mel-fronckowiak

eu sei. deveria estar dormindo.. eu sei! mas não deu.. comecei e não podia parar. que saudade/nostalgia dona mel! eu, em recife (tão bem retratada nesse livro) me vejo num quarto vazio mas que agora esta cheio de lembranças doces e quentes que vc conseguiria colocar tão gentilmente no papel.. não tenho como agradecer.. era o que faltava pra nossa jornada estar completa! é como vc mesma disse na dedicatória do meu livro não fazia sentido eu ainda não ter compartilhado dessa história que é tão nossa ;) muito obrigada patrick por esse momento! amo é sempre vou amar tudo que passamos juntos.. e se minha memória esta ai pra me trair, “inclassificável” veio me resgatar nessa madrugada ❤️ - @sophiaabrahao