me-beijando

Trepadinha deliciosa com o irmão de uma amiga nessa manhã

Ola, me chamo Mariana, tenho 17 anos, tenho 1.67 e 68 quilos, bunda redondinha, os seios médios durinhos, sou de Vitoria-Es, Essa manhã, dessa quinta feira 25 de agosto, foi muito deliciosa, acabei de dar uma rapidinha com o irmão de uma amiga minha.

Sou muito amiga da irma dele, mas com ele eu não falava muito, o máximo era um oi e mais nada, ele tem 22 anos. Começamos a conversar mesmo pelo face, fazendo amizade, provocando, então ele disse para eu ir hoje la na casa dele, que fica aqui perto da minha.

Então eu fui!

Ele me buscou no portão da sua casa, assim que me viu foi logo me beijando e passando a mão em meu corpinho,subimos a escadas e fomos direto para seu quarto

Chegando la tirei toda a minha roupa e a dele, joguei ele na cama e fui beijando a sua boca e descendo por sua barriguinha ate chegar em seu pau gostoso, era de um tamanho legal, que delicia!

Lambi a cabecinha e fui descendo com a língua em todo o pau ate as bolas, chupei elas fazendo ele urrar, depois abocanhei todinho o seu cassete com a minha boquinha quente, hummm que gostoso, amo chupar uma rola

Depois disso ele deu uma chupada na minha xota e eu fui por cima dele encaixando minha minha xotinha na rola deliciosa dele, fui cavalgando gostoso e rebolando e quicando, nossa muito bom!

Depois ele me pois de 4 deu mais uma chupada bem gostosa, que língua que ele tem. E meteu com tudo seu pau na minha xota, que maravilha eu ia rebolando e gemendo baixinho pros vizinhos dele não ouvir, depois de um tempinho me comendo de 4, ele me comeu na posição frango assado, só de mal, arranhei bem suas costas deixando bem marcado 

Depois de alguns minutinhos me fodendo desse jeito ele gozou na minha barriga, só que eu não tinha gozado ainda enta. Ele chupou minha bucetinha ate eu gozar em sua boca, terminamos exaustos, ficamos descansando na cama por um tempinho e conversando e claro trocando caricias gostosas.

Sai de la já era quase 11h da manha, perto da minha amiga, irmã dele chegar da aula, vim para casa ainda com minha buceta meladinha, no banho me toquei e gozei de novo, foi uma manha deliciosa!

*Enviado ao Te Contos por Mariana

Ele diz que eu sou muito amável, e eu rio toda boba. Não por causa das palavras, mas pela forma como ele fala. Ele diz devagar, com um sorriso sorrateiro no canto da boca e me beijando com o olhar. Porque na maioria das vezes, as palavras não importam, podem ser simples e clichês, mas quando são verdadeiras, fica óbvio.
—  Waleska Farias.

Imagine Zayn
Depois de 7 anos de casado, ter momentos quentes com o meu marido tinha ficado um pouco mais difícil, mas acho que seria pior se ele não fosse Zayn Malik.
Depois de tanto tempo junto, cada transa parecia a primeira vez e isso me fazia enlouquecer. Acho que até demais.
- AH ZAYN- não consegui segurar o gemido e ele soltou dentre os dentes.
- Shiu! Nossa filha vai acordar.- ele falou me beijando pra abafar quanto os meus quantos os dele.
Cada momento ia mais e mais rápido, parecia que eu estava prestes a entrar no paraíso. E pra ele também.
- HUNF, (s/n)- Zayn disse e eu arranhei as costas dele para aproximar ele de mim.
- Papai…?- ouvi uma voz doce falar e virei o rosto para a porta. DROGA! FILHA!
Empurrei o Zayn de cima de mim de imediato. Zayn parecia paralisado. Vesti a camiseta que eu tinha arrancado do Zayn.
- Meu docinho, o que está fazendo acordada?- falei me aproximando da criatura de olhos mel iguais ao do pai, mas com o sorriso idêntico ao meu.
- O que vocês estavam fazendo?- ela falou e eu olhei para Zayn que parecia estar sendo engolido pelo cobertor. Levantei as sobrancelhas para que ele falasse algo.
- Brincando filha.- ele disse sentando na cama.
- Posso brincar também? - ela falou animada deixando seu ursinho de pelúcia favorito cair no chão.
- NÃO! - falei no automático, ela me olhou com uma cara de quebrar o coração- essa brincadeira só dá pra quem é adulto e conhece as regras.- falei sem fugir da realidade. - É, tipo depois dos 30 anos.- Zayn disse sorrindo.
- Mas papai, a mamãe não tem 30 anos ainda.- ela falou e eu peguei ela no colo.
- É que depois que você encontra o amor da tua vida, aquela pessoa em que você confia a sua vida, você não precisa de idade pra poder brincar. Mas essa escolha não é fácil. - remendei e pude ver os olhos do Zayn carregados de lágrimas.
-Não sei porque tanta regra.- ela falou emburrada- essa brincadeira nem deve ser tão boa.- ela falou cruzando os braços.
- AAAH, É SIM.- Zayn disse e eu fuzilei ele com o olhar- Se é na hora certa, com a pessoa certa.- ele falou piscando.
- Que tal dormir?- propus- amanhã você tem escolinha.- falei dando um beijo nas bochechas gordinhas dela, larguei e ela correu abraçar Zayn.
- Eu te amo, pequena.- ele falou fechando os olhos pra sentir melhor aquele momento.- nunca cresça.
- Ai eu posso ser a nova Peter Pan.- ela falou correndo para abraçar minha perna.
- Eu te amo, chatinha.- falei e ela sorriu, satisfeita.
Esperei a porta do quarto se fechar para poder tirar a camiseta e deitar. Me aconcheguei no peito do Zayn.
- Eu nunca tinha me imaginado aqui, sabe? Nunca me imaginei casado e com uma filha dentro de casa. Sempre pensei que iria acabar engravidado uma menina e depois apenas pagaria pensão. Mas isso com vocês duas está tão perfeito.- ele confessou e eu deixei uma lágrima escorrer.
- Eu te amo. Só se passaram 7 anos Zayn, daqui a uns 30 anos, nossa filha vai nos dar um neto e eu vou bater em você com a minha bengala por ter gemido alto hoje, e ela ter descoberto essa brincadeira.- falei passando a mão pelo seu peito ainda definido.
- Prometa.- ele pediu.
- Prometo.- falei e sorri quando ele segurou minha cabeça para poder me beijar.

