mais-com-menos

Sem esse mimimi de que tudo tem que ser recíproco. Não tem que ser coisa nenhuma, nós queremos que seja, é diferente. É diferente porque não é uma obrigação e muito menos uma tendência a ser seguida, é uma circunstância. Pode acontecer? Sim, e se assim for, ótimo. Mas p-o-d-e acontecer, é uma possibilidade e apenas isso. Mas o “não poder”, não agrada, não é bonito e por isso não vende, até porque não tem quem compre. Mas presta atenção aqui, as vezes não acontece, não rola,  não toca, sabe? Não tem aquele… como é que dizem por aí? Click, né? É. As vezes não clica, não soma, não corresponde. É querer somar mais com menos e querer mais, querer plantar mamão e colher abacaxi. É saber que é alérgico a amendoim, comer paçoca e colocar a culpa no vendedor da paçoca, na tia que fez a paçoca e até em Deus que deu a vida a tia que fez a paçoca, que vendeu a paçoca que você escolheu comprar. Falta de reciprocidade não é a doença do século. A doença do século é querer ditar o que os outros devem ser, o que devem gostar, querer, é saber que é não e insistir no sim á qualquer custo, pior ainda, é impor isso aos outros como se isso fosse o certo.
—  DESENCONTROU.
Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Afinal, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem beijos quentes ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de bonito. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta. Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que as vezes me cansa. Por isso, não me venha com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, voracidade e falta de ar.
—  Clarice Lispector.

“ Talvez você encontre alguém melhor. Com mais maturidade que eu, com menos orgulho, com mais experiência, com menos… Problemas. Alguém que não seja um problema em si. Alguém que vai facilitar tudo pra você, ao invés de dificultar mais ainda, tá me entendendo? Alguém que vai te proteger e afastar de tudo que te assusta, alguém que vai compreender teus medos bobos e que vai te dar colo naqueles teus momentos sensíveis e acessos de choro. Que vai saber as coisas certas pra dizer e a hora certa de dizer também. Que vai respeitar teu tempo e espaço. Que não vai ter orgulho quando se trata de você. Que andaria até a puta que pariu a pé só pra ver teu rosto. Que escalaria o Monte Everest se isso fosse o necessário pra arrancar um sorriso isso de ti. Que iria até o fim do mundo pra conceder teus desejos e vontades. Mas, namoral? Achar alguém que te ame mais do que eu… Isso aí já vai ser difícil. Enfim, boa sorte aí.

não quero te desencorajar, mas sua corrida incessante em esquecer o que mais quer relembrar é em vão.

quando menos esperar meu cheiro vai estar lá, no meio daquela foda mais ou menos morna que te faz passar o tempo, e você vai lembrar de como suas pernas tremiam só em sentir te tocar, e vai imaginar, vai pedir pra que fosse eu, ali, te fodendo de quatro. eu vou estar lá nos seus desejos mais sacanas enquanto você mais ou menos goza com sua fodinha que te dá forças pra passar os dias.

cê é de um tempo quando eu só ouvia rock atrás de rock, sabia os nomes de cada jogador do barcelona, as posições. eu tinha o maior cabelão que não cuidava, não dava conta, não tinha saco. eu não usava maquiagem, não desenhava, escrevia textos mais curtos, com menos pontuação. cê é dessa época quando eu não abraçava muito, quando eu ainda sabia só os acordes básicos do violão e pensava que um dia ia dar certo com a guitarra. e eu tinha uma meia dúzia de amigos que eu nem conhecia, pra ser honesta. tinha uma penca de vontades e certezas que hoje parecem pozinho de tang que engulo às pressas a caminho da faculdade. e eu te perdoo por estar meio obsoleto no mural de fotos me dizendo silenciosamente que sente uma saudade que não age. porque você sabe: saudade costuma mover a gente pra algum lugar, que seja o chão do banheiro pra chorar, mas move. mas a sua saudade é estática. faz uma faltazinha mínima e toca pra frente, como quem dá um soluço só e passa. cê é das antigas, de quando eu tinha aquelas feridas abertas e escondia debaixo da roupa e não sabia como estancar. em algum desses momentos eu me entupi de mpb, jazz e um pouquinho de eletrônica nas festas. aprendi uns acordes novos, larguei de vez a guitarra, parei de assistir futebol. escrevo umas coisas esquizofrênicas e fui lentamente te deixando pra trás, congelado nas fotos do moral. e eu respeito esse nosso estilo de saudade, porque ela é própria respeitosa no não agir dela: deixa que a vida toque em continuidade, dessa vez embalada pelas melodias certas. sem isso de ‘se ama vai atrás’. amor é dar espaço, dar tempo, dar distância. tem flor que só germina em nevasca.

