me decepcionei

Mesmo assim quero te agradecer, você sabe, pelo favor que me fez quando bateu a porta e disse que eu deveria aprender a amar direito. Tinha razão, não fazia a mínima ideia do quanto estava sendo idiota por insistir e ir atrás todas as vezes assumindo que o erro era meu. Acontece que eu esfriei a cabeça, tirei um tempo para pensar, parei de responder todos que me procuravam - confesso que esperava mais mensagens, me decepcionei, não teve tantas pessoas que se importaram com o meu desaparecimento, mas está tudo bem. Por vezes acabei vendo o nascer do sol pela janela do meu quarto. Houve madrugadas que não conseguia respirar direito. Em outras, não sentia absolutamente nada. Você realmente estava certo, eu não sabia me colocar em primeiro lugar, agora sei que não preciso da sua piedade e desse amor esfarelado que você retira do bolso de uma maneira calma, e distribui miseravelmente um pouco para cada, como se estivesse fazendo uma caridade ou um grande favor. Hoje posso dizer que cresci, e levo comigo uma coisa muito valiosa: amor não deve ser limitado. Você ama com toda a sua alma ou não. É simples.
—  Os porquês de Amélia Roswell.
Já me decepcionei com quem era importante para mim e descobri que é assim mesmo: a gente magoa e é magoado a todo instante. E a vida é assim mesmo.
—  Clarissa Corrêa.
Quer saber, eu não me importo com oque você faz ou deixa de fazer da sua vida, eu não ligo se você tem 20 contatinhos na sua agenda semanal, não doeu quando você falou aquelas coisas pra mim e não eu não me importei quando você foi embora. Você nunca foi importante o suficiente pra me fazer lutar por você e eu não me decepcionei quando te vi com outra no meu bar preferido, meu coração não acelerou quando te vi da ultima vez, eu nunca esperei você voltar e eu nem quero isso. Eu não amo mais você, você foi a pior coisa que já me aconteceu nesses ultimos 2 anos da minha vida.
E eu quero muito te desejar um Feliz 1° de abril.
—  Allycia Fernandes
A atual do meu ex.

Sinceramente? Não entendo essa sua sede por intrigas. Nunca te fiz nada.
O fato de eu ter sido a primeira, de ter chegado antes de você e ter sido a pessoa que ensinou à ele e aprendeu com ele o que é namorar, o fato de algum dia já ter dito que amava ele, mesmo sem ter certeza, jamais vai mudar. Mas que isso não te incomode, por favor, preste a atenção, são só vocês agora. Pra que se importar com alguém que já passou? Não há necessidade de você me olhar com cara de ódio toda vez que me encontra sem querer, não há necessidade de você agarrar no braço dele só porque estou no mesmo ambiente que vocês, não há necessidade de postar nas suas redes sociais algo atingindo minha aparência, de postar foto de vocês dois no status do WhatsApp com uma frase que inclue terceiros como um problema, no caso, frases indiretas para a ex. Não há necessidade de se preocupar, por favor, entenda.
Quanto terminamos desejei à ele toda a felicidade do mundo, e se a felicidade dele agora é conjunta a sua, aproveite ao invés de se incomodar comigo. Se chegamos a conclusão de que deveríamos chegar ao fim do nosso relacionamento, é porque não era pra ser, não tava dando certo, não há necessidade de ser insegura dessa forma! Se estão juntos, por meses, vocês são pra ser, e como você disse na legenda de uma foto dos dois “O que Deus uniu ninguém separa”. Não, eu não quero separar vocês, quem sou eu pra tentar destruir algo que é obra do criador?
Tudo na vida há um propósito, seu namorado veio só pra me ensinar e eu o agradeço por isso, mas JÁ PASSOU! Eu reconstrui minha vida, encontrei outras pessoas, me decepcionei com algumas, mas encontrei quem realmente me faz bem e eu o amo.
Não seja insegura, você merece ser feliz e eu também, então ambas não precisamos perder o tempo discutindo ou tentando cutucar o passado.
Passar bem!

