mandei errado

REAÇÃO DO BTS se você (a namorada) batesse nele por estar com raiva.

Rap Monster (Kim Namjoon): Você ajudava Namjoon a arrumar a mala, enquanto ele jogava as roupas na cama você dobrava e tentava achar espaço para guardar todas as peças. Vocês riam de algo que ele tinha feito até que você abrisse o zíper de um dos bolsos da mala para poder por os sapatos e se deparou com um sutiã preto. Namjoon perceberia que você havia parado de rir e te abraçaria por trás para ver o que você tinha em mãos, sorrindo em seguida.

Ele não entenderia seu ataque de raiva e muito menos quando você usasse os cotovelos para sair daquele abraço, acertando a barriga do outro.

“S/N, qual o seu problema? Esse sutiã é seu!”

Suga (Min Yoongi): Uma prima dele havia ficado a noite inteira se insinuando e o idiota não disse nada quando a mesma sentou em seu colo, justificando aquilo com a falta de cadeiras. Ao chegar em sua casa, você começou uma discussão com o homem que mantinha totalmente a calma, quando Yoongi segurasse seu braço para pedir que ficasse mais calma você acertaria um forte tapa em seu rosto levada pela raiva.

Ele ficaria indignado e principalmente irritado, soltaria seu braço bruscamente e sumiria pelos corredores com a mochila para tomar um banho e talvez escrever uma nova música e evitar fazer algo ruim com quem ama.

“Se você quer ser o tipo que bate e depois pergunta, seja sozinha.”

Jungkook (Jeon Jungkook): Vocês não eram de discutir, mas ultimamente Jungkook estava com muito ciúmes e isso te deixava irritada as vezes.

Naquele dia vocês foram jantar fora e ele sismou que o cara da mesa ao lado não parava de te olhar, não demorou muito para ele levantar da mesa exaltado e começar a xingar o homem. Você tentava puxa-lo para longe e só teve exito quando um segurança apareceu.

Sem graça, você percebeu que o restaurante todo olhava e se levantou pegando sua bolsa e saindo do lugar, Jungkook veio atrás de você chamando por seu nome e quando alcançou seu braço você o empurrou com força, fazendo o menino se desequilibrar e cair.

Você se assustou com a própria ação e imaginou que naquele momento o garoto acertaria um tapa em seu rosto, mas ao invés disso ele apenas bateu a poeira das roupas e foi até o carro.

“Vamos embora daqui…” - diria com a voz embargada, em consciência de todas as crises sem motivo de ciúmes que estava tendo.

Jin (Kim Seokjin): Ele nunca levantaria a mão para você, apenas aceitaria o tapa de boca fechada e sem reclamar, achando sempre que o merecia. Depois que você se acalmasse ele iria querer conversar e por tudo em pratos limpos.

“Eu amo tudo em você, inclusive seus tapas, mas prefiro mil vezes quando opta por beijos meu anjo.”

Jimin (Park Ji-min): Para você não era coisa da sua cabeça como o Park falava, em sua mente estava bem claro que ele havia encarado as pernas da mulher que passara por vocês usando uma tira de tecido ao invés de uma saia. Se afastaria fazendo ele tirar os braços de seu ombro e quando entrasse no dormitório e ele tentasse se aproximar você o empurraria com força, negando qualquer carinho. O garoto bateria as costas da porta com força e acertaria a maçaneta, machucando o quadril, irritada você nem sequer notaria.

Jimin ficaria irritado por sua desconfiança e sairia do local, te deixando sozinha na sala e analisaria a marca roxa que a maçaneta havia formado no espelho do quarto.

“Só falta a louca achar que é um chupão.”

V (Kim Taehyung): A mensagem do número desconhecido apitou no celular do seu namorado que tomava banho em sua casa, era de manhã e ele havia passado a noite ali. Sem ver maldade alguma você pegou o celular e se surpreendeu com o que estava escrito.

MS: “Estou com saudades de dormir com você, quando podemos nos ver?”

Assim que leu aquilo seu coração apertou e naquele instante Tae entrou no quarto com a toalha envolta da cintura, viu o celular em sua mão mas não se importou, ele não tinha nada com o que se preocupar (pelo menos era o que pensava). Aproximou-se de você e quando foi selar seus lábios sentiu o forte tapa, fazendo seu rosto virar.

Ele te olharia surpreso e de olhos arregalados e você jogaria o celular em cima dele, mandando que fosse logo matar as saudades de seja lá quem for. Quando V leu a mensagem foi atrás de você que estava na sala, sentada no chão e encostada no sofá.

V: Amor, eu não sei quem é essa pessoa, é um número desconhecido eu nunca trairia você.

S/N: Sai daqui Tae.

