rasbicar
No cantinho das folhas
De um velho caderno
Um coração e nossas iniciais.

Poetizei o silêncio