mulheres perfeitas

Ela não vai te cobrar nada. Não vai te ligar o dia inteiro. Não vai dar ataques de ciúme. Não vai achar ruim se você tiver amigas. Não vai ligar se você for pra balada sozinho. Não vai perguntar se você a ama. Mulher perfeita? Não. Mulher que não gosta de você.
—  Isabela Freitas.
Se você rejeitá-lo agora, ele fará a missão da vida dele ser encontrar a garota mais perfeita do mundo só para tentar te esquecer. Ele acabará casando com essa outra mulher e passará o resto da vida dele com ela. E ele dirá a si mesmo, que ela é perfeita e ele deve estar muito feliz, mas ela não será você sabe?
—  Simplesmente Acontece.
Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, eles estão errados… Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore.
—  Machado de Assis.
Status p/ wpp: Hungria

🔹 Dose de prazer e de segundas intenções. 🍸🔞
🔹 Você apareceu, a química bateu, o clima esquentou. 😏🔞
🔹 1 é ímpar, 3 é ímpar, mas nós 2 é par. 💑👌🏼
🔹 É mulher de postura, a verdadeira dama. 🔝
🔹 A vida é uma só pra se arrepender. 💥
🔹 Comédia faz minha fama, valeu de coração, falando mal de mim já faz divulgação. 👌🏼👏🏼
🔹 A vida é muito curta e eu nasci foi pra zoar. 🍃💨
🔹 Veio na medida certa, a dose perfeita. 🍷👠
🔹 Ninguém sabe do amanhã, vamos viver o agora. 🍃
🔹 Existe mais de mil lugares pra gente se perder. 😏💏

350 seguidores yaaaaay

masterpost com users bios e uns negocinhos gays pra por no nome se usarem creditos no @answlo ou like agradeço

bios funny/zueiras

  • tão lindo o rosto
  • bem viados
  • só besteira
  • TURN DOWN FOR WHAT
  • toma vergonha na cara fofa,mico tour
  • piada é o espaço onde coloca tua foto no teu rg
  • ‘’sdv ou unf’’ me seguiu porque quis agora aguenta trouxa
  • eu rainha você nadinha
  • laxo lexo vc loxo eu
  • fofa caiu alguma coisa aqui no chão acho que foi seu nivel
  • sou obrigada? não sou

bios delas + quotes

  • não existe mulher perfeita,existe mulher que não conhece ally brooke
  • Coincidence, that’s all anything ever is. Just coincidence [lauren]
  • There’s no freedom like the freedom that comes from accepting yourself [camila]
  • lauren jauregui um demonio que entrou na minha vida
  • my sweet normani
  • dinah jane is my everlasting love
  • oh my gosh what happened to your finger? [ally]
  • no but really,she wants Camila,bah felicia lol  [dinah]
  • Hey I’m Normani and I’m just like you [normani]
  • camila cabello,tão lindo o rosto

SIMBOLOZZZ

웃 ღ ♥ ♡ ❤ ❥ ❦ ∴ △ ∞ ☆ ★ ✖ 。◕‿◕。 ® ™ ☏ ℡ ゚ ✤

❝ ❞ ✥ ✦ ✧ ✩ ✫ ✬ ✭ ✮ ✯ ✰ ✱ ✲ ✳ ❃ ❂ ❁ ❀ ✿ ✾ ✽

♆ ✼ ✻ ✺ ✹ ✸ ✷ ₪ ❃ ❂ ❁ ❀ ✿ ✾ ✽ ✼ ✻ ✺ ✹ ✸ ✷

✶ ✵ ✴ ❄ ❅ ❆ ❇ ❈ ❉ ❊ ❋ ❖ ▲ ▼ △ ▽ ⊿ ◤◥ ◣◥ ●••●

➹ ◎ ☁ ☀ ☃ ☂ ♣ ♥ ☼ ♀ ♂ ♦ ✗✘✚ ✪ ✣ ✤ ✥ ☠

♦ ♠ ♥ ♣ ♢ ♤ ♡ ♧ ☽ ☾ ● ◯ ☚ ☛ ☜ ☝ ☞ ☟ ✌

☼ ☀ ❂ ☁ ☂ ☃ ☄ ☾ ☽ ❄ ☇ ☈ ⊙ ☉ ℃ ℉ ° ❅ ✺ ϟ

uns users pra vcs

  • camrenatics or CAMRENATlC
  • nwrmannikordei
  • brooketadas
  • bahfeliciaIol
  • jaureinada
  • cabeyors

negocios pra vcs porem no seu nome pra deixar meio sapatone

  • ♕ (seu name)♕ 
  • *♡* ☁(seu name)*♡* ☁
  • ☾☆∞(seu name)∞☆☾ 
  • 頹衙(seu name) 頹衙
  • ☼ϟ❝(seu name)❞ϟ☼
Ela seria a mulher perfeita para quase todos os homens. Doce, carinhosa, atenciosa, engraçada, ousada nos momentos certos, um sonho para muitos olhares. Só que seu único ponto fraco é seu coração, que se apega a quem não sabe lhe cuidar.
—  Bia Maria, adesejar.