Eu acredito que tudo que acontece na nossa vida tem um motivo maior por trás. Desde o dedinho que eu bato na mesinha da sala, ao cara que quebrou meu coração. Aparentemente são situações totalmente diferentes, mas se olharmos de perto, nem tanto. Quando você se apaixona, você tem aquela sensação de pés fora do chão, parece que tudo é mágico e eterno, tudo parece…certo, não é? É como se estivesse passando aquele seriado que você adora na TV e você corre com tudo pela sala para se jogar no sofá, quando de repente, algo te impede de chegar lá, e adivinha o que é? Aquela maldita mesinha, aquela mesma mesinha que sempre esteve ali.  Daí você pula de um lado pro outro, alguns xingam internamente nomes que talvez nem existam, outros gritam para que qualquer pessoa escute, mas, ainda tem aqueles que não perdem a compostura, engolem o choro e fingem que nada aconteceu. Essa mesinha é aquele cara que quebrou meu coração. Ele causou dor, mas nem sempre foi assim. Antes, ele encantou minha sala, minha vida, trouxe momentos incríveis, presenciou minhas idas, minhas voltas, meus risos, minhas lágrimas, minhas perdas e meus ganhos, fez meu coração sorrir por diversas vezes. Assim como aquela mesinha. ele sempre esteve aqui, presente. Mas talvez, minha vontade tenha sido maior que o passo, talvez eu tenha perdido a noção de espaço e do tempo. Eu que nunca fui boa com exatas, errei no jogo do sinal. Menos com mais é menos, e eu sempre fui mais, mais ele, mais ele do que eu, mais ele do que todos. mais ele do que nós dois juntos. Aprendi que dói, dói muito, parece ser insuportável, mas passa. Sempre passa. Talvez não seja necessário jogar a mesinha fora, as vezes o melhor é trocá-la de lugar. Mas sabe a maior lição de todas? Ser mais nem sempre é o melhor, o melhor é o “pouco a pouco”, pode demorar, mas a gente chega lá, na sala, no sofá, em qualquer lugar.
—  Laryssa Oliveira in Desencontrou.

❥ Olá pessoas, aqui está pra vocês mais uma REVISTA TIFFANY’S, e nesta nova edição, nosso tema é: DIAS DE TPM!

❥ Mas antes de dar inicio ao nosso tema, vamos apresentar a vocês nossa capa: Letícia, 15 anos, e seu tumblr é @vodkeria (ela merece o follow de vocês).

❣ DIAS DE TPM ❣

Muita gente não sabe o que é TPM, acha que é só “frescura” das mulheres e as até mesmo nós mulheres não ligamos pra isso. Mas afinal de contas, o que é TPM?

A TPM ou Síndrome pré-menstrual é o período cíclico que precede a menstruação. Nesse intervalo de tempo, podem aparecer sintomas psíquicos e físicos, que geralmente desaparecem no primeiro dia do fluxo menstrual. Em algumas mulheres, a TPM é interrompida somente com o fim do fluxo.

Sintomas:
Os sintomas na TPM podem ser físicos ou emocionais causando desconforto na mulher. As principais características são:

Sintomas Emocionais:

➳Depressão
➳Necessidade de chorar
➳Irritabilidade
➳Ansiedade
➳Fome em excesso ou falta de apetite
➳Dificuldade de concentração, entre outros.

Sintomas Físicos:

➳Dor de cabeça
➳Aumento de peso
➳Dores osteomusculares
➳Distensão gasosa.
➳Acne
➳Inchaço na região da mama
➳Prisão de ventre, entre outros.

