nooooooooossa

– O que houve doce menina? 

– Nada Zé. 

– Não tente me enganar, conheço teu sorriso, conheço teu olhar, sei que não estais bem. É ele?

– Sim Zé, é ele. 

– Explique-me, coloque pra fora essas palavras que lhe entopem o coração. 

– Ai Zé, a cada dia que passa eu sinto falta dele, e essa saudade aumenta cada dia mais. Eu já não sei o que eu faço. Nunca me senti assim. Eu, eu… Ai Zé eu não o que eu faço. 

– Vai atrás dele pequena, lute pelo seu amor. 

– Eu tentei, eu quis, eu quero. Mais ele está muito longe, existem fronteiras, obstáculos, impedimentos, pessoas, tem várias coisas que me impedem de fazer isso. Eu não tenho com quem conversar a respeito, eu sempre ouço “Porque você não fica na amizade com ele? Ele não vai voltar! Você é idiota de ficar sofrendo por ele” Zé, isso machuca sabia? Eu não tenho ninguém que me entenda, não sei o que fazer; Afastei-me das pessoas por elas me julgarem e tentarem achar que sabem o que eu sinto. Ah Zé, me ajude pelo amor de Deus. Acalma esse meu coração com suas palavras confortáveis, me dê, me mostre um caminho que não seja esperar. Esperar machuca, esperar corrói. Estou fraca, sem forças, não agüento mais essa espera. Diga-me, por favor, o que fazer!

– Ah minha pequena, entendo perfeitamente o que você passa, mas não sei ao certo o que podes fazer; A distância entre vocês é muita, sei que se culpa por ter o deixado partir sem ter feito nada. Sei tudo o que se passa dentro de você. Mas minha pequena, aquiete-se, tudo vem com o tempo, tudo tem seu tempo certo. Se quiseres adiantar as coisas agora, vá em frente, mas o futuro de vocês pode se alterar, e pode haver um desfecho terrível. Pensastes nessa possibilidade? Então aquieta esse teu coração ouça as coisas que teu menino lhe diz. Você confia nele? Então acredite em cada palavra que ele disser. O futuro de vocês está certo minha pequena. Sofrestes tanto por amor não foi? E continuou de pé, firme e forte. Sofres agora, mas todo sofrimento um dia tem fim, e esse teu sofrimento um dia terá. Ainda verei você e teu menino juntos, mostrando a todos que duvidaram, que estavam enganados a respeito de tudo que já lhes disseram. Ainda verei você e teu menino juntos, recuperando cada dia, cada hora, cada minuto que passaram longe um do outro. Acredite em mim pequena, dias melhores estão por vir.   Thaina (in—compreensiva)