mmais

FE Chapter Two - Part 7 Dialogue

Please note: if you haven’t read the update that this dialogue is for, do so before reading this. You can go read Chapter Two - Part 7 here!

For blocks of text, all dialogue is written as read from left to right, from the top of the panel down (like how all text is read in this common unless indicated otherwise), as presented in the comic. For panels where text is split to either side of an image, or split up like text boxes, I used a ‘//’ to differentiate between them. Sections that are meant to be difficult/impossible to read will be marked as such, and may either not be translated or only readable sections of it may be translated.

Keep reading

Pedido: Oii Queria um do Louis em que ele sente vergonha dela por ela ser babá. Aí ele se distancia dela e um dia ela se irrita e pergunta o porquê dele estar assim. Final feliz 😊

Não estou com ânimo para escrever, estou sem criatividade. Então se estiver uma bosta pior que o esgoto me perdoem. Não queria deixar aquela coisa bem clichê então fiz um pouco diferente. Espero que gostem, não esqueçam de me falar oque acharam POR DEUS FALA 3 VEZES O QUE ACHOU, SÉRIO TÁ FEIA A SITUAÇÃO.

________________________________

Bebia um pouco de cerveja para não pensar nela, mas tudo que eu faça penso nela. Lembro dela.

Não estava bêbado calma, era minha 1 cerveja e como não queria ficar mais soltinho, coloquei a mesma na geladeira e fui até a porta, pegando minhas chaves.

Iria a casa dela buscar ela, os meninos iriam para minha casa. Depois de 2 meses sem ter visto eles.

Ela já teria chegado em casa, Eu acho.

Bom ela é babá sua vizinha já teria chego em sua casa para levar aqueles pestinhas, que ela chama de criança. Lembrei dela na roupa social, nossa ela estava muito gostosa.

Ela poderia ser secretaria, talvez a minha.

Mas ela prefere vomito e bosta de criança.

Cada um sabe o que faz da vida. Mas e que ela e minha namorada, ela precisa ser valorizada por tudo e todos.

________________________________

Chegando em sua casa abri a porta com a chave que a mesma tinha me dado.

Escutei passos no 2° andar, andando até seu quarto sua voz era ouvida.

Ela cantava Sorry da Beyoncé, sua voz estava baixa e rouca, o que a deixava mais interessante.

Abri a porta do quarto lentamente, queria aproveitar aquele som.

A abracei por trás, escutando um grito sair de Seus lábios rosados e carnudos.

A beijei com desejo, mesmo sendo um beijo rápido, eu sentia amor.

- ainda bem que não passei batom. - falou enquanto eu beijava seu pescoço.

Ela me deitou na cama e subiu em cima de mim.

Ela estava de roupão azul, e com o cabelo feito, ele já iria se desmanchar quando colocasse meus dedos nos mesmos.

Me beijando novamente com mais precisão, sua mão descia para minha calça jeans, sua mão me tocava.

Ela era Boa em tudo que fazia, não só sexualmente falando.

Tirou o roupão, sorriu pra mim é tirou minha camisa.

Ela estava mais gostosa que o normal.

Não sabia o que fazer ela fazia tudo por mim, geralmente e ao contrário, mas agora ela estava nua em cima de mim e com muito tesão.

Seus peitos “batem” na minha cara quando ela se ajeita em meu colo.

Peguei em seus seios apertando os mesmos.

Aquilo era muito bom, escutar seus gemidos, ela rebolava em meu colo.

Beijei sua boca e tentei tirar minha calça. Ela entendendo tirou pra mim, com muita facilidade.

Estava tirando minha cueca, peguei uma camisinha no criado mudo dela.

Seu sorriso safado me deixava mais duro, tirou a cueca pra mim.

Pegou a camisinha da minha mão com pressa é garagalhou com minha reação.

Colocou a camisinha em meu membro descendo devagar.

Sentou em mim devagar dando reboladas gostosas.

Descia e subia em cima de mim, aquilo tudo era otimo, a sensação principalmente, mas a visão de seus peitos em minha cara era a melhor.

Á puxei e a coloquei em baixo de mim, ela entrelaçou suas pernas em meu quadril me puxando para ambos sentirmos mais prazer.

________________________________

Ela já estava terminando a maquiagem e tentando arrumar o cabelo.

Soltou o mesmo e o bagunçou. Ela se olhava no espelho com adoração, ela estava maravilhosa mesmo com pouca maquiagem e roupa simples.

