n-consigo-escrever

5

Ele não é normal, isso eu garanto. Mas ele é um tipo de louco que vai te atrair pra perto, e ainda consegue acabar com essa distância toda. Ele é daqueles que você se apega fácil, e logo tá lá, feito boba rindo das piadas sem graça que ele faz. Ele é desses que vai rir da sua queda e depois vir correndo tentar te ajudar. É o que vai falar o que você quer e não quer ouvir, e fazer de tudo pra tentar te ver feliz. E quando eu estou mal, é o colo dele que eu quero, e preciso de suas palavras pra ficar bem. Eu confio inteiramente nele, e é pra ele que eu quero contar como foi o meu dia, minhas aventuras esperando ele dizer: ‘Nossa, como tu é retardada.' Contar pra ele alguma coisa lógica, é totalmente impossivel. Mas é eu gosto disso, gosto dessa proteção, gosto da risada contagiante que ele tem, dos nossos apelidos idiotas, do tanto que ele me irrita e do quanto eu me sinto bem. Eu me apeguei totalmente a ele, a seu jeito idiota. E principalmente, a forma que eu sinto quando estou ao lado dele. Eu precisava de alguns sorrisos, e ele estava lá pra me fazer sorrir quando não havia mais motivos, eu precisava de carinho e ele tentava me mostrar o quanto eu sou especial. Eu estava com um coração partido, e ele estava lá, pronto pra socar quem me fez mal. Ele é um dos poucos que se importam, e um dos poucos que me fazem sorrir. Ei superman, eu te amo.(nofearsnoheart for ihavealwaysloved)

Já pensou que quando eu não falo com você, eu posso estar esperando você falar comigo? Não é só você que precisa de atenção. Eu também preciso. Não sou só eu que tenho que lembrar de todo mundo. As pessoas também precisam lembrar de mim. O erro de muita gente é esse: O egoísmo de viver pensando só nas suas necessidades, sem lembras das dos outros. (vicksecrets)

Eu odeio quando você marca alguma coisa comigo e não vem. Odeio quando me deixa em segundo plano. Odeio quando me troca por coisas fúteis. Odeio também quando você vai para algum lugar que não me avisa. Odeio quando você não faz uma ligação pra mim ou manda uma sms. E, odeio mais ainda quando você some. É verdade. Eu odeio quando você passa dias sem vim até minha casa. Odeio quando eu não te vejo. Você sabe como eu sou e que odeio ficar longe de você… Mas, mesmo você sabendo o quanto não suporto a distancia entre nós, você o faz. Enzo caramba, coloque na sua cabeça que eu odeio estar/ficar longe de você! Cara, e pra fazer a verdade, eu tenho vontade de te matar nesses dias. Sério mesmo. Quando te digo isso, você apenas diz que é mais um dos meus draminhas e que o meu problema é excesso de mimo. Mas não é não! É vontade de você, só isso. Só você que não percebe, sabia? Todo mundo já percebeu o efeito que você causou e vive causando em mim… Até minha mãe vive falando por aí que eu estou apaixonada e que te amo de verdade, porquê até ela percebe como eu fico nos dias que você não vem e sequer dá sinais de vida. E ela diz mais que se eu continuar assim, irei enlouquecer e eu apenas digo que não é bem assim… Só que na verdade eu sei que ela está mais do que certa. As vezes até eu mesma penso que já estou enlouquecendo. Que louco isso. Loucura. Tá aí o que você causa em mim, ou já causou. Nossa, já estou falando coisas sem nexo… Mas sabe por que estou falando isso tudo? Porquê é mais outro dia que você diz que vai vim me ver e não vem. É outro dia que você me deixa de lado e não liga para avisar o motivo de não vim. E, consecutivamente é mais outro dia que sinto vontade de te matar. Você tá lá não sei onde e eu estou aqui a te esperar sem saber se você vai vim ou não, e cara eu odeio muito tudo isso.
—  Enzo e Sophia - Laiza, (invulnerar)