E você seguiu, fez novos amigos, teve novos sorrisos, seguiu sem mim, apesar de todas as promessas, apesar de cada palavra, apesar de cada sentimento que algum dia existiu, e espero que você continue assim, feliz, sorridente e espero também que isso seja sempre verdadeiro. Que você encontre alguém que te ame mais do que eu amei, que te ame e demonstre o suficiente para fazer você ficar e que assim sua felicidade seja tão grande e contagie todos que estão em volta, espero que você ame, ame muito, mas que seja amado, espero que você ame como eu te amei e se puder, ainda mais, porque meu amor não foi o suficiente pra te fazer ficar. Você me decepcionou e eu me decepcionei por saber que fui a culpada disso tudo.
—  Ana Júlia, predestinadora. 
Deixei algumas oportunidades escaparem pelos meus dedos. Já me arrependi de ter falado. E de não ter dito nada quando devia dizer. Acabei me acostumando com o que não deveria. Me frustrei por não receber o que esperava, depois me culpei por ter esperado algo: a gente nunca deve esperar nada, nada, nada de alguém. Já me decepcionei com quem era importante para mim e descobri que é assim mesmo: a gente magoa e é magoado a todo instante. E a vida é assim mesmo.
—  Clarissa Corrêa.
Já pensei em ser boa, como já pensei em ser má. Já pensei em ser gentil, como já pensei em ser grossa. Já pensei em ir atrás sempre, como já pensei em morrer orgulhosa. Já pensei em ajudar todos, como já pensei em virar as costas a todos. Já pensei em odiar todos, como já pensei em amar todos. Sim, já pensei vice e versa sobre tudo e todos. A verdade é que já me decepcionei o suficiente com esse mundo para não saber mais quem quero ser e quem sou.
—  Jessica Mikaela
Não criei expectativas, e mesmo assim me decepcionei. Porque o mínimo que esperei, nem se quer obtive, que foi um pingo de consideração. Não sou lembrada pelas pessoas… Não da mesma forma que eu lembro de todas elas. E só agora, depois de ser deixada no banco de reserva pela milésima vez, que eu realmente percebi que não devo lembrar de mais ninguém, e nem me importar com nada que diz respeito à certas pessoas. Dizem que a gente não deve pagar tudo na mesma moeda, não é mesmo? Mas tem horas que é preciso pagar da mesma maneira sim. Porque não adianta depositar o meu melhor em amizades que são rasas; amizades essas que chegam até a ser completamente vazias, vindo do outro. Não dá pra continuar depositando tudo de bom que possuo, em relações que não movem um milímetro do corpo pra me procurar, e demonstrar que lembraram de mim em algum momento. A verdade é que ninguém realmente se importa. E agora sim, depois de tomar tanto na cara, eu realmente aprendi. Porém, esses erros vou fazer questão de nunca mais repetir!
—  Suelen Bastos.
Engano

Não lembro quando foi a última vez que alguém me fez tão bem igual a você.
Você chegou deixou sua marca, veio com esse sorriso matador, o olhar que me invadia e de cara me conquistou, lembro como se fosse hoje, mesmo eu sabendo que era errado continuei gostando, tu logo descobriu e começou a alimentar tudo isso. Os meses foram passando percebi que ambos queriam, até que tudo foi destruído, me decepcionei um milhão de vezes contigo, quebrei a cara, o coração, sua falta de sinceridade e a sua covardia me fizeram criar um ódio, isso se acumulou com outros problemas, quando percebi eu já tinha virado um ser vazio, sem sentimentos, vontades. Minha vida acabou, fui para o lugar mais escuro e dei a mão direita para morte.
Você me fez tão bem pra depois ter acabado com absolutamente tudo, acabou a menina que escreveu o primeiro parágrafo.

