msquote

So Magnus fixed you?“ Clary said. "Luke said—”

“He did!” said Isabelle. “It was so awesome. He showed up and ordered everyone out of the room and shut the door. Blue and red sparks kept exploding out into the hallway from underneath the floor.”


“I don’t remember any of it,” said Alec.


“Then he sat by Alec’s bed all night and into the morning to make sure he woke up okay,” Isabelle added.


“I don’t remember that, either,” Alec added hastily.


Isabelle’s red lips curved into a smile. “I wonder how Magnus knew to come? I asked him, but he wouldn’t say.”


He was a strange man, she thought, who’d taken the time to do what he could to save Alec even while betraying everyone—and everything—he’d ever cared about. "I don’t know,” she said.


He’s the High Warlock of Brooklyn, Isabelle,“ Alec reminded her, but not without some amusement.

—  City of Bones. “Cassandra Clare - [Mortal Instruments 01]”
Fico, namoro, caso, passo a vida toda contigo se for possível, eu te amo, eu só quero você, eu preciso de você, preciso de um ‘oi’ ou um simplesmente de um ouvir um suspiro seu, mas já não posso, não consigo, não conseguiria, pra dizer a verdade, nem tentaria, viver sem você.
—  Fico, Namoro, Caso…
Eu sei, que mesmo envelhecendo, vou me lembrar de ti, você foi meu refúgio, meu anjo da guarda, a minha sina, você me deu muito mais do que palavras, você me deu um novo motivo pra sorrir. E eu queria envelhecer do seu lado, com você, ainda sendo louco de amor por ti, e mesmo com cada dia que passasse, e minha morte chegasse mais perto, eu falaria, até o fim, euteamo.
—  Mesmo Envelhecendo. 
Com 16 anos achando que sabe de tudo, que sabe sobre a maneira certa de viver a vida e ser realmente feliz. Com 16 anos, sendo iludido por si mesmo feito uma criança que pensa que o mundo é perfeito.
—  Murilo Souza
Das minhas maiores loucuras, acreditar no seu tal amor por mim foi a pior de todas, mas creio que só aprende a ser feliz cometendo loucuras absurdas.
—  Murilo Souza
Tenho vontade de abrir a porta de casa e sair correndo, correr, correr até não conseguir mais, só pra provar a mim mesmo que não a lugar melhor do que meu cantinho em casa, lá no meu quarto.
—  Murilo Souza
. Ele chega perto dela, em estado tremulo, com o coração a mil por hora, e diz
- Preciso conversar com você…
. e ela faz um cara te espanto, de dúvida
- Conversar comigo? sobre o que?
- É sobre uma coisa muito importante…
- Então fale…
. ele se senta perto dela
- Bem…eu tinha escrito aquela carta pra você, e tinha dito que estava apaixonado por você, e que iria me afastar de ti, mas eu…
. ele abaixa a cabeça olhando paro o chão
- Mas não estou consiguindo me afastar de você, não estou consiguindo esqueçer você, eu estou com saudade de conversar com você, saudade de olhar pros seus olhos, saudade de mecher no seu cabelo, saudade de te xingar, te atormentar, saudade de te abraçar, saudade de te chamar de gorda, enfim…
. ele olha para ela, olha bem no fundo dos olhos dela
- Estou com saudades de você…
- Mas foi você que se afastou de mim, foi escolha sua, você tinha dito que o melhor seria você se afastar de mim, para não sofrer…
- Eu disse isso mesmo, mas eu errei, eu mal lutei por você, não sou assim, acho que estava com medo de sofrer novamente mesmo, mas não é você que faz eu sofrer, é o amor que eu sinto por ti que faz isso, você, você me faz bem, me faz feliz, eu não consigo viver sem você
. por um momento os dois ficam quetos, e ele novamente olha para o chão, e fala
- Eu quero ser seu amigo novamente…
. os dois se olham de novo rapidamente, e voltam a olhar para o chão
- Mas você disse, que não consegue ser apenas um amigo, que assim você só vai sofrer…
- Verdade, eu não suporto ser apenas um amigo, mas eu faço tudo para ficar ao seu lado, sendo um conheçido, um colega, amigo, que seja, eu quero ficar ao seu lado…
- Mas e o sofrimento? Você ainda não me respondeu, como vai conviver com ele?
- Eu…eu não sei direito…mas…eu aprendo a viver com ele, eu vou estar sofrendo por ser só um amigo sim, mas vou estar ao seu lado, e sabe o que me alegra?
. ela olha para ele com curiosidade
- Ver você todos os dias, ver você sorrindo, ouvir sua voz, admirar você…e sabe de uma coisa, eu acredito que tenho chances com você, é uma chance em mil? é pode ser, mas de qualquer maneira é uma chance, eu sei que posso te conquistar, eu sei que consigo te conquistar, eu sei que vou te conquistar
- E como você tem tanta certeza disso?
. ele sorri e responde
- Porque eu te amo
. ela da um sorriso bem discreto, os dois se olham novamente nos olhos, e ele pergunta a ela
- Você aceita ser minha amiga de novo?
. ela da um sorriso belo e responde
- Sim, eu aceito
. ele da um sorriso enorme e levanta, pega a mão dela, a levanta, e os dois dão um forte abraço, no ouvido dela, ele sussurra
- Obrigado, obrigado por me fazer feliz, obrigado por tudo, obrigado por existir, eu te amo
. e ela responde
- Obrigada você, por me fazer tão feliz, por ter entrado na minha vida, por existir, por me amar, por lutar por mim, eu te amo.
—  Murilo Souza (minhasina)