Para caracterizar a TPM não é necessária a ocorrência de todos esses fatores, que devem desaparecer com o fluxo para serem chamados de síndrome pré-menstrual.

Convivendo com a Tpm:
Para muitas mulheres, a TPM pode atrapalhar as tarefas diárias, sejam profissionais ou pessoais.  Para amenizar os sintomas da TPM, sugerimos as seguintes dicas:

➳Realize atividades que proporcionem bem-estar, como passear no parque.
➳Faça uma atividade física. Pode ser uma caminhada ao ar livre, andar de bicicleta, nadar ou jogar tênis. Isso ajuda a reduzir a tensão e a melhorar a autoestima
➳Evite agendar compromissos importantes para os dias que antecedem a sua menstruação.
➳Procure cuidar de seu corpo, mesmo que você não vá sair de casa. Isso também ajuda a elevar a sua autoestima.
➳Afaste os pensamentos negativos, seja otimista e mentalize coisas boas.
➳Procure fazer uma alimentação balanceada com verduras, frutas e legumes.
➳Diminua o sal. Ele ajuda a desencadear os inchaços, pois contribui na retenção de líquidos.
➳Redobre os cuidados com a pele. O aumento de oleosidade da pele e surgimento de acnes está relacionado com esse período. Por isso, a boa alimentação é fundamental
➳Evite o consumo excessivo de carboidratos e açúcares, como doces, chocolates e amendoim.

❥ Algumas integrantes da Família Tiffany também deram algumas dicas pra vocês, o que cada uma faz quando está na TPM:

Nats: Eu quando estou nesses dias chatos evito muito fazer coisas que me estressam, assisto alguns filmes que eu gosto e mesmo não podendo como chocolate porque as vezes dar certo pra algumas meninas (pra mim dá).

Viih: Quando eu tô na tpm eu como muito chocolate, vejo muitas séries/filmes e ouço várias músicas pra me distrair. Tento me afastar de coisas que sei que vão me deixar bolada e pior do que já estou.

Anny: Se estou com cólica eu deito de barriga pra baixo encima do travesseiro// TPM eu durmo pq aí eu não me estresso.

Lets: Quando eu tô na tpm eu como chocolate, vejo séries e leio livros, e ouço músicas tristes.

Nina: Se eu estiver com cólica ponho um lencinho morno na barriga, na TPM eu só como coisa doce.

Dani: Eu quando estou de tpm como chocolate e sorvete, e também evito de conversar com as pessoas, pq eu fico um poço de patada. E amo ficar deitada na minha cama fazendo vários nada, mas quietinha.

Homens, também temos dicas pra vocês que não sabem lidar com sua mina, com sua amiga ou com sua mãe quando ela está naqueles dias, sabemos o quanto é difícil, por isso prestem bastante atenção!

Dicas sobre como lidar com mulher na TPM

♡ Procure entender como funciona o calendário da TPM da mulher e saiba antecipadamente que ela está entrando da tensão pré-menstrual. Se ela tiver um ciclo menstrual regular, o mais comum é que no mesmo dia de todos os meses ela passe alguns dias com o seu comportamento alterado.

Quando você identificar que ela está na TPM evite conversas que podem levar a brigas ou mesmo qualquer tipo de papo um pouco mais sério, seja sobre vocês ou sobre qualquer outro assunto.

Procure ao máximo não discordar da mulher na TPM, ainda mais daquelas coisas banais do dia-a-dia. No entanto, se ela o está acusando de alguma coisa ou falando algo que você se sente na obrigação de argumentar, procure segurar o impulso e guardar a conversa para alguns dias depois. É bem provável que ela mesma se desculpe se tiver pegado pesado.

Não ouse falar coisas do tipo “você está assim por causa de TPM”, no sentido de criticar a sua atitude. Isso pode deixar a mulher ainda mais nervosa ou chorosa, conforme a atitude que ela esteja tendo.

Dê carinho e atenção à gata nesse momento se ela é do tipo que na TPM fica cabisbaixa, chateada e triste. Proponha um passeio, mas nada muito pesado, uma caminhada ou jantar fora pode ser melhor do que sair para a balada.