-Y

Estou uma merda, e dessa vez não vou falar que a culpa foi sua. Foi totalmente minha em acreditar demais, pensar demais, sentir demais e receber de menos!
—  E mais uma vez eu me decepcionei. 
Venho querendo te contar uma coisa já faz um tempo, mas como tu bem me conhece eu sou um covarde e evito mostrar o que realmente estou sentindo. Me desculpa. Me desculpa pelo meu jeito de gostar de você. Me desculpa por ser um péssimo amigo, que não te liga pra saber como foi seu dia ou pelo menos ouvir sua voz. Me desculpa por muitas vezes ser um chato e não parar de falar quando tudo o que tu mais queria era o silêncio. Me desculpa pelas vezes que te decepcionei. Me desculpa por te deixar brava com as minhas atitudes. Me desculpa pelas vezes que tu foi sozinha pra casa e eu não te acompanhei. Me desculpa por não ser o amigo que você sempre quis. Me desculpa por nunca dizer o quanto adoro seu abraço, seu cheiro e sua companhia. Me desculpa por gostar tanto de você, ao ponto de não querer te soltar com medo de te perder. Me desculpa se alguma vez fui egoísta com você e não percebi. Me desculpa por nunca ter te dito isso. Te amo. Me desculpa.
—  Fabio Ramazotti. (via And the sun will set for you)
Eu rasgaria meu coração pra costurar o teu. Mas eu preciso saber se é isso o que você quer, se você está disposto a me deixar entrar. Eu sei que você acabou de se decepcionar, mas, sabe de uma coisa? Eu também já me decepcionei. Já quebrei a cara, e muito. Fui traída, rebaixada, tratada da pior forma. Você já chorou? Porque eu já chorei, tirei um dia pra isso. Chorei muito, pra caramba. Depois engoli o choro, lavei o rosto e segui em frente, firme. Porque é assim que se deve fazer quando o amor o dribla. Não estou dizendo que seja fácil, porque não é. Mas é só dizer já chega. Vai passar o resto da vida de “luto” porque alguma idiota não soube corresponder as tuas expectativas de fidelidade? Vai deixar de acreditar no amor por uma ou mais uma desilusão? Vai afastar todas as garotas agora? Não faça isso com você. Dê-se uma nova chance. Não estou dizendo que eu seria a mulher da tua vida, com quem você vai casar e construir uma família, não posso te garantir o futuro – este que é incerto. Mas eu posso tentar fazer você feliz, como as outras não puderam fazer. Mas, sem comparações, isso não é uma competição. Não posso te garantir que comigo será para o resto da vida, mas me deixa pelo menos tentar. Nos dê uma chance. Pelo menos pra eu te mostrar que o amor pode sim existir por ai, pra te mostrar que você ainda pode ter uma esperança. Você está desiludido, e, tudo bem estar. Mas não se martirize pelo resto da vida. Você ainda vai encontrar muitas garotas erradas até, finalmente, chegar à vez da certa, mas você não vai saber qual é qual, se você não deixa-las entrar. E, meu bem, eu faria qualquer coisa pra ser a certa. Mas eu preciso saber qual é a tua. E ai? Prefere viver a desilusão, a infelicidade, ou uma nova esperança? Seja qual for a tua escolha, estarei contigo. Porem eu realmente preciso saber qual é. Se for a esperança, preciso de você inteiro comigo. Duas metades ou uma metade e um inteiro nunca somaram um. Sem essa de me tratar bem uma hora e, na outra, estar distante. Sem essa de me afastar quando o convém. Sem metades, sem meio termo. Preciso de você inteiro aqui comigo. Ou, pelo menos, preciso de você tentando estar inteiro comigo. Só assim, tentando, posso fazer você voltar a ser inteiro. Pra você. E, quem sabe, se você quiser, para mim, para nós.
—  Izabel Cirino
Eu não posso ficar. Porque se eu ficar hoje, vou ficar amanhã, e depois, e depois. E, todos os dias, eu vou ficar sabendo que só irei receber metade do que tenho direito. E aí eu vou me machucar mais e mais. Eu não posso ficar porque tu nunca vai voltar a ser o cara pelo qual eu me apaixonei. E o meu coração vai continuar partido e tu não vai conseguir arrumar essa bagunça. Eu não posso ficar porque pela segunda vez eu criei expectativas e me decepcionei, e eu sei que haverão uma terceira, quarta e quinta vez se seu permanecer aqui. Meu coração continua se derretendo quando tô nos teus braços, mas minha cabeça tá dizendo pra ir enquanto ainda tenho forças. Eu não posso ficar porque tu me amas com palavras, e não com atitudes. Não posso ficar porque sempre que estamos longe, eu continuo pensando que deixei de ser alguém importante e passei a ser só mais um corpo. Eu não posso ficar porque as borboletas morreram, o jardim morreu, o sentimento morreu. Eu não posso ficar porque sei que não vou suportar ser “a outra” mais uma vez. Meu coração, apesar de tantas defesas, é fraco e ingênuo, e eu preciso tê-lo de volta. Eu não posso ficar porque você vai continuar mexendo comigo e me fazendo mudar de ideia. Porque, na tua presença, eu esqueço de ser racional e faço o que meu corpo e meu coração querem. Mas quando eu me afasto, consigo ver com clareza que só tô me colocando mais e mais em um lugar do qual não poderei mais sair. Eu não posso ficar porque tu não tá se esforçando pra me ter de volta, e, mesmo sendo muito difícil dizer adeus, essa tua atitude prova que o melhor é ir embora.
—  Escreviar.
2016

