nave

Bilhete

Ela deixou um bilhete dizendo que ia sair fora. Levou meu coração, alguns CDs e o meu livro mais da hora. Mas, eu não sei qual a razão, não entendi porque ela foi embora. E, eu fiquei pensado em como foi e qual vai ser agora.
É, que pena que você foi embora, pra mim tava tão bom aqui, com a nega mais teimosa e a mais linda que eu já vi. Dividindo o edredom e um filminho na TV. Chocolate quente, meus olhar era só pra você. Mas cê num quis, eu era mó feliz e nem sabia. Bejin de caramelo que recheava meus dia, no sorriso matutino, bom dia, paixão. A boca sabor café, sua cachorra lá no colchão, pulando.
A noite nós varava até às seis, sem despertador; levanta aí amor são mais de 3, da tarde. Ouvindo os pancadão lá do vizinho, te ajudando a lavar louça e o Jill Scott bem baixinho. Enquanto cê tomava banho, falando sobre a vida, irritando sua cachorra nós dividia as mordida entre as almofadas, abraçados e quieto sem pressa, trocando cartinha e uns carinho cheio de promessa.
Eu te dei amor e um canto no meu coração, mas todo esse encanto não muda a situação. Pensando o que que iria ser daqui pra frente, não sei se perdemo tempo ou se o tempo se perdeu entre a gente. E ó, que engraçado, achei que ia ser pra sempre e vi que eu sempre tive enganado. Então faz favor, não esquece seu orgulho. Quer ir embora? Pode ir, mas devolve meus bagulho!
Meu quarto pede sua arrumação, minha camisa seu cheiro. Metade de mim foi, já não me sinto inteiro. Me deixou um bilhete escrito: “Eu nunca vou te esquecer, nem tudo aquilo que foi dito.”. E ela foi assim, sem dó de mim, deixou meu toca-disco e um DVD do Chapolin, mesmo sabendo que eu prefiro Chaves, e as guloseima Fini ela me deixou só três. Ah, eu tenho que rir pra não chorar, tentando te esquecer mas eu só consigo lembrar. Não sei se outra preta vai tomar o seu lugar, mas com tantas opções eu acho que vale tentar.. até por que você já tá em outro lugar. Comigo cê nem deve mais se importar. Então faz favor, vê se esquece de mim.
E o fim da nossa história foi assim.


Rashid (part. Luccas Carlos)

“Alien pizza” (2015)

Los viajes de hora y media en metro hasta el trabajo me dieron muy de sí…


—————–

“Alien pizza” (2015)

I had some inspiration while I was going to work (one hour and a half of way) these past days… soon more drawings!