Especial de aniversário!

•Faz um q ela tá com ciumes dele por ele ter ficado cv com um mulher, e ela para de falar com ele e ele vem todo manhoso e carinhoso ( parte hot)


Anne e eu havíamos combinado de fazer um almoço para toda a família comemorar o aniversário de 23 anos de meu namorado Harry, a ideia era genial, reunir todos os parentes que ele não via a anos seria perfeito, realmente Harry ficaria muito feliz.

Conheci Harry em uma casa noturna onde tínhamos amigos em comum no local, de cara senti uma atração pelo moreno de cabelos compridos que se mostrava não tão socializado com o local.

Harry tinha cara de homem sofisticado, de um estilo próprio e bem elegante, seus cabelos eram seu ponto forte para mim, realmente fiquei encantada com aquele ser. Logo começamos a conversar e quando me dei conta já estávamos nos beijando, e que beijo era aquele.

Já estamos juntos há três anos, e posso dizer que foram os melhores anos da minha vida, como meu namorado é um cantor mundialmente famoso, isso faz com que muitas mulheres o desejem e confesso que sinto um pouco de ciúmes, mas quem nunca?

Já estava tudo pronto para a festa, vários parentes já haviam chegado, Harry estava com o sorriso de orelha a orelha, é muito bom ver quem a gente ama feliz assim.

- (S/N), daqui a pouco minha irmã Tyna está chegando, queri que você a conheça!- Anne disse sorrindo animada.

-Vai ser um prezer poder conhecê-la!- sorri da mesma forma.

Me sentei uma mesa onde minha cunhada estava sentada e começamos a conversar sobre nossas vidas, trabalhos, essas coisas, escutei Anne me chamar e logo me levantei ajeitando meu vestido.

-Sim Anne!- sorri para ela.

-(S/N), essa é minha irmã Tyna, que eu havia te falado!- Anne me apresentou a mulher sorridente ao seu lado.

-É um prazer te conhecer Dona Tyna.- estendi minha mão para cumprimentá-la.

-O prazer é todo meu, ouvi falar muito bem de você linda!- ela era um pessoa muito legal.- Essa é minha Giulia!- uma bela moça apareceu ao seu lado.

-Olá (S/N), muito prazer!- ela era linda, seus cabelos louros caiam perfeitamente em seus ombros, olhos verdes penetrantes e um corpo de dar inveja a qualquer uma.

-Olá Giulia, é muito bom te conhecer.- forcei meu melhor sorriso.

-Vou falar com Harry, faz tempo que não nos vemos!- assenti e a acompanhei com o olhar até onde meu namorado estava.

Me senti desconfortável com a aproximação dos dois, afinal eu sou bem ciumenta, talvez por medo de perder meu namorado para outra mulher.

Durante toda festa Harry e Giulia não se desgrudaram, sempre conversando, rindo como se existisse somente os dois no local, o que me deixou bastante incomodada com a situação.

-Harry, vamos embora, não estou muito bem.- menti com a intenção de tirá-lo de perto da linda mulher ao seu lado.

-Espera só um pouco amor, estou conversando com a Giulia.- ele sorriu para ela.

-Harry eu prometi que ficaria com a Avery essa noite.- tentei convencê-lo.

-Só um minuto amor, ela não deve nem estar lembrando disso. - ele disse rude.

-Ela é minha filha Harry! - falei e me virei entrando na casa de minha sogra.

Liguei para minha mãe avisando que não poderia ficar com minha filha hoje, o que segundo ela deixou minha garotinha bem triste o que consequentemente me fez ficar acabada, me sentei em um dos sofás da sala tentando me acalmar um pouco antes de ir embora, sozinha.

-Anne eu vou andando, não estou muito bem.- tentei dar alguma desculpa que a fizesse acreditar.

-O que houve? Está sentindo alguma dor?- ela disse preocupada, me senti mal por ter mentindo.

-Só um pouco de dor de cabeça, logo passa!- me despedi de quase todos e resolvi voltar andando para casa mesmo.

Caminhado pelas ruas escuras comecei a pensar se realmente eu estava fazendo o certo em namorar um cara como o Harry, ele é lindo, gentil, o homem perfeito para toda mulher, será que logo eu merecia estar ao seu lado?

Um carro preto parou ao meu lado e não me dei o trabalho de olhar quem era, afinal eu sabia bem quem estava o dirigindo.

