meus fr

Nosso amor é bonito igual a fotografia que revelei

Como encarar um mundo sem poder olhar para ele através dos seus olhos? Nosso amor é bonito igual ao filho que decide presentear a mãe todos os dias com uma fotografia de ambos para que ao ver ela se recorde dele e esqueça que tem Alzheimer. Talvez eu tenha ido longe demais ao elogiar tua escrita no primeiro dia em que nos falamos, talvez até eu tenha odiado umas das bandas que você me indicou numa madrugada fria. Mas eu te amei. E te amo. A partir do instante em que toquei suas mãos e olhei nos teus olhos, eu tive a certeza. A luz do mundo era gigante demais para as minhas retinas se adaptarem. Mas a luz da tua alma caiu como uma luva para mim. Embora nosso amor seja mastigado em bocas maldosas, você ainda é a minha paz. Quando nosso amor resolveu crescer, ele se purificou por completo das sujeiras que a terra poderia trazer. Criou imunidade para crescer livremente, florescendo cada pétala uma a uma. E eu que sou inteiramente grata ao tempo, me pergunto: quanto tempo falta para que nosso amor seja visto como nasceu, isto é, livre? Você tampou os buracos que havia em minha epiderme, trouxe a felicidade para dentro da minha alma e uma confusão bonita para dentro do meu peito. Como alguém pode dizer que essa forma de amor não é bonita? Que tolos seríamos se todos pensássemos do mesmo jeito. Ainda bem que cada cabeça é um mundo e que o mundo é a cabeça de cada um “hologramada” no ponto inicial da Terra. Me desculpe os impulsos e as minhas teorias bizarras sobre tudo. E eu sei que você rir quando eu resolvo contá-las para você. Mas quando eu vou dormir, é o teu cheiro que eu encontro no meu edredom. E eu sempre te disse e torno a dizer, mesmo doendo, cravando uma faca no calcanhar alheio, que não seja o meu. Mesmo que a sua música preferida não toque na rádio enquanto eu preparo o teu macarrão com molho. Mesmo que tudo vire ao avesso e nossas escolhas se percam no meio do caminho e eu tenha que voltar para segurar tua mão novamente. Mesmo que tudo isso não passe de uma mera coincidência, um mero acaso, uma mera desculpa para os nossos corpos se encontrarem, eu te amo. 

 Você é o cais do meu caos


 Bruna Irlly.

astigmatismo

Deixa eu pegar sua vontade de ser feliz na palma das mãos

Cuidar dos teus medos e das tuas implicações sobre teorias que o mundo te dá

Deixa eu pegar teus calos e acariciar para que você esqueça que um dia já pegou firme na solidão,

Deixa eu te fazer feliz mesmo que por um minuto você sinta uma vontade absurda de me excluir da sua vida pra sempre

Eu sou uma pessoa difícil de lidar, eu assumo. Mas aí você aparece e tudo aqui fica ainda mais difícil de lidar, eu nem sei mais onde por as mãos!

Deixa eu brincar com a sua franja e fazer carinho no seu lábio com meu polegar esquerdo trezes vezes por dia

Deixa a gente se perder no tempo, achar que são 19h43 quando na verdade já passa das 22h30

Eu te prometo fazer um café bem forte antes de você enfrentar seu trabalho matinal todos os dias até você comprar iogurte para o café da manhã mesmo eu estando na dúvida se você gosta ou tanto faz

Deixa eu colocar teu caos num pote junto com o meu e abri-lo toda madrugada pra observá-los dançando a quinta sinfonia de Beethoven enquanto nos preparamos para dormir de caos atados

Deixa eu te olhar nos olhos e falar descaradamente sobre o meu amor pelos seus cílios e depois encostar meu nariz na sua boca pra sentir o melhor cheiro que minhas narinas tiveram o prazer de se aproximar

Eu sou um completo caos romântico

mas você é o borrão mais bonito que meu astigmatismo já viu.

Que linha liga o teu coração ao meu?

A insônia é o lugar onde os pensamentos te torturam. Não sei bem sobre o que escrever, resolvi te contar sobre o teor de paz que você deposita nas minhas órbitas. Não sei muito bem sobre e como devo começar, mas devo mencionar sobre o afago que tu carrega nas tuas mãos brancas e macias. E também do apelo carregado nos teus olhos quase pretos como a noite. E por falar em noite, aqui estou eu tentando te falar sobre todas as constelações imensas que sua pele carrega com todas essa pintinhas. Que sorte a minha seria poder interligar umas nas outras na esperança da linha que liga o teu peito desviar e se interligar com a linha que liga ao meu.