meuvasco

Vasco,
Dos caixeiros e mulatos
Dos negros rejeitados
Suburbanos do povão

Vasco,
Dos padeiros e pedreiros
Lusitanos, brasileiros,
Força e miscigenação

Vasco,
De Roberto e de Romário
Levantou São Januário
Contra a discriminação

Vasco,
Da estrela radiante
Da torcida extasiante
Do Maracanã-vulcão

Vasco,
Dos meninos da Colina
Aprendizes desta sina
Que é amar teu pavilhão

Vasco,
Põe a garotada em campo
Bota o preto no branco
E a faixa de campeão

Vasco,
Mostra a cor da tua raça
Deixa um negro erguer a taça
Honra tua tradição

Vasco,
Não tiveste preconceito
Cruz-de-malta sobre o peito
Negritude pé no chão

Vasco,
Pra manter acesa a chama
Mais do que Vasco da Gama
És o Vasco da paixão!

Vasco,
És paixão que não se explica
Tudo passa, o Vasco fica
Vivo em nosso coração!

—  Hélio Ricardo (via escuridao-ja-vi-pior)