meamo

Meu querido. Olha bem pra mim. Você acha que eu preciso de você? Acha que eu preciso desse amor pela metade? Acha que eu vivo de enrolações? Eu sei bem quem você é. Acha que pode me manipular? Acha que me engana? Que me ilude? Pois saiba que você não é o primeiro babaca que tenta dar uma de esperto pra cima de mim e creio que não vai ser o último. Eu sei bem lidar com crianças, sei bem lidar com esse tipo de gente que você se encaixa. Eu me basto, EU SÓ PRECISO DE MIM PARA VIVER, só preciso do MEU amor, dos meus CARINHOS comigo mesma. Já que você conseguiu perder sua preferência na minha vida, boa sorte!

  • <b> A família dizia: Essa daí não tem futuro, não vai trazer orgulho, não gosta de estudar. Vai passar a vida varrendo o chão.<\b>
  • <b>Ela não gostava mesmo de estudar, era a favor do amor sem gênero, sem sexo e não contou porque sabia que a familia não ia aceitar. Hoje ela passou na faculdade e vai se formar. mas sua maior qualidade é amar sem olhar os subgêneros, é amar o coração e a alma sem olhar o corpo, a casca. Pouco importava se ela ia passar o resto da vida varrendo o chão se ela fosse feliz o resto da vida.<\b>
Nós nascemos cada um com sua beleza, crescemos nos achando a pessoa mais linda do mundo mesmo com nossos defeitos. Ai você cresce e percebe que nem tudo que você vê no espelho é beleza, descobre que a sociedade propões níveis de padrões para você seguir. Você percebe que não é a pessoa mais bela, descobre que a beleza conta mais do que caráter a muitas pessoas. Propõe mudanças em seu corpo se torna alguém fútil como a maioria e depois te perguntam: Porque você mudou? Eras perfeita! Se todos nós fossemos iguais não teria a menor graça, não é todos que sigam o padrão de beleza e nem todos gostam. Particularmente acho bonito, mas admiro quem tem traços marcantes e expressivos. Não precisa ter peitão e bundão pra ser denominada “gostosa” e nem ter um abdômen definido e músculos enormes.

“Não mais”
Eu te amei demais, mais do que deveria. E talvez eu ainda te ame e até mesmo, quem sabe, eu vá te amar pra sempre… a diferença é que agora eu me amo também. Agora eu não me cego e me machuco com as suas mentiras usando o quê senti, sinto e posso vir a sentir por você como desculpa. Agora eu não perco mais o sono, a fome ou a vontade de sair da cama e ser feliz como eu mereço por sua causa. Agora eu me amo também, mais do que amo você. E é por isso que eu te amei, te amo e talvez sempre amarei - você me ensinou a dar valor à mim mesma. Obrigada por me enganar, me machucar, me derrubar e me fazer viver todo esse inferno. Aprendi algo realmente priceless, e sem suas mentiras eu talvez nunca fosse conseguir isso.

(Traga-me Solidão)