Naquele momento uma nova mensagem chegaria e Tae suspiraria aliviado, ainda de toalha abaixaria a sua frente e pediria para que lesse a nova mensagem mas você apenas gritaria para que ele saísse. Bufando ele jogaria o celular no sofá e sumiria para dentro do quarto novamente. Sem resistir você pegou o celular e sentiu o arrependimento dentro de ti.

MS: OMG! Desculpa, mandei para o número errado!

J-Hope (Jung Hoseok): Hoseok daria um belo grito de dor quando você o atingisse em cheio e recuaria, estaria surpreso e até assustado com sua atitude e optaria por ficar calado o resto do dia, só se manifestando quando você viesse pedir desculpas, ele ficaria chateado, mas nunca revidaria, nem em uma brincadeira.

Eu lembro do dia em que te conheci, lembro de ter repetido baixinho umas quinze vezes  "eu não posso me apaixonar, eu não posso me apaixonar, eu não vou me apaixonar" e nesse mesmo dia passamos horas trocando confidências, e eu ficava com aquele pensamento na cabeça, mas a cada sorriso que você me arrancava o pensamento ficava menor, ia desaparecendo, sucumbindo. um dia, enquanto eu estava sentada lendo um livro da nossa autora em comum preferida começou a tocar no rádio aquela música que eu tinha te mandado e eu pulei do sofá e digitei “sintoniza na 92.9, tá tocando nossa música” ainda acrescentei um emoji apaixonado, enviei e quando reli fiquei com o coração na mão, pensando “se ele responder eu não vou nem querer ler, mas se ele não responder eu vou querer morrer”, fiquei com o celular na mão e voltei a ler, eu não conseguia me concentrar nem na música, nem no livro, eu só estava esperando o celular vibrar, nada acontecia. - Meu Deus, eu tenho certeza que vou morrer se eu continuar nessa aflição, onde é que desfaz?
Eu peguei o celular e digitei “amigo, mandei errado :*” mas não enviei, eu não tinha mandado errado, eu apenas não sabia se eu estava certa. Ele ficou online. Ele começou a digitar e eu saí da conversa, bloqueei o celular, não queria parecer desesperada, vibrou, tentei esperar uns 2min pra abrir a conversa, não aguentei dois segundos, quando vi a resposta, eu sabia que eu ia morrer “E até quem me vê lendo jornal na fila do pão… -”, minha cabeça completou “sabe que eu te encontrei”, mas pera, cadê o “SABE QUE EU TE ENCONTREI???” POR QUE ELE NÃO DISSE QUE ME ENCONTROU? POR ACASO ELE NÃO SABE QUE ME ENCONTROU? SERÁ QUE ELE CAIU E ESQUECEU QUE JÁ ME ENCONTROU?  Tenho certeza que eu vou morrer, vou acelerar esse processo de morte, digitei: “Sabe que eu te encontrei e ninguém dirá que é tarde demais(…) ENCONTREI?” ENVIEI.
Fiquei contando os segundos pra decretar a hora certa da minha morte, ele não respondia, não vai responder. “Paciente:  Alice Nobre. Hora da morte: 23h37min. Causa da morte: IMPACIÊNCIA E VÍTIMA DE SUPOSTA REJEIÇÃO. Local da morte: Sofá da sala”. Suspirei, era tudo que eu poderia fazer, vibrou, AHHHHHH MEU DEUS, VIBROU. Dessa vez eu não tinha coragem pra ler, sinto um arrependimento imenso de ter mandado aquilo, tenho certeza que nada de bom vai surgir, eu desbloqueio e de repente leio “claro que encontrou” ele continua digitando e eu morrendo aos poucos, recebo “você é minha amiguinha, conte comigo pra tudo, com certeza você encontrou e eu não vou te largar mais.” Fiquei lendo e relendo aquilo, tenho certeza que se eu tivesse problema de coração teria infartado naquele segundo, broxei, como é que o cara me diz isso??? Inspirei, suspirei. O que eu poderia responder? “Sou sua amiguinha e você não vai me largar mais??? Essa música é de amor, João, AMOR, não de amiguinhos, não de amorzinho, mas de amor, AQUELE TIPO DE AMOR QUE É PRA TER PEGADA, PRA MARCAR, PRA NÃO ESQUECER, É AMOOOOOOOR, JOÃO, não tenho como continuar com isso, quer saber de uma coisa, você é uma FARSA e adeus. Não é até logo, João, é ADEUS.” Claro que eu quis enviar isso, mas não enviei, como eu poderia dizer adeus pra ele depois de ele me dizer que sou a amiguinha dele? Eu recortei o texto e digitei “_|_” depois enviei, sem nenhum arrependimento, ele me respondeu com um emoji de coração, eu não aguentei, ironia demais pra minha impaciência, colei o texto e enviei. E ainda completei com um beijinho de coração. Ele respondeu com “WHAT? YOU KNOW I LOVE YOU AND DON’T COME WITH GOODBYE.” A mania ridícula dele de escrever inglês quando sabe que eu pouco sei. Perdi a paciência “É ADEUS, JOÃO. SIMPLESMENTE NÃO INSISTA.” Enviei. Ele não respondeu mais, e quando nos encontramos na rua depois de quase três semanas eu fingi que ele não era nada, mas por dentro existia um vulcão em erupção, mudei de calçada e ele sorriu pra mim, eu sorri de volta e falei sem emitir nenhum som “BABACA”, e ele falou sem emitir nenhum som “I MISS YOU” Eu sorri e falei pra ele ouvir, “AGORA É MAIS BABACA AINDA” ele sorriu, atravessou a calçada e me deu um beijo na boca no meio das minhas amigas, ali eu quase verdadeiramente morri, mas aquele lábio molhando e suave mordendo o meu, aquela mão apertando minha cintura, aquele perfume que me perseguia e agora grudava na minha camisa não me deixava morrer. Me fazia viver. Desde o começo eu sempre soube, “NÃO POSSO ME APAIXONAR, NÃO POSSO ME APAIXONAR, ME APAIXONEI, JÁ ERA, QUE MERDA, EU ME APAIXONEI” mas o melhor de tudo vem agora, ele já era apaixonado desde o começo, eu quem era a cega da história, graças a Deus aquela música tocou pra gente.
—  Não era pra ser sobre você, mas foi. 

