mmhell

Não sou atéia, mas não quero que Deus tire minha vida. Eu gostaria de fazer isso, quando eu quiser. Sem explicações, sem motivos… Não. Eles existem. Nesse momento, a morte parece apropriada. Me seduz. A dor está tão imensa, me dominando cada vez mais… Quero desaparecer, reininciar minha vida. Ou melhor, ter uma vida. Ao ler “A Menina Que Roubava Livros”, chorei. Por que eu, que tive uma infância boa, um lar e bons amigos quero morrer? Enquanto as pessoas que estão sem comida, sem lar, sozinhas, lutam pela sobrevivência? São esses mistérios da vida que me deixam perplexa. Queria eu, entender o porque de ser assim.

Afinal, eu não quero ser isso.

+ Marie.