mine:dd

Por favor, diz que você gosta da ideia de passar a tarde de um domingo comigo num parque pouco florido e calmo. Diz que você gosta da ideia de ir me buscar todos os dias na porta da faculdade. Diz que você gosta da ideia de acordar todos os dias com um beijo e um abraço meu. Diz que você gosta da ideia de morarmos juntos e que aceita a bagunça que eu provavelmente farei no nosso guarda-roupa. Diz que você gosta da ideia de discutir comigo sobre “quem vai dirigir hoje”, mesmo sabendo que na maioria das vezes, entrarei nessa briga só para te provocar. Diz que você gosta a ideia de casarmos na praia e passarmos duas semanas no Canadá, nem tanto para conhecer o local, mas para fazê-lo de nosso refúgio particular. Diz que você gosta da ideia de que nossa Husky Siberiana se chame “Jude”, só por causa da minha louca paixão na música “Hey, Jude”, dos Beatles. Diz que você gosta da ideia de sair todas as sextas-feiras para um barzinho comigo, para darmos adeus á mais uma semana de lutas. Diz que você gosta da ideia de ficar e estar comigo todos os dias, por mais difícil que isso pareça. Diz que você aceita a ideia de me amar na mesma intensidade que eu amo você.
Por favor, diz que você aceita a ideia de eu amar você e, por favor, diga que gosta da ideia de viver intensamente cada dia que viermos a passar juntos.
—  Tickets of Cassie - Mais uma vez, essa é pra você.
“— Leve como uma pena.
Foi o que eu disse com um sorriso no rosto, quando a Ellen me perguntou como eu estava. Não é a frase esperada de uma pessoa que passou o fim de semana inteiro afogada num sorvete de flocos e se lambuzando nos chocolates, mas, por mais engraçado e irônico que isso fosse, era a mais pura verdade. Ela sorriu com ar de quem já havia entendido o que eu quis dizer. Sorriu como quem diz: “sei que passou o fim de semana inteiro com ele, não me trate como uma criança inocente”. Não queria enganá-la, nem despertar qualquer tipo de curiosidade insana, só queria que ela soubesse ou entendesse a leveza que ele me traz, mesmo depois das montanhas de carboidrato. Quis finalizar com um: “Você sabe, algumas horas de sexo fazem milagres que nenhuma academia duvida”, mas preferi curtir um pouco mais do som ambiente do restaurante - um som simples e instrumental - assim como o sorriso que vi assim que acordei hoje pela manhã, seguido por um “bom dia” preguiçoso e um beijo que juro ainda sentir o gosto. E eu sabia que não existiria nada, nem ninguém que fosse pesar meu dia, eu estava tão leve, tão dele.
—  Tickets of Cassie.
Eu te amo. Te amo hoje, agora, amanhã e sempre. Te amei ontem, antes de ontem e na semana passada. Te amo a cada segundo e a cada instante do meu dia. Te amo sem medir a intensidade e sem ligar para o que isso venha a trazer. Te amo perto, longe, próximo ou distante. Te amo sem medidas, sem porções. Te amo de todas as formas e cores. Te amo com todas as dores do amor. Te amo dormindo ou acordado, sorrindo ou chorando. Eu te amo e queria que soubesse sempre disso, porque de todas as coisas que tenho, você é a melhor delas.
—  Tickets of Cassie.
Sobre você ter sido a melhor parte da minha vida: quero que saiba que eu faria tudo de novo, as brincadeiras, as lágrimas, as piadas idiotas, as madrugadas no telefone, tudo. (…) Eu escolheria você mais mil vezes em mil vidas, porque se houver a possibilidade de viver todas elas contigo, será um milênio só nosso.
—  Tickets of Cassie.