ifavgg  asked:

hey anjinho! você pode fazer uns user da amber (do f(x))? ficaria muito agradecida! ~♡ desculpe se mandei no lugar errado, é a primeira vez que faço isso :(

i tried sweetie ♡

↳users

— @amber92s
— @liu92s
— @josephinecafes
— @ambercafes
— @liucafes
— @amberliult
— @liultimates
— @josephineliw

〰  if u save/use, just give a fav or reblog and notice me, okay? enjoy cutie pie!
(’. • ᵕ • .`) ♡
〰  se salvar/usar algum, apenas de fav ou reblog e me avisa, okay? enjoy cutie pie! ♡

Imagine Liam Payne - feito por Ella.

Flores, eu não tive ninguém para me betar (pq eu mandei o texto errado para Isa), eu tentei corrigir, mas sempre escapa algo, me perdoem e avisem, por favor.

Eu estava ficando maluca. Liam e eu estávamos namorando há quase cinco anos e eu nunca tinha visto isso acontecer antes. Ele simplesmente não passava as tardes em casa, aparecia durante a noite com aparência cansada e bagunçada. 

Ele trabalhava durante o período da manhã apenas e sempre avisava se precisava ficar mais tempo para fazer hora extra no estúdio. Durante a última semana ele me ligou dizendo que demoraria no trabalho, então eu relaxava achando normal, isso até eu encontrar com Louis comprando coisas para Freddie o shopping.

-Liberaram vocês mais cedo que o previsto? Liam não me disse nada. 

-Nós saímos no horário normal. Ora, já acabamos a maioria das músicas, não há muito a ser feito. -Louis disse enquanto tentava equilibrar o mais novo membro de sua família e as sacolas de compra nos braços, rapidamente recebendo ajuda da vendedora. 

-Nossa, eu devo ter me confundido então - eu queria muito sair dali o mais rápido possível - Boa sorte com tudo isso - apontei com a cabeça para as compras - Eu vou indo. 

Virei-me e em poucos segundos eu já estava fora da loja, não queria dar brecha para perguntas. 

Eu posso sempre ter gostado de teorias da conspiração, mas parecia tão real na minha cabeça que Liam estava me traindo que eu sentia uma vontade enorme de chorar, mas não conseguia. Minha garganta estava travada e apenas algumas lágrimas silenciosas caíam, entrei no carro derramando um choro sôfrego sem soluços.

Conclui que precisava tirar a história a limpo com Liam, nunca pensei que ele fosse capaz de fazer algo assim, mas a teoria já estava na minha cabeça e eu não conseguiria tira-la sem interrogar meu namorado. 

Nesse mesmo dia ele chegou em casa às dez da noite, realmente não era muito tarde, mas o seu trabalho terminava às duas da tarde, pois os meninos normalmente precisavam da tarde livre para ir à eventos. Nós sempre brincávamos chamando o estúdio de escola, pois apesar de já ter se formado, ele mantinha os mesmos horários de trabalho.

-Amor, eu cheguei. Cadê você? - ele berrou do andar de baixo. 

-Eu estou no quarto. Pode vir aqui? - esperei alguns segundos ouvindo seus passos na escada. 

