mcdxliv

MCDXLIV

Há dias, numa visita a uma casa senhorial do Minho, a simpática guia que nos acompanhava falou no “setenta e cinco aniversário” de alguém ligado ao monumento. No final da visita, discretamente, fiz-lhe notar que a referência numérica que ela havia feito estava talvez demasiado marcada pelo facto de muitos visitantes serem galegos – na Galiza diz-se “o setenta e cinco aniversário” – dado que, em…

View On WordPress