moendas

Quantas vezes eu te contemplo, servo meu, e vejo o teu coração abatido, Ah! tu vais alegrar muito ainda; eis que grande alegria virá sobre ti, mas não é tempo ainda. Eis que vou lapidar mais, eis que é necessário purificar, passar por uma moenda, por uma prova, mas no meio da prova tu verás. Alegra servo meu, porque é grande a vitória. Eis que no meio das lutas tu vais cantar o hino da vitória. Guardai estas palavras no teu coração. Eis que tu vais alegrar muito e dizer: Verdadeiramente o Senhor me avisou. Eis que a minha paz vos dou.