Eu não consigo mais escrever. Deve ser por que são tantos sentimentos, que não consigo passar para o papel. Você fala que eu não escrevo mais textos pra você, mas basta ficar em silêncio total, que você vai conseguir ouvir meu coração, e ele diz tudo o que eu não consigo expressar. Ele diz que se já se recuperou de todos os tombos e machucados do passado. Diz que se eu não for feliz com você, não serei com mais ninguém. Diz também, que independente de todos ciúmes e brigas, nosso amor resiste até aos mais intensos furacões. Eu sinceramente não sabia que era capaz de amar normalmente. Achei que tinha me tornado um completo ser insensível. Mas você tirou de mim coisas que nem eu sabia que tinha. Não sabia que tinha a capacidade de precisar, sentir tanta falta e desejar pelo menos sentir o cheiro de alguém. Todo gelo que era o meu coração, você com todo o seu calor, fez ele entrar em completa ebulição, como se ele fervesse á cada vez que sente o seu corpo perto do meu. As borboletas trafegam descontroladamente em meus estômago cada vez que você me envolve em seus braços e toca os seus lábios nos meus, como se fosse a primeira vez. Passam-se os dias, os meses, e eu me vejo completamente em suas mãos. Você me tem, como nunca ninguém me teve antes. De corpo, alma e coração aberto e palpitante. O coração palpitante que diz em meio as suas batidas, que todo o meu amor, é completamente seu. 

endorfinar

As palavras são sempre todas clichês. Todo mundo é clichê. Todo mundo diz a mesma coisa em palavras diferentes. A maioria das pessoas tem os mesmos sentimentos. E a verdade, é que sempre tem alguma coisa clichê. Mas no fundo, todo mundo gosta de ouvir algo do tipo "eu vou cuidar de você", inesperadamente.
—  Katryn Silva.
Me deparo entre meu quarto e os livros que tenho, vejo que diante de tantas palavras as minhas eu não vejo. Tento escrever mas só tento mesmo, sabe? Sabe mesmo? Então me explique porque não consigo escrever! Por que as palavras não querem sair de mim? Eu não devo ser um recipiente tão bom assim, com certeza há melhores. Então por que elas não saem? Palavras apenas? Claro que não! E porque me pergunto tanto? Não sei! Se soubesse me responderia, ora bolas. Por que sou recipiente? Por que por quês? Lerão minhas palavras assim que sairem, se sairem? E se sim elas deveriam querer ser lidas. E por que não saem?
—  Gustavo Amancio

"Dentro dessa confusão que a vida traz, me vejo sem rumo. Cigarros pela metade me definem, depois de anos me vejo dentro do mesmo filme. Estou perdido em mim mesmo, travado, alucinado e louco. Não, eu não estou dizendo que vou desistir de tudo, ou que a vida é uma droga ( por que ela é ), o que eu quero que você entenda é que foi você quem me deixou assim, é pela falta que eu tenho de você que não consigo escrever uma frase sequer sem que meus olhos se encham, é por culpa sua que deixei de lado todos os meus sonhos. Vai lá, diz que penso apenas em curtição, que sou um cara sem coração, só mais um clichê, um belo dum refrão. Afinal, você está certa ! Eu encontrei o botão de desligar e me des liguei de tudo, de todos e até de mim mesmo. Mais vê se acorda mulher, até um cego vê, até o mudo diz, o próprio surdo ouve, eu sou seu e de mais ninguém." - Não da pra desligar o amor.

Thais Lancman


Para mim o ideal seria escrever à noite, mas sou uma pessoa matutina. Acontece, então, que às vezes sacrifico um dia inteiro de produtividade por ter escrito umas poucas páginas de manhã, ficando sonolenta e mal-humorada. Escrever para mim é uma atividade mentalmente exaustiva e pouco prazerosa enquanto ela ocorre, a satisfação vem depois. Como diria Dorothy Parker, ídola procrastinadora: I hate writing, I love having written. Por isso gosto de metas, desde que facilmente alcançáveis. Mil caracteres por semana, terminar determinado conto em um mês.

Não consigo escrever com muito barulho, mas não me incomodo que tenha mais alguém em casa ou no mesmo cômodo. Vez ou outra, ouço música instrumental (não quando estou revisando). Sou adepta da técnica Pomodoro: 25 minutos de trabalho e 5 de descanso, e nesses intervalos bebo água, como alguma coisa e vejo as redes sociais. Frequentemente são mais que 5 minutos de descanso, mas tudo bem.

