nossa vontade

Eu quis espernear, gritar “Fica pelo amor de Deus!” Mas desde quando a gente pede uma coisa assim? Desde quando a gente tem que implorar pra alguém ficar? Mesmo que a vontade inunde nossa alma, e a certeza da falta destrua nossas vontades, amor não se implora.
—  Tati Bernardi.
É exatamente disso que a vida é feita, de momentos. Momentos que temos que passar, sendo bons ou ruins, para o nosso próprio aprendizado. Nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por acaso. Absolutamente nada. Por isso, temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível. A vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser.
—  Chico Xavier.
A gente finge que esquece, finge que deixou pra lá, finge que não tem tanta importância ou que não foi nada demais. A gente deixa nosso orgulho e nossas vontades de lado. Se anula. Se entrega. Faz malabarismo. Tudo isso pra ter a companhia de alguém. Tudo isso por sentir que, por essa pessoa, vale o risco, o trabalho e até a queda.
—  Iolanda Valentim.
Se tem um fato, este imutável, é que o tempo passa. Se tem um clichê, este duvidoso, é que ele cura. Mas ninguém diz que o tempo também para. E mata. Porque nem todas as dores podem ser esquecidas, nem todos os amores podem ser substituídos, e nem todos os segundos podem correr libertos de tudo no vento. Porque existem coisas, pessoas e sentimentos que não dá pra simplesmente abandonar em um lugar qualquer no espaço. E o tempo, por mais majestoso, misterioso, místico… O tempo não passa de um passar de tempo. As pedras em nosso caminho não dependem dos ponteiros do relógio: dependem do quanto podemos aguentá-las e de como conseguimos chutá-las para fora da estrada. Não importa se a vida está correndo demais, porque quem aperta no freio somos nós. A gente precisa saber que nem sempre o caminho será contínuo, florido, bonito. Tem momentos de dor onde tudo é turvo, cinza, torto. Porque o tempo, por mais grandioso, potente e avassalador… O tempo falha. E deixa marcas que nem mesmo ele próprio consegue apagar depois. Nós, ao contrário do que pensamos, somos apenas coadjuvantes nessa luta: isso tudo, meu caro, é uma grande guerra do tempo contra ele mesmo. É inevitável chorar, se magoar, desistir. Tem coisas que não dependem da nossa boa vontade ou do nosso humilde querer. Assim como as folhas da árvore não escolhem cair, os frutos não escolhem amadurecer, o rio não escolhe secar… Assim como a vida não escolhe viver, a gente não escolhe sofrer. Ou morrer. E o tempo, curando ou não, estagnado ou não… O tempo existe. Independente de nós.
—  Capitule
Seu corpo colado ao meu. Nosso suor escorrendo no corpo um do outro. Nosso cheiro, nosso amor. Nossas respirações ofegantes, a vontade e o prazer exalando em nós. Sussurros, gemidos e arranhões. Tesão, amor, prazer, vontade, desejo, você, eu. Nós.
—  Meu pequeno infinito.
Na fé, eu sou capaz de me dizer, com amorosa humildade, que grande parte das vezes eu não sei o que é melhor para mim. Eu não sei, mas Deus sabe. Eu não sei, mas minha alma sabe. Então, faço o que me cabe e entrego, mesmo quando, por força do hábito, eu ainda dê uma piscadinha pra Deus e lhe diga: “Tomara que as nossas vontades coincidam”. Faço o que me cabe e confio que aquilo que acontecer, seja lá o que for, com certeza será o melhor, mesmo que algumas vezes, de cara, eu não consiga entender.
—  Ana Jácomo.
Tirei o dia para sentir saudade, ao lembrar de você, senti saudade daquele eu te amo que não te disse, e daquele beijo que você não deu. Hoje, quando acordei quase esqueci que você tinha ido embora, por uns segundos ainda esperei uma mensagem sua de bom dia. Deu uma saudade absurda das suas histórias,  suas implicâncias, e daquela forma única que você me chamava. E que até hoje eu não aceito ninguém me chamar assim. Deu saudade das suas manias, do seu jeito certinho, da nossa cumplicidade. Fechei os olhos, suspirei e um sorriso involuntário surgiu, só consegui sentir saudade de nós, e daquela nossa vontade de ser feliz que até parecia teimosia. Moreno, você  foi embora e passou a ser a definição mais linda de saudade que eu conheço.
