niall pregnant

anonymous asked:

oh so we're making this a fucking trend now, are we? this just in: Niall is pregnant with Bressie's child spread the news 🙃

I can get behind that!

ok um im so sorry like NOAH FENCE but……….  

niall: ey mate, proud of you

harry: why’s that exactly, niall?

niall: last two in the band to not have gotten a girl pregnant!

harry:

niall:

harry: true!

*nods and highfives*

Liam is mainly under appreciated in One Direction. He deserves more love & respect! He did the interview for the 4 boys because he knew they were devastated!

ONE SHOT - NIALL HORAN  PREGNANT

PEDIDO : “Oii amoree que sdds de vc 😍… queria pedir um do niall que ela quer ter um parto natural (😍) e ele é super fofo com ela na hora do parto… depois da recuperação dela eles conversam sobre o quanto foi lindo… acho q deu pra entender rs tava com sdds”


PS: DEMOROU MAS CHEGOU! ESPERO QUE GOSTEM. DESCULPA OS ERROS ORTOGRÁFICOS 

BOA LEITURA!!!!


 ———————————————————————————————–

“Niall!” Gritei para meu marido. Um líquido transparente começou a descer pelas minhas pernas. “Niall, Amor!” Gritei mais uma vez. Pude ouvir seus passos apressados subirem a escada, segundos depois seu corpo aparece na frente da porta.

“O que aconteceu?” Indagou ofegante. Niall trajava uma bermuda caqui e uma camiseta preta, seu cabelo estava levemente bagunçado. Embaixo de seus belos olhos azuis haviam escuras olheiras por conta do trabalho excessivo nos últimos dias. Niall vem trabalhando muito por conta da nova integrante da nossa família.

“A bolsa estourou” Falei desesperada.

Seus olhos pousaram em minhas pernas. Assim que viu a poça de água em baixo de meus pés um pânico tomou conta de seu rosto. Sua boca abriu-se e suas duas mãos foram colocadas sobre as mesmas.

“O que eu faço?” Indagou puxando os fios do cabelo para trás.

“Vamos para o hospital” Falei indo até ele.

Niall pegou no meu antebraço e ajudou-me sair do banheiro. Suas mãos estavam completamente suadas. Olhei para ele, e seu semblante era de preocupação. Talvez porque nunca presenciou uma cena dessa. Niall levou-me até o carro e voltou para dentro de casa. Ao voltar colocou a bolsa com as coisas necessárias no banco de trás. Sentou no banco do motorista e passou o sinto de segurança sobre seu corpo, colocou as mãos sobre o volante e lá mesmo deixou-as. Ele estava tenso.

“Vai dar tudo certo” Falei tentando passar confiança, ao mesmo tempo tentando convencer a mim mesma de que tudo iria dar certo. Pousei minha mão sobre a dele e sorri genuíno.

 

Niall ligou o carro e deu partida. As contrações começaram a aparecer. As dores eram fortes. Segurei no puxador que havia ao lado da porta com o intuito de fazer a dor diminuir, porém a tentativa foi em vão. Ao chegar, Niall desceu correndo do carro e foi até alguns guardas que estavam à frente da porta do hospital. Fechei meus olhos por alguns instantes tentando afastar a dor forte que sentia dentro do meu útero.

 NIALL POV’S

 

“Licença, a bolsa da minha mulher estourou, preciso de ajuda para tirá-la do carro!” Falei desesperado para um dos guardas que estavam parados na frente da porta.

“Onde ela está?” O guarda indagou “Vá chamar os enfermeiros” dirigiu-se para o outro guarda, que rapidamente entrou na parte interna do hospital.

“Está no meu carro” Falei apontando para o carro estacionado.

O guarda seguiu-me até o carro. Logo depois os enfermeiros chegaram junto a uma maca hospitalar. Tiraram (S/n) do carro e levaram-na para a parte interna do hospital. Segurei uma de suas mãos. Seus olhos mantiveram-se fechados o caminho inteiro, e naquele momento tive um medo horrendo de perde-la.

“O senhor não pode entrar” Uma das enfermeiras tocou no meu ombro alertando-me.

“Mas ela é minha esposa” Falei apontando para a maca onde (S/n) estava deitada.

“Eu sei, Senhor! Mas iremos prepara-la para o parto” A enfermeira respondeu-me cautelosamente. “Peço que por gentileza, o senhor possa esperar ali” Apontou para uma sala onde havia algumas pessoas sentadas. Acenei positivamente e fui para o lugar sugerido. Sentei-me numa das cadeiras vazias. Desbloqueei a tela de meu celular e enviei algumas mensagens de texto para familiares e amigos avisando que (S/n) estava prestes a dar à luz. Assim que enviei todas as mensagens guardei o celular no bolso novamente. Dentro da sala havia algumas pessoas, a maioria das cadeiras estavam vazias. Abaixei-me sobrepondo meus cotovelos sobre a coxa e cruzando as mãos num gesto involuntário pedi para meu Pai onipotente que no céu estava para cuidar da minha amada. Vi uma das enfermeiras que estava junto a (S/n) saindo da porta onde fui barrado. Levantei-me e fui até ela.