Acho que o ato físico da escrita é uma parte importante do processo. É muito ruim quando a cabeça está a mil e as mãos não correspondem, por isso começo escrevendo alguma besteira, uma ideia futura que dificilmente vinga, preciso de um aquecimento, algo que me coloque no ritmo para então caminhar no que estou trabalhando.

Quando escrevo, sempre em casa, nunca na cama, sinto como se estivesse montando um quebra-cabeças, pois vou convertendo pedaços de diagramas (esses sim feitos em ônibus, cafés, durante uma sessão de cinema) em narrativa. A escrita é uma atividade mais fria e metódica do que imaginava ser, talvez por isso com frequência eu me assusto com o resultado, quando volto a ele dias depois, parece algo feito por uma máquina, não por mim.

Os diagramas que antecedem a escrita passam por um processo totalmente diferente. São feitos à mão, passados à limpo diversas vezes e costumam levar meses para se solidificarem. Para cada projeto, um caderno, em cada caderno, diversas versões do mesmo diagrama. Envolvem referências em músicas e filmes, ideias soltas, cenas que farão parte da narrativa. A história nasce desse gráfico, primeiro em algumas frases, depois em um roteiro tosco e, quando não posso enrolar mais, ela ganha corpo.

_____________


Thais Lancman nasceu em 1987, em São Paulo. Jornalista de formação, já ensaiava desde o início da faculdade a partida rumo à ficção, embora tenha concluído o curso e trabalhado durante três anos como repórter. Hoje, além de escritora, estuda o autor americano Saul Bellow. Em 2014, Thais publicou a novela Palito de Fosfeno, seu primeiro livro. Thais ainda ocupa o seu tempo como bailarina de dança contemporânea e fazendo pão, com amor e dedicação inversamente proporcionais ao talento.

´E sempre um sabor muito agridoce na alma quando eu não consigo escrever por algum tempo. Sabe, pra qualquer autor inspiração é fundamental. E por mais que a gente floreie, e coloque corações pingados nos ‘is’,  a idéia tem que ter saído de algum lugar. E por isso o amargo quando eu travo. Significa, meu amor, que não tem lugar nenhum pra sair. Não tem mais de onde espremer. Os sentimentos que outrora pipocavam frases rebuscadas na minha frente, hoje só morrem. E eu tento, eu sempre tento muito, me segurar a qualquer um que ainda me faça bem, porque você bem sabe, meu bem, que não tem nada mais triste que copo ou coração vazio. 

Pensando bem, acho que não tem nenhuma doçura com coração e papel em branco. Há tempo demais que não tem sofrimento por aqui e meus textos andavam tao cheios de sentimento. Não tem nada melhor no mundo que sentir sem doer. Saudade que nao dói. Choro que nao dói. Isso eu aprendi. Nao ha nada que valha a dor, e que tudo vale, no amor.

E chega o dia que uma das pessoas que você mais ama no mundo, faz aniversário, e você está muito maguada com ela, que só em lembra,chora, porque tu é sensível pra caralho, e você não queria da parabéns,mais algo diz, vai lá, diz parabéns, e lá vou eu, digo feliz aniversário, e todos aqueles clichês,  mas no final, eu não consigo escrever EU TE AMO, porque a ferida dói demais dentro de mim
Não consigo escrever-te sem derramar todas as minhas lágrimas. Choro por saber que nunca irá ler, por saber que minhas palavras jamais serão capazes de alcançá-lo. A pouco tempo entendi a diferença de dois sentimentos que confundimos, a falta e a saudade. Falta é sentida quando há um vazio, a necessidade de haver um preenchimento que supra uma alma. A saudade é simplesmente quando houve amor, quando não há o que ou quem que substitua em qualquer hipótese o que foi vivido. Meu grande amor, minhas palavras são pequenas e impotentes, mas a falta e a saudade que sinto de ti são infinitas…
—  Ao meu velho/Inviabilizando

subtraindo-dores asked:

Sabe o seu sorriso? O meu maior motivo de continuar bem. Guria, valeu por aparecer na minha vida. 💚

O maior motivo da minha felicidade foi ter encontrado você numa dessas voltas que o mundo dá. Me fez melhor, me tirou os melhores risos, me fez chorar… De rir. Me fez querer continuar. Olha, eu não tenho palavras pra expressar o quanto você mudou minha vida, o quanto me fez melhor.
E não consigo mais escrever porque to chorando, eu te amo agora e pra sempre!

