metade da laranja

Às vezes acho que sou uma romântica em negação. Digo que não, mas sonho com a pessoa perfeita, a alma gêmea, tampa da panela, metade da laranja, aquela pecinha que faltava no meu quebra-cabeça. Grito em alto e bom tom que não preciso de ninguém – é mentira. Eu preciso. Quero ser surpreendida com flores na porta da minha casa, quero andar de mãos dadas no shopping, acampar num parque, ir de bicicleta até à praia, fazer loucuras e juras de amor.
—  Elizabeth Rossi
Eu devo achar alguém que me complete? O que é completar?
Completar: vt. Acabar, terminar, concluir. Integralizar, integrar.
Então, pera aí, eu sou uma metade? Sou 50% de alguma coisa? Incompleta? Algo que precisa de conclusão? O que existe não está de bom tamanho? O simples fato de eu ser quem eu sou não está de bom tamanho? Preciso de alguém que supra o que está faltando? O que há para ser completado? Besteira. Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”.
Pessoas não são laranjas pela metade. São pessoas, 100%, ou pelo menos somos 99%. De carne, osso e sentimentos. Mais sentimentos que tudo. E precisamos aprender a amar esse emaranhado de sentimentos, pensamentos e insegurança que somos. […]
“Aquele que não se ama procura no outro um amor incondicional que deveria existir dentro de si mesmo. Aquele que se ama se basta.”
—  Isabela Freitas.
Um dia sua boca encontra a dele… Seu corpo encontra abrigo. Sua mão acha a metade da laranja. Seu coração estremece. Não existe língua mais macia, braços mais seguros, pescoço mais cheiroso, voz mais deliciosa. Não existe nada igual. Você se sente linda, poderosa, nas nuvens. Você se sente como n-u-n-c-a sentiu. Ele pede seu telefone, você dá. E vocês marcam mais encontros e encontros. Ele pede um beijo, você dá. Ele pede carinho, você dá. Ele pede atenção, você dá. Ele pede um sorriso, você dá. Você dá, você dá, você dá.
—  Clarissa Corrêa.
Ela gosta de coisas que vem da alma. De sorrisos inesperados, abraços demorados. Cansou de procurar por uma “metade da laranja” e se deu conta de que antes de encontrar um grande amor era preciso estar completa. Hoje ela só quer alguém que a faça transbordar.
—  versos de cada esquina
Tem muita gente que diz que a gente precisa primeiro ser completo pra depois completar o outro. Isso é mentira. Sempre falta algo, alguém, alguma coisa. Sempre. Nós nascemos com um pedaço perdido, solto e largado por aí. E isso é inevitável. Ninguém se suporta por inteiro: a gente precisa de uma mão que nos ajude a andar e a trilhar o caminho árduo da vida. E ao contrário do que muita gente também pensa, a nossa missão não é sair por aí perambulando para encontrar a metade da nossa laranja perdida. Isso também não é verdade, porque somos feitos de carne e essa carne pulsa, sente e sofre. Ser fruta é fácil. Difícil é encontrar outra alma que se encaixe, que seja, que fique. E achá-la não faz parte das regras do jogo, mas da sorte do acaso. Nós não somos inteiros porque não sabemos ser sós. Queremos ser sempre nós, no plural, ainda que isso dê um nó. E dá. Porque a gente, infelizmente, não se basta. E sente falta do outro que não tem nome, nem cheiro, nem telefone, mas que talvez exista e isso é suficiente pra nos manter na luta em busca de algo que nos torne plenos. E esse algo se chama amor. Porque amar, meu caro, não é ser um só: é ser em si e no outro. Amor não preenche, amor tira. Quanto mais a gente ama, mais carente a gente fica, feito rio que sempre seca, mesmo estando no inverno. Quem diz que quando ama muda, não sabe o que diz. Amor não muda ninguém. Amor nos aprimora. É como se fôssemos uma pedra bruta que precisa ser lapidada pra enxergar o mundo de um jeito mais bonito, mas o mundo permanece intacto. Quem o aperfeiçoa somos nós.
—  Capitule
Você é pré-adolescente e acredita em amor e coisas como alma gêmea, tampa da panela, a outra metade da laranja e o caralho a quatro. Depois você passa por cada relacionamento frustrante na vida que se no fim da adolescência você ainda continuar, pelo menos, acreditando no amor, significa que ao menos a sua fé nele nunca se enfraqueceu. E vai por mim, nem todo mundo no seu lugar conseguiria manter essa fé.
—  Mariana Krusemark
O amor é bonito quando ninguém precisa de ninguém, mas sim quando todos se completam. E não por aquela necessidade de achar a metade da laranja ou algo do tipo, e sim por viver um para o outro mas sem o pensamento de que quando aquilo acabar um vai morrer e o outro vai continuar vivendo como se nada tivesse acontecido. Mas o amor também é bonito quando é sentindo de verdade e não aquela vontade de estar com alguém por estar para não se sentir sozinho ou para não se sentir inferior e incapaz porque seus amigos namoram e você não.
—  3:00 Am.
• Status: Engraçados •

Fui brincar de ser maravilhosa e até hoje não parei 💁

99% anjo, perfeito e aqueie 1% é trouxa

minha metade da laranja deve ter virado suco 😒

Vou te chamar de “vaga” porque “bunda” você não tem 😁😘

Com esse calor já estou até com saudades do gelo que você me deu 😘

To sentindo uma coisa no peito tomara que seja infarto, imagina se é amor 🚨😁

Reblog ou dê like se pegar/gostar.

Eu não sou a metade da laranja, nem de nenhuma fruta de ninguém. Não sou tua alma gêmea,nem a sua pessoa, eu não quero alguém que me complete, meu caro eu já sou toda completinha, e alguns complexos a mais.
Se aceitar a gente divide a fruta, um abraço, carinho e teorias, te prometo todos os concelhos e meus canais favoritos do YouTube apresentar, não quero que tenha medo de ficar, mas que também não tenha cerimônia na hora que precise ir, entendo que sou livre e que tu também é, minha cômoda sempre terá espaço para tuas roupas, assim como meus pensamentos guardará sempre seu lugar, só não cometa o erro de achar que sou tua metade, eu não seria metade nem se quisesse, eu mal me encaixo no mundo, imagina nos seus gostos…
—  Oi? Prazer me chamo Maria

Muitas vezes na vida a gente se perde em meio aos acontecimentos e se pergunta “Como é que minha vida chegou nesse ponto?”. Quando se trata de nós dois é assim, tudo aconteceu tão de repente e tão devagarzinho, que ainda não consigo compreender quando foi que as coisas mudaram e que você deixou de ser apenas àquele colega de sala - bem chato, a propósito - e veio a ser meu namorado. Não só meu namorado, mas também o meu melhor amigo, àquele que me dá forças diariamente pra não desistir dos meus sonhos e que me suporta - e compreende - até mesmo nos meus dias mais cinzas. A gente se entende de uma maneira tão bonita que não dá pra acreditar que tudo isso é verdade, e se for apenas um sonho, eu não quero acordar nunca mais, pois até o seu “Bom dia” a cada manhã, faz de mim uma pessoa mais feliz. Você não veio pra me completar, nem pra ser a metade da minha laranja, você veio pra me transbordar. E eu que nunca tenho sorte com nada, tive a sorte de encontrar você. Tu me faz feliz de um modo que não sei explicar e eu te amo bem assim, do jeitinho que você é. Obrigada por cuidar tão bem do nosso amor. Mesmo de longe, te sinto aqui, bem pertinho de mim, todo dia ❤
“Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito, enquanto dure”

Lavínia Carvalho