-Entra amor, está frio ai fora.- ele disse com uma voz doce.

Entrei no carro sem olhar para ele, encostei minha cabeça na janela e voltei a pensar em tudo, logo chegamos em casa e fui direto para nosso quarto.

-Amor, você está bem?- Harry apareceu no quarto e eu apenas assenti com a cabeça.

Entro no banheiro e deixo com que a água quente que caía do chuveiro molhasse minhas costas me fazendo relaxar um pouco.

Tudo estava me deixando confusa, eu sei que não deveria me preocupar com isso, afinal se ele não me amasse de verdade não estaria comigo, não?

-Posso tomar banho também?- me assustei com sua voz bem perto de mim.

-Claro.- peguei minha toalha de saí do banheiro escutando ele suspirar.

Me deitei na cama e me cobri, antes eu esperava terminar esse dia melhor que agora, escutei os passos de Harry no quarto e fingi estar dormindo.

-Me fala o que está acontecendo, o que você tem?- ele perguntou acariciando meus cabelos.

-Não é nada…- falei em um sussurro.

-Eu sei que tem algo de errado, não minta para mim.- seus carinhos continuaram.

-Eu só estou mal por não ter visto minha filha hoje.- tentei fazer com que ele acreditasse.

-Você sabia que talvez não a veria hoje, tenho certeza de que não é só isso.- suspirei e me virei para ele.

-Você me ama?- perguntei o encarando.

-Que pergunta é essa? É claro que eu te amo!- era possível ver a confusão em seus olhos.

-Harry, você tem 23 anos, é um homem lindo, gostoso, o sonho de consumo de qualquer mulher, enquanto eu tenho 27, sou mãe de uma criança de cinco anos que ainda por cima não é sua, o que você viu em mim?- perguntei com lágrimas nos olhos.

-Por que esse assunto agora?

-Só me responde Harry, eu vi você e sua prima hoje, ela tem sua idade, não tem filhos, ela parece ser perfeita para você! - limpei uma lágrima que insistia em cair.

-(S/N) eu não me importo se você é mais velha que eu, na verdade eu adoro mulheres mais velhas, não me importo de você tem uma filha, eu aprendi a amar a Avery como se fosse minha filha, mesmo ela não morando com a gente, não me importa quantas mulheres podem paracer “perfeitas” para mim, só existe uma que ocupa todo espaço em meu coração, e essa mulher é você minha princesa!- ele disse olhando em meus olhos. -Me desculpa por duvidar do seu amor, mas que eu não consigo me conformar que sou a mulher ideal para você.- sorri triste.

-Você é sim a mulher ideal para mim, é você que eu sempre vou amar!- sorri e nos beijamos.

Harry me deitou na cama ficando por cima de mim me beijando intensamente, minha mãos acariciava suas costas, enquanto as suas passeavam por todo meu corpo. Senti minha blusa ser puxada para cima, logo Harry a retirou e sorriu ao ver meus seios expostos.

-Eu não poderia querer alguém melhor.- ele disse antes de abocanhar meu seio direito.

Gemi com o contato de sua língua em meu mamilo, Harry mordiscava, chupada meu seio como se sua vida dependesse daquilo, chupões era depositados em toda região dos meus seios.

Levei minha mão até seu membro o a acariciando por cima da cueca o sentindo ficar mais duro, enfiei minha mão dentro se sua cueca e comecei a masturbá-lo de forma lenta.

Harry tirou meu seio de sua boca me fazendo gemer em protesto, o puxei para mim de forma com que pudesse o beijar. Nos virei na cama ficando por cima dele e fui fazendo uma trilha de beijos de seu abdômen até sua cueca,retirei a mesma bem devagar fazendo com que seu membro quase batesse em meu rosto.

Segurei sua base e passei minha língua em sua glande o fazendo suspirar, envolvi minhas mãos ao seu redor fazendo movimentos vai e vem junto com minha boca, Harry segurava meus cabelos ditando a velocidade em que ele queria, senti que logo ele iria gozar então aumentei a velocidade até que isso acontecesse.

Harry me colocou de quatro e arrancou minha calcinha de uma só vez, senti seus dedos em contato com minha intimidade me fazendo ficar ainda mais molhada. Senti sua língua em meu clitóris fazendo movimentos circulares me deixando totalmente louca, Harry sempre soube usar bem sua língua.

-Harry… por favor…- implorei para que ele acabasse com essa tortura deliciosa.

-Calma meu amor!- ele disse e introduziu dois dedos dentro me mim.

Isso foi o bastante para que eu gozasse em sua boca, senti ele se afastar um pouco e logo seu membro roçar em minha entrada, rebolei em sua direção a espera de mais contato.

