notemation

Inevitávelmente
Te reencontrei
Você diz que é destino
Eu digo que é acaso
E que está tudo perdido no ar
Você diz para eu não me entregar
Mas eu já cometi esse erro
E sempre o cometo
Eu espero algo das pessoas
Não porque quero algo em troca
Mas que elas mesmas notem
O quão importante elas são
Saiba que os teus lábios contaram
Outra história para mim
E que os beijos debaixo da chuva
São mais verdadeiros
Não precisa acreditar
É que eu sempre ando sozinho
Não sei se você notou
E não fique surpresa
Se um dia eu me apaixonar
É que eu tenho um péssimo costume
De não acreditar no amor
De achar que não sei amar
E que jamais amarei

Eu não ando com tanta inspiração esses dias para desenhar, só que tomei um pouco se vergonha na cara e fiz uma fanart em meu computador, para deixar as pessoas felizes em ver um novo desenho meu sendo postando nessa rede social.

O desenho foi utilizado várias bases até chegar nesse resultado, como os animais e plantas que procurei na Internet e depois tentei os recriar em uma nova perspectiva na fanart.Caso notem semelhanças nesse desenho com outros já digo que boa parte das coisas que tem nele foram usado bases de outras fanarts.

Mesmo assim espero que gostem da fanart do pequeno Lobo Pac, que levou quase que 24 horas para ser pronta e deixada nesse estado. :)

Listening to bts’s House of cards (full length edition)

This is my jam *starts body rolling* 

Originally posted by channieschubbycake

Originally posted by mccsj

Originally posted by kim-jongmin

WHEN I HEAR ENGLISH WORDS

Originally posted by gif-database

WHEN I HEAR JIMIN’S HIGH NOTE

Originally posted by ineedakpopgif

Originally posted by delusional-superstition

Originally posted by kuroijuryoku

me: THE ANGELS HAVE ASCENDED I HAVE SEEN THE LIGHT

É setembro
Somos os filhos da sociedade superficial
E ainda assim sentimos a profundidade das emoções
Somos aqueles que recebem julgamentos ao invés de apoio
E ainda assim erguemos o olhar e nos apoiamos no que quer que seja
Somos os chamados de fracos, covardes, sem fé, frágeis
E ainda assim sabemos que nossa luta exige mais força que qualquer outra
Somos os chamadores de atenção, os criadores de drama, os desesperados
E ainda assim nos equilibramos em uma fina linha de esperança
É setembro
Nos vejam
Nos notem
Nos ouçam
Nos aceitem
Porque nesse mês amarelo é tudo o que queremos
Chances, motivos, vida, esperança
E que nesse setembro
Nossas vidas signifiquem um pouquinho mais
Sigam um pouquinho mais
E que a cor da esperança
Seja o amarelo
—  “Setembro Amarelo de 2016”, Verônica Nunes de Holanda, a-menina-girassol

eu passei a tarde no trânsito de sp me perguntando porque aquelas horas paradas no ar condicionado nunca me incomodavam se fosse você na direção. o motorista correu menos de 100 quilometros na br e eu me peguei olhando pro painel pra ver velocidade, fez falta olhar pra você e me sobrou encarar a quilometragem. a que ponto eu cheguei, querido? você dirige seu carro pra outras pessoas agora, e eu torço pra que elas admirem isso em você. pra que elas notem tuas mãos no câmbio. pra que eles te ouçam sussurrando as canções dos teus álbuns favoritos enquanto você olha pra fora da janela e nota a beleza na vida. eu torço pra que você esteja mostrando aquelas mesmas músicas que me ensinou a gostar. conta do teu gosto por carro branco. conta de você. muda a vida delas como mudou a minha.
eu te observava do banco do carona pensando no quanto queria ter sido uma extensão de você, parte sua, eu tava perdindo por dentro pra você nunca precisar estacionar.

É que sei lá, ninguém me entende.
Cada dia fica mais complicado de suportar, tudo que eu venho fazendo é isso, suportar. E eu sou um ser humano como qualquer outro, eu erro, eu sofro, eu sou frágil, eu tenho sentimentos. Por mais que eu sempre esconda, eu não preciso dizer pra ninguém pra que notem. Então esse é meu medo, até agora ninguém notou o que se passa aqui dentro. Estou um caos, e isso me dói muito, porque ninguém está disposto a encarar esse caos ao meu lado. E pior que estar em meio ao caos, é não ter alguém pra enfrentar esse caos ao nosso lado. Eu tenho fé, mas nos últimos dias está difícil.
—  Israel e o seu universo em caos.

Ela tem olhos castanhos, que ficam lindos com a luz do sol.
Ela tem os ombros curvados, pelo peso que carrega sempre consigo na alma.
Ela tem cabelos negros que parecem pintados , como índia, e como bicho do mato foge quando alguém diferente aparece.
Ela sonha, toda vez que fecha os olhos , com finais felizes.
Ela se esconde toda vez que entra em uma sala, mesmo querendo que a notem.
Ela ri das prórpias piadas no meio da rua, as pessoas a acham louca.
Ela finge que o desodorante é um microofone e que é super famosa, dançando na frente do espelho.
Ela se apaixonou poucas vezes e não está cercada por nenhum desses amantes aventureiros.
Ela queria aprender a tirar fotos da natureza, mas prefere ficar em casa.
Ela adora olhar as flores na primavera, mas mesmo assim fica sempre no inverno.
Ela é ínvisivel para maioria das pessoas, menos pra mim. Eu a vejo.
Ela ri sozinha com seus livros preferidos.
Ela tem sardinhas no nariz.
Ela olha para as crianças sempre com um carinho diferente, apesar de ficar longe.
Ela fica em silêncio só por fora, por dentro a sua mente é cheia de paradoxos e paradigmas infinitos.
Ela tem um gato de olhos azuis que parece um bebê.
Ela tem seus segredos. Mas se alguém perguntar , talvez ela responda.

Retalhos do pensamento / B.P

Estou perdendo minha essência e a minha vontade de viver está cronometrada pra acabar, eu me tranco em meu mundo onde converso com meus pensamentos e escrevo o que quero gritar pra quem está  á minha volta. Não sei exatamente o que eu quero que elas ouçam, talvez eu só esteja querendo atenção e que notem a minha dor, que estou precisando de um abraço, um carinho ou uma palavra acolhedora. Aqui sozinha, implorando por atenção, sem amigos… talvez seja por razões óbvias, eu  sempre mando pra marte aquele que  demonstra se importar comigo, é meio estúpido, eu sei, mas estou cansada de ser trocada, ser substituta de alguém, por isso prefiro ficar só,mas ao mesmo tempo querer ser amada e ter alguém que precise de mim. Sou tão complicada, toda noite antes de dormi faço planos pro dia seguinte: amanhã vou encontrar algumas pessoas pra sair um pouco e conversar,vou fazer com que elas pensem: nossa, como ela é divertida, porquê não saímos mais vezes? vou tratar bem meu irmão pra que ele saiba que irmãos tem momentos ruins e brigas também, mas nem por isso eu vou deixar de ama-lo.E contar meus segredos á minha mãe pra que ela se sinta especial e confiável, mas faço sempre a mesma coisa…nada e assim vou adiando minha vida, afastando os que restaram e sofrendo calada.
—  Jacksillane Farias