Bloqueio mental

Muitas vezes lendo textos de alguns escritores que tenho grande afeto vejo eles chegarem ao momento que tem o terrível bloqueio mental, sempre imaginei que isso é uma gigantesca frescura, que não passavam de velhos preocupados com a promoção de viagra e que apenas estavam sem colhões para escrever, “malditos… velhos que já viveram tanto e não sabem o que passar para o papel, para escrever precisa ter espírito e os espíritos deles envelheceram tanto quanto a sua carne” pensava…
Até que o tão terrível dia me chegou, EU É QUE NÃO CONSIGO ESCREVER mais nada de que preste. Tento de diversas maneiras, mas nada que preste saí, tudo descartável, tudo lixo. Resolvi então deixar de escrever por um tempo, precisava solucionar o por que da coisa, qual era a engrenagem q nao estava colocada de forma correta. Simplesmente comecei a observar, e de tanto olhar tudo q me causaria mal vi que tudo me causa mal e conclui que isso me deixava impossibilitado de escrever. Ao acordar sou bombardeado com informações de mortes, violência e que o país está na merda. Ao ir para o trabalho me sinto como um judeu indo para o campo de concentração ( todos cabisbaixos e calados seguinte na mesma direção de forma continuada)
Ni serviço todos queremos nos dar bem ferrando com a vida dos outros. Eis aí a cidade dos corações partidos, como escrever numa cidade como essa? Não é a toa que os velhos acabassem sem o espírito para a coisa, em um local como esse é raro alguém que tenha espírito.
É cazuza, eu concordo contigo:
Só vai haver poesia, quando não houver burguesia.

2

Senhor já não sei mais o q fazer, até Com meu pai conversei nem Ele conseguiu me ajudar Eu amo esse menino e muito quase me matei hj.. e ainda to Com essa vontade mas me disseram pra Eu ir compor mais uma de muitas músicas mas nem isso me ajudou ao chegar aqui e ver Ele falando da ex dele.. Ele pode tar magoado ferido mas não é só Ele.. Eu já não consigo escrever sem dxar de chorar.. pq isso machuca muito 😖❤🔪🔫💔 Nunca me Abri como vou fazer agora.. Eu fiz merdas? FIZ e muitas.. se Ele tava disposto a recomeçar pq ainda fica ao passado? A própria palavra diz recomeçar…. algo Novo ou seja o antes é Página virada.. Ele não me deixa provar na real o q sinto.. e Ele só tá me jogando pedra.. fiz errado Sim e já paguei por isso.. Eu não aguento.. não tenho mais o meu morenuh na escola ficam rindo de mim do meu problema..todo dia.. choro escondido e muito na escola… cara Ce não sabe o quanto isso é ruim o quanto isso me deixa mal.. o quanto dói e o quanto tá doendo agr… JÁ NÃO HÁ MAIS CORAÇÃO As lágrimas Em meus olhos Teimam Em cair Não ligo para o que pensarem Só sei que agora Tudo tanto faz Como fazer Você enxergar Todo o amor que tenho a dar Amor de verdade É só uma vez na vida Sinto Em mim ser real E de uma forma tão natural Deixar o tempo cuidar de tudo Parece ser a melhor opção Tudo na vida tem sua Hora certa Mas e como fica meu coração? Queria ter a inocencia de uma criança Pra jamais viver de ilusão e esperança Ângela Alves. 26.02.15 Meu coração tá começando a congelar… Ainda Te Espero.. Só me faça um favor se realmente tá querendo sua ex.. me avise pq já não aguento mais sofrer Se Eu passar mais mal acabo tendo q ir a um hospital.. de Boa tá doendo mesmo… doendo de dor meeesmo aquela dor q Só de encostar até ficamos azul… - Meu Eu que ta destruido.. ! Esperança é. A ultima que morre.. então.. senhor mostre a Ele como to.. que toda disposta a qualquer coisa pra te-lo e cuidar dele.. Por favor Te amo Alan Obg Deus 😘