milkshake ;o

Quero conhecer aquele tipo de amor que interrompe os sentidos, que incendeia, de uma maneira que não tem como controlar. Não sou de criar expectativas de um romance, daqueles que fazem com que nosso corpo flutue, que as pernas fiquem bambas, não quero desse tipo filme de romance previsível com trilha sonora pop no final. Quero uma conexão que não tem como explicar, que não se aplica a nenhuma norma. Quero um amor que ensina, que preenche, que me faz ser brasa e pólvora, que cause tontura à mocinhas de uma época recatada. Não quero amar em silêncio, mas não quero sair espalhando do tal amor da minha vida, porque a inveja tem ouvidos por todo lado, e sempre se têm alguém que deseja a sua infelicidade, quero que seja eu e você para o mundo que não nos interessa, e nós para aqueles que nos importamos, não quero aquele amor que juraremos que será pra vida inteira, quero um amor que seja pra sempre, até deixa de ser. Quero que seja pleno e sereno, suave estilo terremoto, e que nos faça querer reviver até o MilkShake tomado, você me entende? O amor é simples, às vezes nem tanto, eu gosto do mastigado e do complicado ao mesmo tempo, e isso me atiça. Quero que nós tenhamos segredos, afinal, é isso que torna as pessoas mais íntimas. Quero que nós tenhamos piadas internas, mas saibamos a hora de parar só pelo olhar, você me compreende? O que quero dizer é que o que eu procuro não passa do obvio, quero alguém que fique e me faça companhia depois de tudo, que não desista, que seja fiel aos meus sentimentos. Alguém que não seja passivo na relação, que eu possa dizer que é pra sempre.
—  Escrito por Paula, Grazi, Beatriz e Lorrayne em Julietário.
4

Bokuroo Week Day 1:  friends to lovers/first date

I was doing the dishes one day while thinking about what to draw for bokuroo week and I suddenly thought of 3 am surprise milkshake dates and started washing the dishes even faster

provavelmente

Deve ser bom te ter
pra morder esses teus lábios
que eu sempre estou fitando,
pra te fazer derramar um sorriso
quando alguém te fizer
derramar lágrimas,
pra tomar um café juntos,
dialogar sobre o quão
forte ou fraco estava o café
(aliás, nunca te perguntei,
mas você gosta de café?),
pra comer uma pizza de algum
sabor que nós dois gostemos
(eu prefiro a de queijo minas,
mas deixo você escolher),
pra ouvir você dizer que
nenhuma das minhas ex-namoradas
é tão bonita e legal quanto você
(nisso eu preciso concordar),
conversar sobre o amor que temos
um pelo outro e não podemos perder.

Deve ser bom te ter
pra beijar partes do seu pescoço
que eu sei que te deixam louca,
pra comer comida japonesa
naquele restaurante que você gosta
(sim, vou economizar dinheiro).
Deve ser bom te ter
pra dizer todos os dias que
você foi o sonho mais
lindo que eu já realizei,
pra dizer que de todos os sonhos
que já realizei, você é aquele
que eu pensei que nunca realizaria.

Deve ser bom te ter
pra matar essa saudade que me mata um pouco mais a cada instante,
pra evitar assuntos como política
(afinal, temos opiniões diferentes),
pra eu te olhar e sorrir timidamente
me perguntando “meu Deus, por que
essa mulher escolheu logo a mim?”,
pra ouvir em máximo volume
aquela música que nós dois
gostamos (você sabe qual é),
mesmo que ela seja meio triste.

Deve ser bom te ter
pra ficar conversando sobre
coisas banais (só pra puxar assunto),
pra irmos à Garatucaia
e mergulhar nas tão bonitas
águas que existem por lá,
ou mergulhar nesse
teu lindo cabelo louro,
ou mergulhar nesse infinito
oceano que é você.
Deve ser bom te ter
pra tomar um milkshake contigo
(o original, não o do McDonald’s),
pra montar uma árvore de natal
juntos (daquelas bem grandes),
pra ouvir você dizer que
eu uso parênteses demais
(o que eu posso fazer
se vivo a vida em excesso?),
pra ler partes bonitas
de um livro pra você,
pra cantar partes bonitas
de uma música pra você,
pra tirar fotos juntos e
mostrar a todos que você
é minha e eu sou todo seu
(e não sou ciumento, você sabe),
pra lembrar que nosso passado
foi tão bonito quanto
seria nosso futuro.
Deve ser bom te ter.
Foi bom te ter.

Luciano de Oliveira.

what’s this nonsense?!?! hahahah! it’s a doodle for @smol-hux for always putting up with my super aggressive "EVERY RAIN CLOUD HAS A RAINBOW!!!” attitude! hahahhaahaha! (vO //w//O)> i know that shit isn’t easy to endure, but you’re always so sweet to me anyway! (featuring @nightsofllyn‘s blue milkshake AU Hux and Kylo ~ cuz they’re just so gawd damn snuggly <3)

                           〘 ━ closed starter 〙 ◦ ✧ ◦  ‘ @renai-shikkan

⇝✯「 O ƭ о γ α 」─    ❛ Otoya exited his workplace as he let out a satisfied sigh. His workplace consist of broadcasting in a radio station, and he was glad that he was able to get a job that is somehow related to music.

              So after he had exited he went towards the nearest fast food restaurant, ordering a cup of strawberry milkshake and walked out, crashing into somebody else instead.

          ❝ Ah–! I am so sorry! ❞ ❜