nunca mesmo =

Tem um fim para toda tempestade. Quando todas as árvores forem arrancadas, quando todas as casas forem destruídas, o vento vai se acalmar, s nuvens vão se dispersar, a chuva vai parar. O céu ficará limpo em um instante, e só então, nesses momentos silenciosos após a tempestade, nós descobrimos quem foi forte o bastante para sobreviver.
—  Grey´s anatomy.
O meu coração é bobo, sempre foi. Qualquer sinal, por menor que seja, de reciprocidade, ele se entrega e mergulha com tudo no buraco negro que são as pessoas, sem pensar nas consequências. E no final, esse buraco negro suga todos os sentimentos bons do meu coração e o parte sem nem olhar pra trás. E meu coração sempre sai despedaçado, sangrando e mesmo assim nunca aprende .
—  M.Ferreira
Eu espero que você se cuide. Que tudo se resolva e coisas boas te aconteçam. Que alguém te ame de verdade e não te deixe na primeira dificuldade. Que você consiga distinguir quem te faz bem e quem só quer o teu mal. E caso não consiga, que supere o mais rápido possível quem te decepcionou. Que você saiba perdoar quando preciso. Que não fique recordando as coisas ruins que já te aconteceram. Que perceba antes que seja tarde, que está perdendo alguém que ama muito. Que você mude, pra melhor, e que nunca mais cometa os mesmos erros. E que saiba que, aonde quer que eu esteja, vou estar muito feliz por você.
—  Milena Borges.
A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos. Tudo bem. O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
—  Chico Xavier.
Eu tenho medo de perder você. Um medo quase que incontrolável, porque você sabe como eu sou. Sou explosiva, pensativa, mudo de humor rapidamente, não consigo controlar meu lado estressada e nos dias de TPM fico quase que insuportável. Faço uma tempestade em copo d’água, sou chata e quase sempre sem assunto mas eu te amo. Eu te amo de todo o meu coração e não ia suportar perder você. Sei que não é fácil ficar comigo, mas fica? Fica pra sempre? Fica até mesmo quando você enjoar de mim e achar que não mereço mais você. Fica quando você achar que merece outra pessoa, porque não sou a pessoa certa pra você. Por favor fica, porque eu preciso de você. Eu preciso do seu amor. Eu já conheci muitas pessoas e todas foram embora, mesmo sem nunca me contarem, eu sei que foi por culpa minha. Juro que não vou aguentar perder mais alguém, não vou aguentar perder você. Quando as coisas estiverem difíceis, quando você achar que algo está errado e que você não está confortável com algo, me conta, não deixe nada passar em branco, porque vou mudar só pra te fazer feliz. Eu sinto que a minha missão é te fazer feliz e vou fazer isso até quando eu puder. Eu quero construir uma família com você, eu quero viver a minha vida ao seu lado. Não vou deixar a distância me afastar de você, aliás nada vai me afastar de você. Eu quero você comigo pra sempre. Eu sou uma menina cheia dos defeitos, não posso mudar isso, mas prometo fazer de tudo pra manter nosso relacionamento bem, te fazer feliz e te amar pra sempre.
—  Eu tenho medo de perder você, porque se eu te perder, eu me perco também.
Todo dia busco incessantemente coisas para ocupar minha mente; seja me afogar nos meus livros de aventura, ou me deleitar-se nos meus estudos extensos. O que eu quero na verdade é ocupar a minha cabeça. Não deixar que o teu nome e o teu rosto inunde meu pensamento a qualquer momento. Pode parecer meio mórbido tudo isso, mas te tornaste a minha droga, e entro em abstinência toda madrugada, porque é ela que faz-me lembrar do que eu estou tentando fugir todos os dias. Você. Quero ocupar minha mente com coisas que me façam esquecer que você está ali, que a qualquer momento pode chegar e dizer como foi o seu dia e perguntar como foi o meu. Por Deus, eu quero tanto me curar de você, quero seguir a minha vida sem olhar e perceber que o que tivemos nunca teve início e mesmo assim é inacabado. Já se tornou rotina escrever alguma coisa sobre como você me tem, como eu te amo e como eu te queria - porque agora não quero mais. Eu li uma vez que quando não é reciproco não é amor, é insistência. Nunca pensei que fosse insistir tanto em algo cujo final fosse tão incerto. Fiz-me tua casa, morei na tua calçada e reguei as flores mortas do teu jardim. Pra quê? Pra hoje simplesmente fechar os olhos e enxergar que foi tudo uma ilusão, estória criada na minha cabeça, fruto da minha imaginação. Sofrer por algo que acabou antes mesmo de começar. A dor serve para me lembrar de como eu preciso continuar ocupando minha cabeça, com quantas coisas eu puder ocupar. Acho que dessa forma, um dia, eu consiga olhar para dentro e ver que tudo está completamente curado.
—  Alícia Gither.

acho que foi por isso que gostei de você, você tem o toque de contradição, li no livro de física que os opostos se atraem, você é tão igualzinho a mim e sabe… eu nunca gostei de física mesmo

amin
A gente sempre supera. Mesmo quando dói, arde, parece que nunca vai passar. Mesmo quando a rasteira foi tão inesperada que a gente fica caído sem saber qual rumo tomar. A gente supera, meu bem. E levanta mais forte.
—  Drica Serra; a menina e o violão.

Eles se amam, todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossível. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por aí, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é difícil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontram e que nada, nada seja por acaso.

Persistência. É nunca desistir, e insistir mesmo quando parecer impossível. Persistir é conseguir enxergar com outros olhos, com os olhos da esperança. Persistir é caminhar com outros pés, os pés da perseverança. E por fim, lutar com força, se reerguer a cada queda, seguir em frente. Persistir é não abrir mão jamais.
—  O dicionário de Alice.
4.

eu adorava o jeito que as fotografias pudiam capturar os momentos antes mesmo que acabassem. onde os olhares ficaram eternizados e a felicidade nunca poderá ser roubada. mesmo que tenhamos desbotado antes delas.