Se durante a TPM ela fica mais quieta e desanimada para realizar atividades diferentes, respeite o seu pique. Ela pode sentir ainda alguns sintomas físicos da TPM e que precedem a menstruação, assim, pode sentir dor e desconforto.

Não exija dela a tomada de decisões ou que vocês comecem a pensar em planos para o futuro, como programar as férias. A TPM pode durar menos de uma semana, por isso, não custa nada você aguardar alguns dias.

Nem ouse dizer que ela está comendo demais ou que parece que engordou. Nesse período a mulher pode sentir mais fome e ficar inchada. Esse tipo de comentário, aliás, nunca se faz a uma mulher, mas se você ainda não sabe disso, evite inclusive na TPM.

Se vocês tiverem filhos procure tirar um pouco da carga das responsabilidades dos ombros da mulher, deixe-a mais livre para descansar. Uma mãozinha nessa hora é essencial, até porque ela pode se sentir um pouco mais cansada e com menos ritmo. Você pode buscar as crianças na escola e dar mais atenção a elas na hora do dever de casa.

—————————————————————————————————-

❣ SIGNO DO MÊS: ÁRIES ❣

Atenção aos que nasceram do dia 21/03 ao 19/04 olha o signo de vocês brilhando aqui.

Descrição: O ariano é uma pessoa cheia de energia e entusiasmo. Pioneiro e aventureiro, lhe encantam as metas, a liberdade e as ideias novas.

Os arianos gostam de liderar e preferem dar instruções a recebê-las. São independentes e preocupados com sua própria ambição e objetivos. Têm uma energia invejável, que às vezes lhes leva a ser agressivos, inquietos, argumentativos, teimosos.

É fácil ofender um ariano, e quando se sentem ofendidos é difícil fazer as pazes com eles. Áries é o primeiro signo do zodíaco, e neste sentido seu papel é começar algo e liderar. Se um ariano acredita em uma boa causa, lutará sem descanso para promovê-la.

Características de Áries: Impulsividade, Espontaneidade e Ingenuidade.

Em Áries, podemos encontrar espontaneidade, uma energia que é total impulso e um forte anseio por existir. Este signo tem uma forte tendência a realizações instantâneas, pois vive sua vida no agora. Estas são características de quem possui o signo de Áries no Mapa Astral, não apenas de arianos, como popularmente se chama quem nasceu com Sol em Áries. Descubra em seu Mapa mais detalhes sobre este signo solar e também seu signo lunar, de Vênus e outros.

Elementos: FOGO. Brilhante e chamativo, o elemento fogo está no centro de todas as coisas. Porém, não gosta de ser aprisionado, de limites ou formas pré-definidas.    

Regente: MARTE. Marte mostra o seu relacionamento com as questões que exigem esforço e conquista. Como você lida com a sua força? Ele vai mostrar como funciona o seu espírito de luta.

Cor: VERMELHO. É estimulante, afasta a tristeza, tira o desânimo. É a cor das conquistas, das paixões e da sexualidade.

Flores: TULIPAS, LILASES, PAPOULAS E GERÂNIOS. O entusiasmo de Áries se reflete em flores que têm a cor da paixão, sejam tulipas, lilases, papoulas ou gerânios, sempre em tons de laranja ou vermelho. O entusiasmo de Áries se reflete em flores que têm a cor da paixão, sejam tulipas, lilases, papoulas ou gerânios, sempre em tons de laranja ou vermelho.

Pedras: RUBI E JASPE

______________________________________________________________

Então pessoal, essa é a edição TIFFANY’S REVISTA de Abril, espero que vocês gostem, curtam e rebloguem para que mais tumblrs tenham conhecimento do nosso trabalho!

Quer ser nossa próxima capa? Fica de olho nas atividades da Tiffany que pode ser você!

