martinho

‘Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.’ (Mateus 20.16). Eis, portanto, o resumo desse Evangelho: ninguém está tão elevado, nem atingirá um ponto tão alto, que não tivesse que temer de vir a ser o mais baixo. Por outro lado, ninguém está tão baixo ou pode cair tão fundo que não pudesse ter a esperança de vir a ser o primeiro. Aqui fica eliminado todo e qualquer mérito e se glorifica unicamente a bondade de Deus.
—  Bíblia Sagrada com Reflexões de Lutero.

Alguém perguntou a Lutero: “Você sente que foi perdoado?” Ele respondeu: Não, mas tenho tanta certeza quanto existe um Deus no céu! Sentimentos vêm e sentimentos vão, e sentimentos enganam. Mas a minha garantia é a palavra de Deus; nada mais vale a pena acreditar.“


— Martinho Lutero

Martinho Lutero, em um de seus sermões, construiu uma ótima argumentação para nos lembrar frequentemente do evangelho e de seus efeitos sobre as nossas vidas: “Você está entre aqueles que dizem: ‘Eu já ouvi tudo isso [o evangelho] anteriormente; por que devo ouvi-lo novamente?’ Se assim for, seu coração se tornou insensível, saciado e sem vergonha, e essa comida não tem sabor para você. Essa é a mesma coisa que aconteceu com os judeus no deserto, quando se cansaram de comer o maná. Contudo, se você é um cristão, nunca se cansará, mas desejará ouvir essa mensagem muitas vezes e falará sobre ela para sempre”.
Os israelitas se cansaram de comer o maná. Você se cansou de banquetear sua alma nas verdades do evangelho?
—  Livro “Vislumbres da Graça”, de Gloria Furman.
Deus me prometeu e deu um sinal certo de Sua graça nos sacramentos: a vida de Cristo venceu a minha morte em Sua morte; Sua obediência aniquilou meu pecado em Seu sofrimento; Seu amor destruiu meu inferno em Seu desamparo. O sinal, a promessa de minha salvação, não mentirá nem me enganará. Deus o disse e Deus não pode mentir.
—  Martinho Lutero – Obras Selecionadas Vol. 1, citado em “Bíblia de Sagrada com Reflexões de Lutero”