marescotti

4 febbraio ... "i nati oggi"

4 febbraio … “i nati oggi” ‪#‎auguridicompleanno‬ ‪#‎personaggipubblici‬ ‪#‎vivononellenostregiornate‬ ‪#‎perfettamentechic‬ ‪#‎felicementechic‬ ‪#‎lynda‬

1995: Aynur Toleuova, modella kazaka

External image

1993: Izol’da Djuchauk, attrice tedesca

External image

1990: Laura Glavan, attrice romena

External image

1989: Larissa Ramos, modella brasiliana

External image

1982: Kimberly Wyatt, cantante, ballerina e coreografa statunitense

External image

1979: Cinzia Molena, attrice e modella italiana

External image

1979: Mareva Galanter, modella, attrice e cantante francese

External image

1978: Laurence Borremans, modella belga

External image

1975: Martina Thorogood

View On WordPress

Ó Deus, que prometestes habitar nos corações puros, dai-nos, pela intercessão de Santa Jacinta de Marescotti, viver de tal modo que possais fazer em nós a vossa morada. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Santa Jacinta de Marescotti, rogai por nos! 🙏❤⛪

vimeo

Una storia di Design e Tecnologia: intervista all'architetto italiano Francesco Marescotti per ‪#‎storiedistileitaliano‬ prodotto da www.thestorytellers.it. Grazie alla nostra inviata e storyhunter Sabina Adelaide Casazza e FMDsign 

cultura-barocca.com
Un erudito del ponente ligure a contatto con l'Accademismo di Siena nel Seicento

Aprosio da Siena si spostò molto per visitare tanti luoghi come Montepulciano, Poppi, Monte San Savino, Sinalunga, Chianciano, Montalcino, Grosseto ed altre località, ma pure per immedesimarsi a fondo con l'accademismo senese, stringendo amicizia con tanti tra cui inizialmente Alcibiade Lucarini, B. Ferri, il Marescotti, Claudio Tolomei…

Tagged by @triforceangel

Name: Lizzie

Star sign: Scorpio

Height: 5 feet 2 inches? i think? 

Average hours of sleep: 7 or 8? 

Lucky number(s): 7, 13, and 14

Last thing I googled: Legend of Zelda wii u trailer 

Number of blankets I sleep with: 5 hee I love snuggling with my blankets

Favorite fictional characters: Alfred F. Jones, Arthur Kirkland, aph Italy, aph Germany, aph Spain, aph Romano, Howl, Sophie, Yuki Eiri, Shuichi Shindou, Juliet Capulet, Romeo Montague, Juliet Tolomei, Romeo Marescotti, Ciel Phantomhive, Sebastian Michaelis, annnddd a BUNCH more

Favorite novel(s): The False Prince series, A Night Divided, Juliet anddd so many more

What are you wearing right now: Navy blue knee high socks with stars and moons on them, black jeans, a camouflage long sleeve shirt, a leather vest, a green earring in my second earring hole, a contract black butler earring in my first earring hole, my promise ring from my boyfriend, my hair tie on my right wrist, and my heart piece necklace.  

When did I start this blog?: abouuuttt two years ago? 

Amount of followers?: 238

What do I post mostly: Mostly my OTP, Hetalia, stuff that makes me laugh, and cute anime fluff or stuff that is so true it hurts

Do I run any other blogs?: MAJORLY YES. @askshuichishindou, @franadaforever, and @cosplaybaymax

What made me get a tumblr?: Out of fun and my sister encouraged me to  

Do I get a lot of asks: not really but it would be fun to answer a lot 

Why did I get this URL: I’ve used this url a lot actually, plus usuk is my ultimate OTP 

Tagging: @on-cloud-nein (you’re so awesome!!) @thatsthat24  You don’t have to do that if you don’t want to!! 

Ci sono pochi sapori che possono eguagliare quello di un martini cocktail supportato dall’aromatico “Bombay”, con la scorzetta di limone e accompagnati dalle patatine fritte ancora calde spruzzate da un po’ di tabasco. Se avrò coscienza di essere arrivato al terz’ultimo respiro della mia vita, gli ultimi due saranno per sorseggiare questo divino nettare non prima di aver pulito la bocca da un biccchiere d’acqua senza bolle per rendere più preciso il piacere della lingua pizzicata dalle prime gocce di Bombay. Solo con un “martini” tra le mani si possono sopporare certi tramonti genovesi, che scendono sfattti come in un teatro di posa dove crolla il sipario rosso improvvisamente e tutt’intorno la foschia che sale dal mare inumidisce il pensiero e rende le cose vaghe come fantasmi. Solo con un “martini” in mano puoi resistere al sopravvento dell’oscurità e della nebbia, della mortale, nevrotica noia di chi si affanna tutto il giorno a rincorrere il tempo e la vita nell’ordinaria sobrietà della follia quotidiana. Con due ancora meglio. “I martini sono come le tette uno è poco tre sono troppi” Humphrey Bogart.

30/01

Santa Jacinta Marescotti


Em Roma, em 1585, nasceu Jacinta, dentro de uma família muito nobre, religiosa, com posses, mas que possuía, principalmente, a devoção, o amor acima de tudo. Seus pais faziam de tudo para que os filhos conhecessem Jesus e recebessem uma ótima educação.

Jacinta Marescotti que, então, tinha como nome de batismo Clarisse, foi colocada num convento para a sua educação, numa escola franciscana, juntamente com as irmãs. Uma das irmãs dela já era religiosa franciscana.

Crescendo na educação religiosa, com valores. No entanto, a boa formação sempre respeita a liberdade. Já moça e distante daqueles valores por opção, ela quis casar-se. Saiu da vida religiosa, começou a percorrer caminhos numa vida de pecados, entregue à vaidade, à formosura e aos prazeres. Enfim, ia se esvaziando. Até que outra irmã sua veio a se casar. Sua reação não foi de alegria ou de festa, pelo contrário, com inveja e revolta ela resolveu entrar novamente na vida religiosa.

A consequência foi muito linda, porque ao entrar nesse segundo tempo, ela voltou como estava: vazia, empurrada por ela própria, pela revolta. Lá dentro, ela foi visitada por sofrimentos. Seu pai, que tanto ela amava e que lhe dava respaldo material, faleceu, foi assassinado. Ela pegou uma enfermidade que a levou à beira da morte. Naquele momento de dor, ela pôde rever a sua vida e perceber o quanto Deus a amava e o quanto ela não correspondia a esse amor.

Arrependeu-se, quis confessar-se e o sacerdote foi muito firme, inspirado naquele momento a dizer: “Eu só entro para o sacramento da reconciliação se sair, do quarto dela, tudo aquilo que está marcado pelo luxo e pela vaidade”.

Até as suas vestes eram de seda, diferente das outras irmãs. Ela aceitou, pois já estava num processo de conversão. Arrependeu-se, confessou-se e, dentro do convento, começou a converter-se.

Jacinta Marescotti de tal forma empenhou-se na vida de oração, de pobreza, de castidade e vivência da regra que tornou-se, mais tarde, mestra de noviças e superiora do convento.

Deus faz maravilhas na vida de quem se deixa converter pelo Seu amor.
Santa Jacinta Marescotti, rogai por nós!

http://santo.cancaonova.com/santo/santa-jacinta-marescotti-mestra-das-novicas/