neuray

Irrelevante

Aaaai que milhões de formigas subiram no meu corpo e me morderam tanto que me deixaram pegando fogo pra meter uns dreads, uns piercings e umas tattoos - esteticamente falando. Suas vaquinhas, me deram até lombriga, o espelho ta mandando, a auto-estima ta daquele jeito - agora não esteticamente falando. Eita tara cachorra que percorre meu sangue como se fosse glóbulos vermelhos, vindo dos pulmões como se fosse oxigênio e palpitando minha cabeça como se fosse impulsos neurais. Só uma frase: VAI CAGAR! :D

Pensamentos organizados em vetores podem revolucionar a Inteligência artificial

Pensamentos organizados em vetores podem revolucionar a Inteligência artificial

Apesar de todo o tumulto recente sobre inteligência artificial, em parte alimentada por terríveis previsões feitas pelos gostos de Stephen Hawking e Elon Musk, houve poucos avanços nesse campo para justificar tal alarde. As redes neurais artificiais que têm causado tanta controvérsia são um produto dos anos 1950 e 60,…

View On WordPress

escolha

No meu primeiro ano de Psicologia, logo no primeiro semestre da universidade me deparei com uma aula de anatomia, foi fascinante. Sempre fui louco pelo corpo humano e curioso para saber como as coisas funcionam dentro de nós. Assim, a professora abriu um crânio, dentro do qual tinha um cérebro e era divertido ver as garotas gritando ou exclamando aqueles barulhinho que só mulher saber fazer (e alguns homens também), e de forma muito pedagógica, fui exposto ao que era meninge, lobos, cerebelo, enfim todas as partes anatômicas. Nas aulas seguintes, quandos as funções foram apresentadas e onde cada coisa acontecia ouvi uma expressão que com certeza ja teria ouvido diversas vezes antes mas que naquela tarde me chamou muito atenção: sinapses neurais. Resumidamente e de forma muito simples (e que os medicos perdoem minha simplicidade, mas algo mais complexo pode ser encontrado no Google) , sinapse neural é a conexão que é feita entre duas células através de algumas proteínas chamadas de neurotransmissores. Uau!  Não tinha idéia de como ter o conhecimento disso poderia mudar a minha vida. Aprendi que as sinapses neurais estão acontecendo constantemente em nosso cérebro e sendo registradas nesse arquivo infinito que é a nossa cabeça. Essas sinapses representam tudo o que fazemos, pensamos e somos. Desde que nascemos sinapses neurais estão acontecendo em nosso cérebro formando os seres humanos que somos como uma máquina que é programada. Somos literalmente uma máquina. Esse software das sinapses está rodando desde que nosso cérebro foi formado dentro ainda da barriga de nossa mãe. Desde lá informações estão sendo processadas, armazenadas ou deletas (na minoria das vezes). Isso é incrível.

Isso é fantástico porque nos dá muito poder.

Meu amigo João é um gênio da informática. Qualquer problema que eu possa ter com softwares ou hardwares (e tenho muitos pode acreditar, não sou nenhum pouco diferente de você), o João é capaz de resolver. Tudo com muita rapidez e precisão. E uma das coisas que ele diz é: Basta você dizer a ele (computador) o que é pra ele fazer que ele faz". Como se as coisas realmente fossem tão fáceis assim. Não são. Mas pra ele que sabe o caminho, sabe a programação, conhece os comandos, tudo fica bem simples, fácil.

Ser feliz é uma questão de escolha. Você pode dizer que estou ficando louco e que as coisas não funcionam tão simples assim, mas digo a você que são, sabe por que? Porque conhecemos como as coisas funcionam em nosso cérebro, é tudo uma questão de reprogramação. Concordo com você que reprogramar um software que passou 20, 30, 50 anos rodando sempre da mesma forma é uma tarefa dfícil, mas possível, pode acreditar. Muitas pessoas acham que não nasceram para ser feliz, que a vida se resume a ter um bom emprego, e quando você está inserido dentro do contexto da minha cidade que é Brasília isso significa passar em um bom concurso público, ter uma família teoricamente sem grandes problemas e aposentar-se com uma boa poupança no banco e um imóvel próprio que você levou a vida inteira para pagar. Para 99% das pessoas que forem indagadas o que é felicidade, as respostas girarão em torno dessas questões: grana e despreocupação. Não sei se isso irá frustar você mas dinheiro e despreocupação não tem nada a ver com felicidade. Felicidade é você ser o que nasceu pra ser!