-Anda logo com isso Harry! Minhas palavras foram o suficiente para que ele entrasse em mim de uma só vez me fazendo soltar um gemido alto, Harry sempre foi muito controlador, sempre estava no comando e dessa vez não seria diferente.

Suas estocadas ritmadas me faziam o querer cada vez mais, sentir ele entrando e saindo de dentro de mim era uma das melhores sensações possíveis.

Ele me virou de frente me fazendo deitar com as pernas abertas para ele poder se encaixar entre elas, o beijei com vontade tentando conter meus gemidos que mais pareciam gritos pelo imenso prazer eu estava sentindo.

Senti que poderia gozar a qualquer minuto e não me privei disso, deixei que o maravilhoso orgasmo me consumisse me deixando cega de prazer, Harry estocou mais algumas vezes e logo gozou me preenchendo com seu líquido.

- Obrigado por estar comigo minha princesa! - ele disse entrelaçando nossos dedos.

-Eu que tenho que agradecer por você ter entrado em minha vida, eu te amo Harry!- sorri e o beijei.

-Eu também te amo minha linda, para sempre!


Espero que vocês tenham gostado, me digam o que acharam do imagine!

Yasmim:)

E hoje o Homem mais feliz do mundo, sou eu. Porque a mulher perfeita Deus me deu. Eu vou estar com você minha princesa na alegria e na tristeza. Eu vou estar ao seu lado para sempre, te amarei eternamente.
—  UMA CARTA PARA O MEU AMOR ETERNO
Ontem eu fui estuprada.
Hoje, provavelmente, serei também se assim a sociedade permitir. Amanhã acontece novamente, tipo compromisso marcado, sabe? Um compromisso atormentador pelo qual não fui convidada, apenas irei e quem sabe quando eu voltarei?! Talvez hoje, amanhã, daqui uns meses ou nunca mais.
Fui estuprada.
Sim, me estupraram na esquina do barzinho onde eu costumava frequentar. Era um bêbado nojento, na mão direita possuía uma garrafa, na outra… covardia. Assédio sexual não precisa ser físico, aquele homem disse apenas cinco palavras que mesmo parecendo poucas, me deixaram arrependida de ter nascido mulher: “tá pedindo pra ser estuprada.”
Tava mesmo pedindo pra ser estuprada, sair às três da madrugada sozinho é coisa pra homem, não é mesmo? A noite tem um ar de liberdade, mas não foi feito pra mulher. Mulher foi feita pra ficar em casa de madrugada chorando por um covarde que assedia mulheres na saída de um bar. É claro.
Fui estuprada.
Ontem o ônibus na volta do trabalho estava lotado. Não havia espaço pra nada, isso ficava claro quando senti ele se esfregando em mim. Foi constrangedor, eu tentei gritar e pedir ajuda ao cobrador, mas ele riu. Fui estuprada duas vezes seguidas… E ninguém notou.
Culpa minha, óbvio. Peguei o primeiro ônibus que apareceu, podia ter ficado até tarde esperando e pegado o ônibus das 19:00hrs, enquanto deixo meus filhos em casa com o pai, pra chegar e ouvir “isso é hora de mulher tá na rua?” e seria estuprada novamente.
Culpa minha.
Fui estuprada quando passei em frente a um grupo de adolescentes e eles gritaram algo como “feia de rosto, mas é gostosa”, me senti um produto vencido numa loja qualquer “venceu há cinco dias, mas ainda tá bom”, foi engraçado, não é? Pois é, mas não quando se trata de assédio sexual.
Amanhã serei estuprada.
Exatamente quando abrir meus olhos pela manhã e dar de cara com o espelho. Estará tatuado na minha testa “tá pedindo pra ser estuprada” e isso só porque dormi sem sutiã. E então começa a fase mais difícil do meu dia, “essa roupa tá muito curta. essa tá grande até demais. batom vermelho “cor de puta”. rebolar até o chão, ter amigos homens, acordar de ressaca? não pode, coisa pra homem.“
Puta.
Vulgar.
Desequilibrada.
Mas eles tem razão. Sou mulher, isso apela ao assédio.
Fui estuprada juntamente com tantas outras mulheres, pois nosso grito é mudo e ninguém escuta. Enquanto o deles, provoca até eco: "QUEM MANDOU NASCER MULHER?”
Fui estuprada quando eles disseram “mulher por cima… só na hora do sexo.” Puxão de cabelo, tapa na cara, palavras ousadas? Vale até fora da cama.
Tira esse vestido curto, prende esse cabelo, troque o batom vermelho pelo rosa, engole o choro, aceita calada… Agora sim o mundo te aplaude de pé. Perfeita.
Santa.
Mulher de respeito.
Simplesmente porque se tornou um robô manipulado pela sociedade.
—  Nêssa.