mundodeumaadolescenteestranha

Ele achava que tudo tinha acabado? Como ele poderia pensar isso? Depois de tudo o que passamos! Ele é o meu universo. Pelo menos era, quando ainda estávamos juntos. Por que tudo isso tinha que acabar? Nós não poderíamos ter um final feliz? 

Já se passaram anos e te ver ainda se torna doloroso. Porque, por mais que eu odeio admitir, você é e sempre será o meu universo, o meu cosmo, o meu ponto seguro. O meu maior “E se?…”

Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa. Existe uma quantidade infinita de números entre o 0 e 1. Tem 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e 1 milhão. ALGUNS INFINITOS SÃO MAIORES QUE OUTROS. Há dias, muito deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto limitado. Queria ter mais números do que provavelmente vou ter.
— 

A Culpa é das Estrelas - John Green