may boley

Cheguei em casa após um longo dia de trabalho, estava cansado, mas não era só um cansaço físico. Estava cansado da rotina, dos dias quentes e principalmente das longas noites de frio sem ele. Me joguei sob o sofá e logo em seguida tirei meus sapatos, e após alguns instantes me levantei e fui em direção ao som, coloquei uma musica bem baixinho, pequei meu maço de cigarro, um dixavador, a minha seda e bolei um beck e o fumei. Alguns minutos depois eu estava totalmente fora da realidade, uma alegria invadiu meu ser, um sorriso brotou em meu rosto e o mundo da fantasia bateu à minha porta ▬ que sensação maravilhosa! ▬ só existe uma sensação melhor que essa: amar e ser amado. Mas depois que o amor acaba, serve qualquer droga pra tapar o buraco que ficou . Algumas horas depois, eu recebo uma mensagem dizendo que eu devia me cuidar, parar de usar drogas e que eu devia seguir em frente, que era preciso seguir em frente, assim como ele havia seguido. Peguei o celular e joguei contra a parede, enfurecido me levantei quase sem forças e bolei mais um beck, fui até a geladeira e peguei uma garrafa de tequila e comecei a encher a cara. Entrei uma luta constante pra te esquecer, te superar, mas naquela noite, eu só consegui me entorpecer de você, mas do que qualquer outra droga.
—  Curitiba, 29 de Dezembro, Otimizei.