“Olá, minha esposa acabou de entrar na sala de parto. Ela está bem?” Perguntei tocando no ombro da enfermeira fazendo-a virar rapidamente.

“Olá Sr…” Ela me olhou tentando adivinhar meu nome

“Niall! Niall Horan” Apressei-me

“Sr. Horan!” Sorriu “Sua esposa está sendo preparada par dar à luz” respondeu olhando em sua prancheta.

“Será que eu posso acompanhar o parto?” Indaguei

 

A mulher com um jaleco verde água olhou surpresa para mim e acenou sorrindo com a cabeça. Ela me levou até uma sala, onde pregou um grande avental e uma toca que estavam num armário.

“Sabe, é difícil encontrar um cara que queira ver um parto” Ela sorriu e me entregou as coisas. Entrei em um banheiro ali perto e coloquei as coisas que a enfermeira me entregou. Após colocar o avental e a touca, a enfermeira me levou até a sala de parto. Ao entrar (S/n) estava deitada em uma maca e ao redor dela estava alguns médicos que iriam fazer o parto. Parei ao seu lado e peguei uma de suas mãos. Ela olhou para mim e sorriu. Beijei sua mão e sussurrei um “Eu te amo. Ela fez o mesmo, fechando os olhos logo após para fazer força.

Passaram-se alguns minutos e (S/n) ainda estava em trabalho de parto. Comecei a ficar preocupado pois estava demorando muito, os médicos pediam para ela fazer força, mas ela estava esgotada.

“Vamos lá! Estamos vendo a cabeça da criança” Um dos médicos falou.

Olhei para (S/n) e ela fechou os olhos como se aquele gesto ajudasse-a ter mais força. Os médicos pediam para ela fazer mais força. Foi ai que ouvi o choro. E ao ouvir o choro da minha filha tudo ficou calmo a minha volta. Olhei para minha esposa e em seu rosto estava estampado um belo sorriso de felicidade e alivio. Uma das enfermeiras que ajudou no parto de (S/n) colocou a bebe sobre os braços de minhas esposa.

“Será que você poderia tirar uma foto para mim?” Perguntei tirando meu celular do bolso. Ela acenou positivo para mim e eu entreguei meu celular a ela.

Abaixei-me para ficar do tamanho de minhas esposa junto a minha filha e sorri para câmera.

 

MESES DEPOIS

“Olha a sua cara de bobo Niall” (S/n) falou olhando para uma das fotos do álbum do nascimento de Olivia. Olhei para a foto e ri de mim mesmo. Olivia estava em meus braços e eu sorria calorosamente para câmera.

“Olha todo mundo junto nessa” (S/n) chamou-me novamente. Era a foto onde estava todos os nossos amigos na frente do hospital logo após (S/n) e Olivia terem alta. “Ficou tão linda” Ela disse sorrindo

Continuamos vendo as fotos.

“Olha a nossa primeira foto” Falei apontando para a foto tirada assim que a enfermeira colocou Olivia nos braços de (S/n). “Essa foto ficou tão linda” Falei olhando para (S/n). Ela pegou a foto da minha mão e sorriu.

“Suas caras são as melhores, Niall” Ela falou rindo

“Qual é, Amor! Eu tinha acabado de ver minha filha” Revirei os olhos e tomei a foto da mão dela.

“Eu sei!” Ela riu nasalado “Estou querendo dizer que você estava fofo nas fotos, não estou zombando de você” Puxou-me para perto de depositou um beijo na minha bochecha. “Eu te amo, obrigada por ter me dado a coisa mais preciosa que eu tenho” Falou segurando meu rosto, fazendo-me olhar para ela.

“Eu que agradeço!” Selei nossos lábios rapidamente. “E eu também te amo” Sorri. “Juro que pensei que você iria morrer no dia que Olivia nasceu” Gargalhei e ela olhou para mi perplexa.

“Por que?” Encarou-me séria

“Por que você não parava de gritar!” Ri alto.

“Seu idiota” Pegou uma almofada e bateu com ela na minha cabeça. “Estava doendo” Ela riu batendo com a almofada em mim

“Eu sei” Coloquei as mãos em seus braços tentado faze-la parar. “Essa é a consequência de deixar entrar, na hora de sair dói” Falei e levantei rápido gargalhando.

“Você é um idiota” Ela lançou a almofada em minha direção gargalhando junto a mim.

“Eu sou o que?” Falei indo até ela

“Idiota” Falou rindo. Sentei-me sobre seu colo e selei nossos lábios. As coisas começaram a esquentar.

E Olivia chorou.


“Filha…” Falamos em uníssono.


——————————– FIM ————————————

CAT :)

the only way I can describe the 1d fandom is that scene from mean girls where that boy is standing in the hallway in the midst of chaos calling his mom saying, “mom can you pick me up I’m scared”

pregnant?