Sai de minha casa era 17:20 e já está quase na hora.

~~~~~~~~~~~~

- Louis fala comigo que Droga já e a terceira vez que pergunto a merda que esta acontecendo com você. - falou passando as mãos em seus cabelos.

Estava quase explodindo de raiva que saco será que ela não percebe que eu não quero falar?

- Louis por favor. - falou se aproximando. - oque? OLHA QUEM É VOCÊ, (S/N) VOCÊ E BABÁ EU MEREÇO MAIS, ALGUÉM MELHOR. - minha garganta começou a doer, sabia que me arrependeria depois, mas agora estava com raiva.

- me desculpa eu não queria(s/n).

Ela balançou a cabeça em um sinal de negação, e foi para cozinha terminar de arrumar as coisas.

(S/N) estava arrumando as comidas que eram mais besteiras mesmo, e as bebidas.

Depois de terminar há vi subindo as escadas.

Ela Nao iria ficar comigo acho que ainda estava furiosa comigo depois da discussão.

Sabia que estava errado que tudo aquilo foi um grande erro.

Sabia que se não falar com ela vou me ferrar até porque 90% da culpa é minha.

Ter vergonha dela só por que a mesma e babá? Isso é idiotice demais.

________________________________

Meninos já estavam aqui.

Conversa vai, conversa vem.

Estávamos vendo jogo liam fica toda hora frustrado.

Mas Não parava de pensar em tudo que falei a ela, sabia que nada se resolve na gritaria. Mas estava cansado e com raiva.

- Hey pessoal vou ver minha garota já volto. - estava subindo as escadas quando escuto Niall falar algo.

- Louis fala que eu mandei um oi pra ela. - seu rosto estava vermelho gargalhei com aquilo e falei um “ pode deixar.”

.

.

.

- Eu sei que sou um idiota, mas eu amo você, Se lembra que você ficou comigo quando minha mãe morreu! Você ficou comigo no show, quando o médico achava que eu estava com começo de depressão, quando fiquei gripado, Amor você sempre esteve lá. E eu te amo cada dia mais por isso, te amo cada dia que passo ao seu lado, não vou deixar de te amar por nada e ninguém.- andei em sua direção a abraçando. - me perdoa amor, me perdoa.

- Eu te amo muito. - me beijou me abraçando mais. Fiquei uns segundos abraçado a ela.

- aah lembrei o Niall mandou um oi bem tímido pra você amor. - falei a mesma abriu um sorriso enorme em seus lábios.

- o irlandês está ai! Meu Deus vamos querido, não espera tenho que passar batom. - ri de seu desespero ao ouvir falar de um de seus melhores amigos.

Confesso que na maioria das vezes brigamos pelo meu ciúmes, já que ela e Niall são bem próximos.

Descemos juntos, a mesma correu patá abraçar o Niall ou Nini como ela o chama

- vem amor senta aqui. - a chamei e sei dei um beijo em seu lábios. - susurrou um Eu te amo em seu ouvido.

- me dá um beijo bem gostoso. - falou beijando meu pescoço.

Á beijei, uma de suas mãos estavam em minha nuca e a outra em minha coxa, sábia o que ela queria, mas agora não.

- Não querida agora não, mas tarde você faz oque quiser comigo. - falei beijando seus dedos.

- Eu te amo Lou muito. -deitou no meu ombro e acenou para Harry que nos observava com um sorriso de adoração.

- Eu te amo mmais querida. - passei minhas maos em seu cabelos ondulados.

Á abracei de lado a puxando mais pra mim.

Todo casal briga, mas todos tem que tentar ao máximo passar o orgulho e colocar o amor em 1° Lugar, ninguém e para sempre e não sabemos o dia de amanhã.

Fim.

Keh/

Me falem oque acharam, Por favor.

anonymous asked:

hhi, mmay i have a canon call, pplease? i'mm mikan tsumiki and i'm looking for my ibuki aand hajime !! i wwas vvery close ibuki and ppretty close with hajime.. i can't rremember much from my canon so mmaybe finding them will hhelp me,, i'm ssssorrry !! i'm nnot comfortable wwith doubles for mmikan and i ddo kin wwith hajime dduring rare shifts ffor comfort.. (hhe's a cc) if you remember bbeing close, please interact and i'll ccontact you !!!

!!!

shsl-nerd-lords

After running like hell from Ishimaru, Disci glanced around frantically before bolting to detention hall and locking himself in, curling up in the corner farthest from the door as he shakily pulled out his phone.

[Text: Circus freak-sensei] Mmai -s an

[Text: Circus freak-sensei] I n nedd you

[Contact name changed to: Guardian Maingel]

[Text: Guardian Maingel] Soome m thing w ei rd ha p pened to Kiyotaka-san and I

[Text: Guardian Maingel] pl  ease i need yiui m i gh t hu rt som one