Eu te observo, da raiz do teu cabelo até a pontinha do dedo do teu pé, e posso te dizer que mantém um equilíbrio lindo sendo exatamente quem é. Posso te dizer que teu olhar me proporciona sensações inimagináveis, e apesar de perceber que cada um que passou por você levou uma pontinha de esperança tua de ter um amor, vejo que se mantém firme, eu vejo fé no brilho dos teus olhos, e abaixo, naquelas curvas que formam teu sorriso, vejo o motivo do meu. Te vejo liberta de tudo aquilo que um dia tentou te prender, e isso é tão digno de você. Mas te vejo entregue e submersa em sentimentos e pessoas, por mais que você não seja correspondida, e isso faz parte da vida, porém, você merece toda e qualquer forma de reciprocidade, no amor, no carinho e na amizade. Te vejo de coração aberto, sorrisos largos, cabelos soltos, pronta pra viver, afinal, tua vida é regada à emoções em cada momento. Quem dera se no mundo todos fossem como você, ele seria mais leve, com menos solidão e rancor. Tua liberdade e forma de pensar é a prova de que o amor próprio e a vontade de se entregar não tem escrúpulos quando o assunto é ser feliz.

L/G

Cartas aos mortos

Querida Olívia,
Hoje é um daqueles dias que eu apenas quero desaparecer. Simplesmente sumir sem mais nem menos. Estou com esse péssimo sentimento de inutilidade, me sentindo tão descartável.
As vezes só quero dormir e continuar dormindo eternamente.
E há pessoas que disseram e insistem em dizer que a vida é uma festa e fácil de se viver. Contudo, para mim ela não tem nada de fácil.
A vida é uma droga.
Com amor,
Lucas.

Eu nunca fui uma moça bem-comportada. Afinal, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem beijos quentes ou pro amor mal resolvido sem soluços. Eu quero da vida o que ela tem de cru e de bonito. Não estou aqui pra que gostem de mim. Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho. E pra seduzir somente o que me acrescenta. Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que as vezes me cansa. Por isso, não me venha com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, voracidade e falta de ar.
—  Clarice Lispector.

Portugal’s sacrifice for Europe

In many previous posts, I have dedicated and focused my attention on amazing portuguese military victories. Including:

- The Battle of Aljubarrota (Portugal), in 1385:

6.500 Portuguese soldiers vs 31.000 Spanish soldiers

- The Conquest of Ormuz (Iran), in 1509:

380 Portuguese vs 52.000 Persians

- The Great Siege of Mazagão (Morocco), in 1562:

800 Portuguese vs 105.000 Muslim Moors

- The Siege of Goa (Portuguese India), in 1570-71:

 2.000 Portuguese vs 97.000 Ottomans   

- The Siege of Chaul (Portuguese India), in 1570-71:

1.200 Portuguese vs 150.000 Ottomans

- The Battle of Nagasaki (Japan), in 1610:

150 Portuguese vs 3.000 Japanese Samurai

Considered invincible through out the world, Portugal left the mark of its sword, rifles and cannons with great success for many centuries all over the planet.

However, they have also known defeat, and this time I would like to tell you about their greatest military defeat, the Battle of Ksar el Kebir, in 1578.

To give you a proper understanding of this battle, it is necessary to first go a little backwards in time. Portugal was founded as a county in 868 and was formed as a kingdom by the Templars in 1139 while fighting off the Muslim Moors during the Reconquista, who came from Morocco to invade Iberia. This war between Portugal and Morocco lasted from that period until the 17th century.

In the year of 1574, the King of Portugal, Don Sebastião the Desired, invades Morocco and leads a successful raid against the Muslim Moors, defeating an impressive number of nearly 10.000 enemies with only nearly 3.000 Portuguese, during Summer time.

Four years later, In 1578, he leads a new crusade, also during Summer time, against the Moors and the Ottomans, gathering a much larger force, consisting of nearly 20.000 men, including with 12.000 Portuguese, 3.000 Germans, 2.000 Castilians and 600 Italians. The number of the Muslim forces are inconclusive, but it is estimated it was between 60.000 to 100.000 Moors and Ottomans, with some Castilians on their side, disgracefully so. 

This battle lasted from 6 to 7 hours and I will try to resume it to you as best as I can, letting you know of how and what it happened exactly through out this very bloody confrontation, according to the chronicles of the period, which I had the pleasure to acquire.