Ele entrou e veio até mim, segurando minha cintura carinhosamente com uma mão e o lado esquerdo do meu rosto com a outra. Me deu um selinho suave e eu impedi-o de aprofundar o beijo, o que o fez quebrar o beijo confuso. 

-Aconteceu alguma coisa? - ele interrogou me olhando nos olhos sem sair da posição anterior. 

-Eu não sei, me diga você. Por que demorou hoje?  - ele suspirou aliviado. 

-Eu já te disse, amor. Nós estamos gravando feito loucos, o contrato vence em um mês e ainda não acabamos o álbum - afastei-o de mim encarando-o com raiva. 

-Não minta para mim, James! - ele me olhou assustado, sabia que eu só chamava-o assim quando estava raivosa - Vamos, admita. Você estava me traindo, não é? Deixe de ser cara de pau! Vamos, não minta para mim - eu começara a gritar.

-Meu Deus, (s/n) você está louca? Eu nunca faria isso. Qual o seu problema?

-Louca, James? Louca? - ri sarcástica, eu já estava começando a gritar - Explica a minha loucura para o Louis que eu encontrei no shopping hoje à tarde. 

Chamar-me de louca foi o fim da picada. Ele não tinha o mínimo de vergonha na cara? Bem, bom senso eu já estava certa que veio faltando.

-(S/N), amor. Deixe-me explicar - estendeu uma mão na minha direção. Ahhh, agora ele decidia amansar?

-Sai daqui, Liam. Eu não quero te ver agora. - eu amava Liam, não o deixaria sem ouvir sua explicação, mas no momento eu queria tacar um abajur em sua cabeça e nunca mais ouvir sua voz. 

-Não, amor. Eu não fiz nada de errado, a última vez que você disse isso nós ficamos um mês sem nos falar. Isso não pode acontecer novamente. 

Talvez sendo meio infantil, eu me virei para parede e murmurei um “eu não quero olhar para sua cara”. Na verdade eu não queria que ele percebesse as lágrimas nos meus olhos, queria parecer mais forte do que eu realmente era.

Senti ele me abraçar por trás e não me movi, decidi que a melhor forma de ataca-lo seria mostrando falsa indiferença, Liam sempre ficava louco com isso. 

Ouvi-o grunhir e se remexer sem abandonar o meu corpo.

-Está bem, olhe isso. - meu coração falhou e eu gelei na hora.
Ele ainda me abraçava de costas, mas agora me dava um beijo no ombro e tinha um braço esticado no meu campo de visão, este continha uma caixinha de joias fechada. 

-Quer saber o que eu estava fazendo? - eu virei para encará-lo, vi seu rosto nervoso suado sem motivo aparente - eu estava te comprando isso - trouxe a caixinha, agora aberta, novamente para onde eu podia enxergar - um anel de noivado. 

-Quer dizer que… - eu não consegui, e acho que nem precisava, completar a frase. 

-Sim, meu amor. Mas não agora, eu quero fazer um pedido descente. 

Eu abri e fechei a boca várias vezes, não sabia o que falar. Acabei dispensando palavras e pulando no seu colo, enchendo-o de beijos no rosto. 

-Vem cá - ele me deu um beijo de tirar o fôlego, eu estava tão feliz! - eu vou tomar um banho para dormir de conchinha com a minha linda quase noiva. 

Ele me soltou na cama e, com um selinho, começou a andar em direção ao banheiro. 

-A última coisa que nós vamos fazer vai ser dormir, Payne. -ele se virou e me deu um sorriso sacana. 

-Pode deixar, acho que entendi o recado.

anonymous asked:

anjinho, eu gostaria de pedir layoult da jinsoul do loona. e, se pudesse, alguns users do twice. eu <amo> seu tumblr, suas edits são magníficas e deixam meu fc muito mais cutie! ~além de você parecer um amor de pessoa. tenha um agradável dia e se cuide! ~me perdoe se eu mandei pelo lugar errado, sou meio leiga com tumblr...

(posted) aaa-h você não sabe o quanto estou feliz em saber disso! ❥ ҉ muito obrigada por espalhar sua doçura por aqui cherrie pie, hm? sinta-se sempre a vontade aqui, e saiba que eu adoraria bater um papinho com você, hihi. então vamos aos users? eu não sou muito boa com isso mas eu tentei, sweetie! espero que goste. (*๓´╰╯`๓)

↳users

— @littlestwice
— @humoristwice
— @pacifistwice
— @happiestwice
— @womanistwice
— @shyestwice
— @truestwice
— @twicelectrum
— @twicequality


〰  if u save/use, just give a fav or reblog and notice me, okay? enjoy cutie pie!
˶ˆ꒳ˆ˵ ♡
〰  se salvar/usar algum, apenas de fav ou reblog e me avisa, okay? enjoy cutie pie! ˶ˆ꒳ˆ˵♡