You couldn’t sit still. You were playing with your fingers, biting your nails, running you hand through your hair, twirling your gorgeous engagement ring around your left ring finger; pretty much doing anything to get your mind off of what was about to happen. You were anxious. Oh, you were so anxious. Harry was on his way, he had just texted you about ten minutes ago, saying he was almost there. So there you were, sitting in your’s and Harry’s living room. The TV was on, but you weren’t watching or even paying attention to whatever pointless show was playing on whatever channel was on. Just when you thought the anticipation was going to get the best of you, the door to your apartment opened. Your breath caught in your throat.

“Hey, baby. I got caught up at the studio and left as soon as I could. What’s up?” He hung his coat on the rack near the door and looked your way. His expression changed to worry once his eyes landed on your face. “What happened? Are you okay? I swear Niall and I didn’t put another turtle in tub. That was a one time thing-”

“It’s not that, Harry.” You said, reminiscing on the time when you went to go take a shower and found a turtle sitting in the tub. Niall and Harry found it sitting in the middle of the road, and thought it would be a great idea to bring it home. You were nearly scared to death.

“Then what is it, Y/N? Did I do something wrong?” He asked tentatively. 

“I have to tell you something,” you said. “Can you sit?” 

“Yeah, sure.” He said, sitting on the couch next to you. “What is it?”

You took in a deep breath. “I know we said we wanted to wait a few years to do this …” He eyed you cautiously. “But, I’m pregnant. We’re pregnant.” You let out a breath you didn’t realize you were holding as the words tumbled out of your mouth. You felt so exposed, so open.

His mouth dropped open, and for a while he just stared at your stomach, not fully comprehending the words you just said. He stared on and on, almost like he expected you to be as big as a house already. “Pregnant.” He whispered, almost not believing it. After another few moments of staring, he locked eyes with you. “Pregnant!” He exclaimed, standing up off the couch. He picked you up and spun you around. 

“You’re not mad?” You asked, once he put you down. 

“Why would I be mad? We’re having a baby!” He exclaimed, his eyes didn’t hold a glimpse of sadness. You smiled. Thank God he wasn’t mad. “How far are you along? How long have you known? Is it a boy or a girl?” He questioned you, and his excitement made you even more happy.

“I just found out this morning, and the doctor said I’m eight weeks along, almost nine. It’s too soon to tell the gender, but there is definitely someone in there.” You told him this proudly. The excitement in his eyes grew, and he pulled you into a tight embrace. 

“You’re going to be a great mum,” he said into you hair. 

“And you’re going to be a great dad,” you said, poking him in the stomach once he let go. 

He pulled you in for a passionate kiss. “I love you, so so much.” He told you.

“I love you more, Harry.”

You Tell Him You're Pregnant

You stared down at the pregnancy test with shaking hands. How would you tell Harry this?

You and Harry had been dating for almost two years now, and you loved each other dearly. You knew he was the one you wanted to marry, but you still weren’t sure if you were ready to have a baby. Nonetheless, if Harry was! He would be going on tour soon and you couldn’t go through the pregnancy on your own, and you were afraid that he wouldn’t be here for the birth or for most of the child’s life.

Woah, woah, woah. Thinking ahead too much. You told yourself in your head. You weren’t even sure if Harry would stay with you after you told him the news. You weren’t sure if he would, because he was still growing up and living his life, traveling the world. Though, so were you.

The front door opening snapped you out of your thoughts and your hands started to shake even more. It was time. You had to tell him sooner or later, and you decided to just get it over with.

“(Y/N)?!” Harry called for you through your shared house, his voice echoing against the walls.

“Hey.” You mumbled after trotting down the flight of stairs with the pregnancy test behind your back, the picture of the two pink lines imprinted in your mind.

“Hey, you okay?” His eyebrows furrowed at your quiet and sullen tone and he took a few steps closer to you.

“Um, I have to tell you something.”

Just get it over with, your mind told you.

“Yeah?” His eyes glanced down at the hands held behind your back and he looked back up at you with suspicion.

“I, uh, here.” You brought your hands forward from behind your back and placed the test in his hand. As he lifted his hand to look at the small piece of plastic, you anxiously chewed on your lip. In seconds, his eyes grew wide and he gasped. He looked up at you with tears already filling his eyes and he took a step back, making your fear him leaving you grow even more.

“Is this real?” His voice cracked and you sheepishly nodded, staring down at the ground. You looked up when you heard the pregnancy test drop to the floor, and he immediately rushed to you. “Oh my god, (Y/N)!”

He wrapped his arms around your body and you reacted in an instant by wrapping your arms around his neck when he lifted you up from the ground. “You’re not mad?” You asked quietly and he set you down, your body still engulfed by his.

“Mad?! No! Oh, baby girl, we’re going to be parents!” He stared brightly at you, a wide smile on his face.

“Yeah, we are.” You started to smile, and the idea of having a child with Harry started to grow on you.

•••••
Requests are open! xx.

-El