maliciusgirl

Sabe qual foi o nosso problema? Foi eu. Eu me doei demais por quem não merecia nem a metade, demonstrei amor em excesso pra uma pessoa que eu duvido muito que entenda o significado dessa palavra, imagine que sinta isso. O problema de tudo foi o meu excesso, eu transbordei sentimentos bons, eu fui ao mais fundo que eu pude pra poder te fazer feliz, e você me afogou.
—  vulgarizei
É que sei lá, sabe? Eu só queria entender o que você quer, se você realmente me quer. Às vezes eu tenho quase certeza que sim, mas em seguida você me cobre de dúvidas. Então, por favor, me ajuda. Me tira dessa paranóia, me diz o que você quer. Olha pra mim e me diz se o que você quer sou eu, porque se for, eu vou lutar até o fim, caso contrário, eu boto um ponto final e cada um segue sua vida. Sem dramas, sem mágoas, só com lembranças de uma história pela metade.
—  vulgarizei
Eu ouvi uma música que dizia exatamente assim “todo mundo tem uma pessoa, aquela pessoa, que não precisa dia e nem hora pra chegar”, e ele talvez seja a minha pessoa. Aquela pessoa que depois de dez ou vinte anos, quando eu falar o nome ou pensar, meu coração vai fraquejar e querer ele. Vai ser aquele cara que se aparecesse no meu casamento me pedindo pra desistir, eu largaria tudo e ia com ele. As vezes parece exagero, talvez ate seja, mas eu não ligo, só eu sei o que sinto, e no fundo só a gente entende o que existe. A gente não se larga, não se assume, não da um passo à frente e nem pra trás. Não sei que isso um dia vai dar em algo, não sei se ele vai ser o cara que vai me aturar rabugenta com meus 70 e tantos anos, contando como nos conhecemos para os nossos netos e o quanto eu era errada, mas que por ele, eu transformei meus erros em acerto. Não sei, a vida é bem mais do que queremos ou imaginamos, mas se ele continuar nela, eu sei que vai valer a pena.
—  vulgarizei
Isso não é um adeus, talvez um até logo, mas nunca um adeus. A gente sempre vai ser da gente, e isso é o que garante que mesmo daqui trinta anos, nós vamos nos ver. Você possivelmente mais maduro e de peito aberto, e quem saiba eu esteja mais segura e disposta a arriscar tudo sem medo nenhum. Nosso amor não veio dessa vida, e vamos nos encontrar em quantas forem preciso até finalmente nos amarmos.
—  vulgarizei
Ele era quem eu queria pra mim, entende? Eu pensei que daria certo, que dessa vez ele era o certo. Confiei, acreditei em cada palavra e me sentia bem quando ele dizia “eu não quero te machucar nunca”. Mas errei. Ele não era o certo, era só mais um entre tantos que entraram na minha vida disposto a arrumar minha bagunça, mas na verdade só desorganizavam tudo. Ele foi só mais um que me fez acreditar que tudo um dia mudaria, mas que acabou me provando ao contrário. Ele é só mais um, entende? E eu já superei outros iguais a ele. Já passei por isso outras vezes, me desapeguei e entendi que certas dores não valem a pena ser sentida. Não será diferente dessa vez, né?! Eu apago tudo dele, saio, bebo e vou me perdendo em outras bocas, assim como ele fez com que eu me perdesse nele. Não deve ser tão complicado assim, eu já quebrei a cara tantas vezes, e com ele não será diferente. Se ele não mudou, eu quem irei mudar, mas será pra longe dele. Ele era quem eu queria pra mim, mas eu não fui quem ele quis.
—  vulgarizei
É engraçado quando aparece aquela pessoa que da cor a tua vida, te traz paz e segurança. Aquela pessoa que estando ao teu lado, pode acontecer uma guerra lá fora, mas aonde vocês estão vira calmaria. Essa pessoa é capaz de transformar as noites mais conturbadas, em sossego. Aquece teu coração e te motiva a seguir. É bom, né? Ter aquela pessoa que é a sua pessoa.
—  vulgarizei