md:c

Estou aqui pensando como alguém pode amar tanto uma pessoa a ponto de deixar de ser seu. Isso soa tão doentio quando se lê assim. Mas tão romântico entre nós dois, que achei que não iria ter fim.
—  O Diário de Clarice