—  Ainda é sobre voce, moreno.
É exatamente disso que a vida é feita, de momentos. Momentos que temos que passar, sendo bons ou ruins, para o nosso próprio aprendizado. Nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por acaso. Absolutamente nada. Por isso, temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível. A vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser.
—  Chico Xavier.
Todos os dias, logo cedo dou uma piscadinha para Deus e peço: tomara que as nossas vontades coincidam. E se não coincidirem, que a Sua prevaleça.
—  Caio Fernando Abreu.
Muita das vezes queremos tanto algo, que acabamos não perguntando a Deus se é isso que Ele quer para nós também. E quando não conseguimos, acabamos nos frustrando e culpando Ele por não ter conseguido. Começamos a questionar e a resmungar: Mas eu orei tanto! Eu pedi tanto! Porque não tive? E ficamos chateados, porque a nossa vontade não foi atendida. Mas Deus é tão maravilhoso e nos ama tanto, que mesmo nós sendo tão mesquinhos, Ele continua cuidando de nós. Isso que você queria tanto, mas não conseguiu, foi porque Deus não permitiu. Aos seus olhos parecia algo maravilhoso, mas aos olhos de Deus, não. Você tem que aprender a confiar totalmente nEle e a nunca deixar Ele de fora em toda e qualquer tomada de decisão sobre a sua vida. Pode ter certeza que se hoje você não entende o porque desse não, lá na frente entenderá, pois Deus nos ensina a todo momento. O “não” de hoje pode ter evitado o “caos” de amanhã. Entenda que quando Deus não permite, é para o nosso próprio bem.
—  Vanessa Maia
O pássaro que voará mais alto sempre é o que não desistiu de avançar mesmo com a ausência de espaço. Não se restringiu a uma aparência apagada. Não se encabulou pelo sofrimento. Quando não havia chance de sair dali, aproveitou a solidão para se conhecer. Quando não havia com quem conversar, aproveitou o silêncio para afinamentos… Só voará alto aquele que criou seu lugar um pouco por vez, aquele que formou sua virtude em segredo, aquele que não culpou a vida para se manter parado. Liberdade vem com o tempo, liberdade vem devagar, liberdade é esforço. Não ser do tamanho de nossa prisão, mas ser do tamanho de nossa vontade.
—  Fabrício Carpinejar
não tem como superar alguém que te marcou muito, porque não tem como esquecer ou apagar a memória. alguém que colocou a mão na nossa pele, destrinchou os pensamentos mais ocultos, resgatou nossa vontade de amar. mesmo depois do fim, mesmo que os braços já não se enrolem ou que os pés não se entrelacem, mesmo que as músicas se tornem vazias e os textos sem sentido, mesmo que se siga em frente porque é a única opção, a gente não supera. não tem uma fórmula matemática para se superar alguém. você não acorda numa terça-feira e diz “pronto, te superei”. porque pessoas não são barreiras; mas sim sensações, sentimentos, gestos, gostos. a gente só segue em frente, como quem perdeu as chaves de casa e precisa fazer outras, adequar o formato, se preocupar com quem possa invadir. perder alguém é isso: saber que não há volta, mas que pode-se preservar alguma coisa bonita. e que se precisa seguir, não importa para onde, porque marcou. superar é seguir em frente.
—  textos cruéis demais para serem lidos rapidamente
Somos engraçados. Dizemos confiar em Deus, mas nos primeiros momentos de dificuldades, já queremos desistir. Levantamos nossas mãos para o céu buscando socorro, mas sempre buscamos conselhos de outras pessoas ou seguimos a nossa própria vontade. Realmente, precisamos de Deus mais do que nunca. Somos falhos e Ele é perfeito. Precisamos da misericórdia Dele.
—  Floriu