The Battle

It begins at around 10am

In the front the fight was harsh. The soldiers watch the devastating rate of fire of their companions against their muslim enemies. It was a continuous fire that rained upon the adversaries. They all fired together, and after the first line of arquebusiers retreats to the rear, the second line takes its place, while the first reloads their guns. And so it was for a period of  time, without the Moors being able to take advantage of their numerical superiority.

Álvaro Pires de Távora, afraid of his men attacking without his consent, screams in front of the soldiers holding an halberd in his hand: 

«Senhores! Hoje é dia de cada um fazer o que lhe mandam, e ficar no lugar que lhe deram! Havemos de esperar pela ordem de el Rey, e matarei o primeiro que se desmande!»

English: «Gentlemen! Today you will do what you’re told, and stay in the post you were given! We will wait for the order of our King, and I will kill the first who flees!»

On the third line, Miguel de Andrada watches his comrades lowering their pikes, reading themselves to push foward, and as soon as the battle horns are sounded and the cannons fired «we charged the enemy». 

The Portuguese captain Alexandre Moreira, hearing the sound to charge, soon gained momentum. He orders the first line of arquebusiers to kneel and the second and the third to stand, reading them all to fire together.

He dismounted his horse and joins his men with sword in hand, screaming: «Agora hão-de ver como os portuguezes combatem em África!» 

English: «Now you shall see how the portuguese do battle in Africa!»

Then orders his men to fire at the Turks a beautiful volley of rifles. The disorganized mass of enemies that is a few dozen meters ahead suffers the effects of this sudden discharge of almost forty arquebuses. The amazing precision of these veterans, used to the wars in Africa, makes the Moors fall down to their deaths by the terrible gunfire they suffered.

Taking advantage of the result, the soldiers push forward.

«E com tal fúria com as picas baixas, os investimos, que os arrancamos, e fizemos fugir, de que muitos não pararam senão em Fés, e n'outras partes mais e menos longe com muito dano, e estrago que receberam de nossa arcabuzaria, que era como disse destríssima, e tirada dos nossos lugares de África.» 

English: «And with such fury with our pikes lowered, we charged them, we plucked them, and made them flee, many did not stop except in Fés, and in other parts more or less far away with much damage that they received from our arquebusiers, who were amazingly accurate, taken from our places in Africa.»

In that moment, the Portuguese King, who leads the heavy cavalry, shouts the typical Iberian battlecry and prepares himself to charge while screaming «Santiago, Santiago! A elles que são canalha!» 

English: «Santiago, Santiago! To them who are scum!»

He lowers the visor of his steel helm, holds his heavy lance, and charges with the whole cavalry battalion against the Muslims. All of the men followed the King as if it was a single unit, roaring on the ground a frightening avalanche that soon hits the Moors with so much force, breaking with such fury, that it opened them everywhere, killing and wounding those who faced them. And «in this way, wherever our horses passed, the field was covered with Moors and fallen flags.»

The portuguese pikemen and arquebusiers who are more at the front, around 300 of them, open way against the Moors, defeating them in close-combat with their swords and lances.

The horses of the right side had been defeated by the charge of the heavy cavalry commanded by the King Don Sebastião, and on the left side, the Duke of Aveiro engages himself in pursuit of the enemy, here also in retreat.

The portuguese cavalry, charging with great fury, stroke the Moors with such intensity that it opened them everywhere, killing and wounding those who found it with little resistance. 

The onslaught of the Christians seems unstoppable. The Moors, who had advanced, seeing the discharges of their arquebuses do not stop the advance of the approaching enemies, retreat, allowing the attack to develop.

This is the critical moment for the Muslims, for a moment they thought the battle was lost. The Moorish leaders can’t believe how quick their men are running away and from one side to the other, all they see is their soldiers retreating.

Suddenly, a frightening volley of arquebuses is heard, the leader of the Muslim army, Abu Abd al-Malik, is dead. The Portuguese shout «victória, victória, o maluco é morto!» While that, the moorish cavalry is again defeated by the heavy horses of the Portuguese King, who seem unbeatable.

After that, the King charges again with his royal unit of knights.