Em minha segunda viagem ao Haiti após o grande terremoto de 2010 tive uma das grandes experiências de poder entender o que é felicidade. Era pastor em uma igreja no Sul da Flórida e tínhamos um convênio com a Convenção do Sul dos Estados Unidos para ajudar pequenas igreja no Haiti e nessa viagem nossa missão era refazer as bases de estrutura de uma das igrejas que ali foram construídas pois com o terremoto, as colunas haviam sido afetadas e precisavam de reparos. Após descermos no aeroporto de Port-au-Prince pegamos uma van (não sei exatamente se era uma van, pelo menos parecia que era), e andamos por volta de uma hora e meia até chegarmos a um vilarejo onde estava a capela que teríamos que trabalhar. Ao chegarmos lá fomos recebidos pelo pastor daquela comunidade que de primeira foi apelidado por mim e pelo grupo de jovens que estávamos juntos de “Pastor Sorriso”. Passamos cerca de 5 dias ali trabalhando, quebrando concreto, mexendo massa, construindo bancos de madeira e em todo o tempo o “Pastor Sorriso” estava com os dentes para fora. Aquilo me deixou encucado.

Quando tive uma folga dos trabalhos que estávamos fazendo resolvi saber um pouco mais sobre a vida daquele homem. O chamei num canto, pedi a ajuda de um tradutor de inglês para o crioulo (língua local no Haiti) e começamos a conversar. Aquele homem era casado e pai de 3 filhas. Separada por um pequeno corredor de terra batida (no Haiti 80% do chão das casas e igrejas em vilarejos são de terra batida quando não de cascalho) de uns 70 cetímetros estava construída a sua casa, ao lado da igreja literalmente. Tomei a coragem e liberdade de pedir a ele para conhecer o lugar. Pasmem, era um galpão com aproximadamente 2 metros de altura, 4 metros de largura por 15 metros de cumprimento. Ele dividiu esse lugar em 03 partes. A primeira parte (4x5), funcionava uma creche para crianças que haviam perdido seus pais no terremoto, essas crianças viviam com seus familiares mas passavam o dia todo ali naquela “creche”, onde podiam comer, beber, aprender e descansar. Na parte do meio era sua casa, (4x5) onde ele vivia com sua esposa e 3 filhas e a terceira parte era um quarto que ele alugava para angariar fundos para manter a creche. Esse era o homem que durante 5 dias que estive no Haiti não tirou o sorriso do rosto. Tive  a ousadia de perguntar a ele se ele era feliz ali. Sabe qual foi a resposta: “Sim Fernando, sou muito feliz porque escolhi fazer isso e não consigo imaginar minha vida de outra forma a não ser ajudando outras pessoas”.

No Haiti após o terremoto e com as milhares de ajudas que vieram do mundo inteiro, o povo ficou meio paralisado. Claro que não tenho como mensurar o sofrimento daquelas pessoas ao verem suas famlias e casas serem destruídas em 13 segundos e entendo perfeitamente essa reação de “Vocês precisam nos ajudar”, isso é completamente justo, mas não para o “Pastor Sorriso”. Ele reprogramou o software, para ele a felicidade não iria depender de nenhuma ajuda externa ou de ninguém que pudesse passar um verão ajudando-o com as crianças órfãos, sua felicidade dependia exclusivamente da sua escolha, vou ser feliz nesse caos, talvez não tenha sido extamente daquela forma que ele esperava ter o seu casamento e criar suas filhas, mas uma convicção ele tinha, seriam felizes.

Você tem hoje o poder de escolher ser feliz. De reprogramar o seu software e mudar sua maneira de ver a vida. Fatores externos não podem e não serão determinantes para sua felicidade, acredite nisso. Se você levar a sua vida achando que dinheiro e estabilidade em qualquer área da sua vida irá lhe trazer felicidade, pode acreditar, em algum momento virá um terremoto, e eles vêem mesmo e você terá que lhe dar com a “tragédia” e se o software, se as sinapses que estiverem rodando não forem a da escolha incondicional de felicidade você irá desmoronar. Não espere isso acontecer, decida hoje, comece hoje! Como começar? Apenas deixe isso incomodar seus pensamentos a partir de agora. Quando digo incomodar não é de forma negativa, mas passe a observar sua vida dessa perspectiva: Vou escolher a felicidade!