Todos os anos passados são um ensinamento pro que está por vir.
Em 2016 eu aprendi a ter responsabilidades, aprendi que a vida adulta é bem mais difícil e que eu só podia estar ficando louca quando desejei crescer. Aprendi a resolver meus problemas sozinha, a não ficar só dependendo dos meus pais. Aprendi que chorar limpa a alma e que não devemos prender o choro, Aprendi que nem todas as amizades são pra sempre, que eles vem, ocupam lugar e depois se vão. Aprendi que não é só as pessoas que erram comigo, que eu também erro com bastante gente e preciso ser madura o suficiente pra saber me desculpar, aprendi que nem todos os namoros duram, que se não for com a pessoa certa se deve terminar sem medo, aprendi que amor é liberdade e não prisão, aprendi a amar a todos, a não perder tempo com brigas e rixas infantis, que odiar as pessoas faz mal para si mesmo e não aquela pessoa. Aprendi que a paz é você quem faz, que manter a calma é difícil, mas explodir em cima das pessoas é falta de educação. Aprendi que ser rebelde, que aproveitar a vida da maneira errada, na farra, é a mais pura ilusão, que quando acaba a diversão momentânea com os amigos, você fica sozinho na sua cama pensando no quanto você é inútil.
Aprendi a amar e que o amor aparece quando não vemos.
Nesse ano que hoje é o último dia que se presencia…
Chorei
Sorri
Terminei namoro
Fiquei com outros
Fui pedida em namoro
Não aceitei
Trabalhei
Entrei num mundo sombrio
Encontrei más companhias
Fiz o errado
Consegui fugir
Fui despedida do trabalho
Voltei a ser a mesma de antes
Namorei
Sofri
Me decepcionei
Não amei
Terminei
Carenciei
Desejei amor
Encontrei outra pessoa
Amo
Aprendi a valorizar meus pais
Quebrei a cara muitas vezes
Perdi amizades
Fiz novas amizades
Fiz desse ano um drama, um filme, mas saí viva.
Eu sei que você aprendeu muito no seu ano, chegar até aqui é mérito seu, por ter sido forte pra enfrentar cada desafio. Mas sinto em dizer, ano que vem vai ser pior, se prepare, se esforce, lute, não desista, você consegue!

Eu mudei porque amadureci. Mudei porque passei por tantas e tão diversas experiências que consegui aprender com meus próprios erros, mudei porque me decepcionei com amigos, mudei porque me decepcionei com amores, mudei porque conheci pessoas tão especiais que fui capaz de me inspirar por elas e me espelhar nelas para me tornar uma pessoa diferente, talvez uma pessoa melhor! O tempo passou, eu mudei e nem tudo, nem todos, me acompanharam.