In front of him, the Muslims encourage their cavaliers when they see the Portuguese King approaching with sword in hand, thinking he would be an easy prey with such a small guard accompanying him. But the King Don Sebastião proves himself unstoppable. A fidalgo (portuguese nobleman) gives him a spear, and the King furiously threw it, striking one of his adversaries down dead.

Another moorish warrior, with great reputation of being an amazing soldier, was also quickly beaten, ruthlessly overthrown with some violent blows of the sword vibrated by a Don Sebastião who seemed invincible in close combat.

Meanwhile, the moorish riflemen suddenly focus their attention on the Portuguese King alone and fire upon him all together, who is wearing a beautiful bullet proof armor. However, he was hit in his left arm, while his horse fell down dead. The Moors hurl upon the prey, but his Christian Knights who escort him are alert. And Don Sebastião also defends himself like a lion.

A Castilian would later write that he saw him «on foot with his sword in hand, performing more prodigies of valor than El Cid himself.»

And again on horse, Don Sebastião throws himself against the enemy, with only around a hundred knights on his side. And so boldly charged on the Moors that it took them to defeat for a long period of time, leaving many dead scattered on the field.

The King was losing blood from his left arm ever since he was shot, and all of the left side of his armor was bloodied. He retreats to the rear and has some water, after 3 hours of fighting without rest.

Returned from the rear, he makes another charge over the infidels, and again forces them to retreat. But the enemy is too large, the resistance is coming to an end. The presence of the Portuguese King lift up the spirit of the soldiers for a while longer, but around 16pm, the resistance is finally beaten with a full charge of the muslim forces. It is estimated around 7.000 christian soldiers died, a heavy defeat, despite the courage revealed. The fate of the King, however, is unknown, for his body was never discovered on the battlefield.

Some years ago, the steel warhelm used by Don Sebastião in the great battle, was found, and with it, historians and investigators were able to discover details of what happened in the battle he disappeared from. The first details that brought attention, were the amount of sword cuts found on the helm, the biggest amount of sword cuts found on a helmet in the entire world is 23. This helm however, used by the Portuguese King during Ksar el Kebir, has 89 sword hits in it, revealing a very unusual and extremely violent environment. His helm and armor were entirely bullet proof and any sword that would clash in it would easily break itself, at least 70 swords were broken when hitting his helm. A special discovery on his warhelm, is the fact that it doesn’t contain a single sword cut on the back of it, which means the young 24 years old Portuguese King never showed his back to the enemy, nor any signs of retreat. An honorable warrior does not die with his back turned to the enemy, Don Sebastião never showed his’s. Imagine yourself being a King, taking 89 sword hits on your helm and never turning your back to your foes during a battle, takes a lot of guts. If you would like to see the warhelm here’s a link with an interview about it, I have subtitled the video, click here to watch.

According to the investigation of the German historian Rainer Daehnhardt, the Portuguese King alone killed around a thousand Moors and Turks himself during the battle…!

You might wonder, and rightfully so, why was this a sacrifice for Europe then?

Because the primary goal of this crusade, despite the defeat, was completely achieved. Ksar el Kebir was a very sour victory for the Turk Selim II, there represented by the Sheik Mulei Maluk, for he had three times more death casualties than Don Sebastião’s christian army. 

From the Battle of Ksar el Kebir, the Battle of Lepanto in 1571 - where Portuguese soldiers also participated - and the Battle of Matapan in 1717, the Ottoman Empire stopped expanding and began to deteriorate. 

Without these three particular battles, Europe would have, eventually, fallen to the islamic threat of the time.

