meeus

Quero o que é teu, quero o teu corpo com o meu como se fôssemos apenas um. Suas pernas com as minhas entrelaçadas, suas mãos com nossos dedos firmes, assegurando-me que nesse momento não nos soltaremos. Quero sentir tua pele, passar o calor do teu corpo pro meu, quero sentir sua respiração ofegante… Que pra começar, você desenhe-me com teus olhos, que irão me seduzir momento à momento… Que a sua cabeça pire quando tudo começar, que seus dedos percorram lentamente meu corpo, que me pegue no colo, que me sinta e me faça senti-lo, que diga coisas lindas e faça gestos amáveis, que seja gentil, que me abrace apertado e me beije fogosamente. Que não deixe o silêncio invadir minha alma. Quero sentir nossas pulsações como se fossem baterias de escolas de samba em pleno salgueiro. Que depois de tudo, eu possa deitar cansada em seus braços e recuperar o fôlego de longas horas de troca de prazer, e que também seja a recuperação para as próximas horas que serão selvagemente fulgaz.
—  Graziele Araújo (via liebe-tut-weh)
Meu amor, meu grande amor apesar dos apesares eu não consigo viver sem você, sem seu sorriso, seu chamego. Eu quero tanto cuidar de você. Cuidar desse teu sorriso. Cuidar desse seu olhar, e enxugar cada lágrima que vier a cair. Eu sei que tenho inúmeros defeitos mas vou tentar ser algo bom pra você, vou dar o melhor de mim. Vou te mimar, te beijar, te abraçar, te acolher, estar sempre por perto. Você me conhece mais do que ninguém e sabe que eu não sou muito de mimi e de carinho, que meu humor é vulnerável. Sabe que você é meu ponto de calmaria e também o centro do furacão. Mas eu prometo de dedinho, que pra você eu sempre estarei aqui, te esperando e te amando.