mine: sp

Sou liberdade rasurada.
Cuspida, hipócrita, mascarada.
Já pude ter tudo, já me entreguei pro nada.
Já me debrucei sobre um vazio escuro.

E quando eu não puder ter poder de escolha?
Mas e quando decidir for um fardo pesado demais?
Porque eu me enrosco, me abato, me deixo para trás.
E não sei se volto ou se fujo.
A desordem é um costume.

soprocosmico