mine: at

Você acha que é fácil? Não, não é. Nem um pouquinho. Eu sempre fui um cara centrado, focado nos objetivos e sempre coloquei os estudos em primeiro lugar. E tudo bem, eu sei que eu gosto de exaltar minhas qualidades e exibir meus atributos por aí, mas eu só quero mostrar que a minha teoria foi falha. Eu quero mostrar que não importa quanta sagacidade, inteligência e esperteza você absorva em 20 anos de vida, quando se trata de amar alguém, ninguém sabe o que tá fazendo.
—  Aleff Tauã.
Tô abstraindo, sabe? Cansei de empurrar o barco, puxar a rede e remar contra a maré. Vou deixar fluir, e se quiser, ir. Como o mar, a vida ou te puxa, ou te leva. Vou ficar aqui, paradinho, esperando alguma coisa acontecer. Caso não aconteça, enfim, acontece.
—  Aleff Tauã.
What’s up with “in,” “on,” and “at”?

If Twitter and ask.fm are any indication, this topic confuses very many people. Fortunately, there’s help.

The following chart from Eduzire shows when to use “in,” “on,” and “at” for time and location:

For a little more clarification on “in,” “on,” and “at” for places, take a look at this chart (via EnglishClub):

And here is the chart for time (also via EnglishClub):

Website | Twitter |  Instagram | Medium