/Monis

Estava eu em um dos meus mais belos dias quando recebi uma mensagem de uma ex mau amada que dizia “ Olha sua trouxa seu Namorado estar aqui comigo te traindo neste exato momento me beijando me pegando de tudo que é jeito”. Tomei o celular em minhas mãos e a respondi da seguinte maneira. “ Querida ex mau amada, a exatamente 5 minutos meu namorado saiu da minha casa, mais antes de sair nos transamos, e eu queria te fazer uma pergunta, Qual o gosto da minha ppk? ”
Nunca mais recebi uma ligação dela 👏😌❤🍃
Obs: Isso Não aconteceu comigo 😊

anonymous asked:

Um menino gostava de mim, e eu meio que gostava dele, só que pra mim ele não gostava de mim e ele me viu beijando outro, agora ele não quer mais falar comigo, como lidar ?

Você não sabia e, aliás, você está solteira… Mas conversa com ele, fala que gosta dele.

Trepadinha com o carinha da net

Me chamo Cristina, tenho 19 anos, Sou moreninha 1.64 de altura, 63kl, bumbum médio e seios meios fartos.

Vou contar o que aconteceu comigo nessas noite de quarta feira, Conheci á alguns dias atras um rapaz na net, conversamos bastante, ele é super gente boa, moreno claro, forte lindo, o tipo de cara que sabe o que quer, marquei com ele pra vim na minha casa a tarde, como ficaria sozinha não haveria nenhum problema.

Tomei um banho fiquei bem cheirosinha e coloquei um vestidinho sem sutiã e sem calcinha e fiquei esperando, a campainha tocou fui atender e era ele, lindo e cheiroso, foi logo me dando um beijo na boca, pedi para irmos pro meu quarto

Chegando lá ele foi logo me jogando na cama e me beijando, tirou meu vestido e caiu de boca nos meus seios e foi mamando como um garotinho com fome, e foi descendo com a boca ate na minha xana que já estava molhadinha e ficou chupando por um bom tempinho

Estava preste a gozar, então pedi para ele parar porque queria gozar no pau dele, ele me pois de 4, deixei bem empinadinha minha bundinha e bem a mostra minha boceta, ele ajeitou seu pau na entradinha da minha grutinha sedenta e ficou brincando com seu pau, tava louca para sentir ele dentro de mim, pedi pra ele socar tudo de uma vez

Não demorou e ele meteu tudo, eu soltei um gemido safado, ele batia na minha bunda e me xingava de todos os nomes que me dava mais tesão, seu pau era medio e grosso que maravilha, ele continuo metendo ate que eu gozei muito, mas ainda não estava satisfeita e ele ainda não tinha me dado seu leitinho

Então pedi pra ele comer meu cuzinho, ele ficou doido deu uma lambidinha e apontou seu cacete no buraquinho, forçou a entrada, doeu um pouquinho mais logo foi só prazer, ele meteu um pouco e logo gozou enchendo meu cu de porra 

Ele tirou seu pau e eu limpei todinho com a minha boca, olhei no relógio e vi que já era tarde e meus pais já estavam pra chegar, então me recompus disse a ele que eu queria mais e marcamos de nos ver outro dia, ele se despediu com delicioso beijo e foi embora.

Tomei outro banho me arrumei e não demorou muito e meus pais chegaram.

*Enviado ao Te Contos por Cristina