Testemunho lindo da Lara Rabelo Lomazzi

“Sou casada há três anos com o homem da minha vida. Começamos a namorar ainda jovens, com mais ou menos 15 anos. Namoramos por muitos anos e acompanhados por nosso diretor espiritual, quando chegou a hora de nos prepararmos seriamente para matrimônio, resolvi largar a faculdade de psicologia. Tomei essa decisão porque independente do futuro, estava certa que ficaria em casa cuidando das crianças e do meu marido. A faculdade não estava valendo a pena, era um lugar onde se aprendia diversas ideologias e coisas que não vão de acordo com a fé católica, dessa forma, decidi que não valia o esforço de escutar tantas baboseiras sendo que iria ficar em casa. Gosto de falar a data da cerimônia do nosso matrimônio, dia 12 de Julho de 2014, porque providencialmente, um ano depois, esse dia se tornou o dia de um casal muito especial para nós, Santa Zélia e São Luis Martin. Pois bem, nos casamos e em três meses estava grávida do Bento Maria, ficamos muito felizes e agradecidos a Deus por tamanha bondade para conosco. Nossa condição financeira era bem complicada, mas sempre foi nosso sonho receber essa benção, e sempre confiamos MUITO na providência divina que nunca faltou em nossas vidas. Antes do Bento completar oito meses, fiquei grávida do Miguel Maria. Quanta alegria!!! Com as bençãos de Deus nossa família só aumentando. Quando foi semana passada, descobri que estamos esperando o terceiro bebê. Um bebê por ano! Me sinto indigna, mas muito orgulhosa da minha família. Meu marido tem 25 anos e eu, 26. Somos um casal jovem e muito feliz pelos presentes que Deus nos deu. Peço oração de vocês, pois podem imaginar o que escuto das pessoas, mas mesmo não nos importando, peço a Nossa Senhora que interceda por nós para que tenhamos coragem, disposição e muita caridade para realizar os planos que Deus tem para nós.

“Senhor,concedei-me a graça de que os meus filhos vos sejam consagrados e de nada vir a manchar a pureza de vossas almas. Se há de perder-vos um dia, prefiro que os leveis imediatamente para o Céu.”.

Imagine - Liam Payne

Menos um pedido hahaha Me desculpem pelo tamanho… Espero que gostem! Beijos

Pedido:  amor faz um com o liam que eles transam um pouco antes do show (da 1d)começar mas ai os meninos notam que ele ta estranho e começam a zoar ele


- Liam! – Soltei um gritinho em meio a risos enquanto Liam me colocava sentada em uma das grandes caixas de som que estavam dispostas próximas ao palco, mas afastado de todo pessoal. – Acho que isso não é uma boa ideia, por mais que queira. – Disse me esfregando a ele antes de voltar a beija-lo.
- Shii… – Ele soltou enquanto mordiscava meu pescoço e eu soltava gemidinhos baixos e finos.
- Você sabe que temos pouco tempo, né?! – Gemi concordando. – Então vamos logo.
Liam abaixa suas calças junto da bóxer e sobe minha saia até minha cintura; minha intimidade é acariciado por um de seus dedos depois que minha calcinha é colocada de lado. O sinto me preencher suavemente e reviro os olhos pelo prazer que me inunda. Sentia minhas pernas ficarem bambas a cada investida de Liam contra mim.
- Ah, Liam! – Eu deixo escapar baixinho.
Seus movimentos são gostosos e ritmados; a última coisa que eu queria era que ele fosse para o show; queria que estivéssemos em casa para fazer amor à noite toda.
- Vamos, (S/A), goza para mim… – Liam mordeu e beijou meu pescoço mais uma vez.
- Liam…. eu… – Antes que eu pudesse gritar, Liam cobre minha boca com seus lábios em um beijo lento e sensual.
Seus lábios descolam dos seus para que ele gema arrastado enquanto goza na camisinha.
Instantes depois de todo aquele prazer, ouvi Louis gritando por Liam.
- Você tem que ir. – Beijei seus lábios e tirei de suas mãos o pacotinho da camisinha para depois colocar no lixo.
- Me desculpa. – Ele diz antes de selar meus lábios e correr para onde os camarins e entrada do palco ficava.
Depois de ajeitar minhas roupas e cabelo, joguei a camisinha em um dos lixo e desci para frente do palco indo encontrar a equipe da banda e algumas das outras namoradas.
- Tudo bem, (S/N)? – Lou perguntou. – Você sumiu…
- Estava com minha mãe no telefone. – Sorri.
- Ainda bem que chegou a tempo do show…
- Ah, não perderia por nada. – Lou sorriu e a música de abertura começou a tocar.
Hippily foi a primeira música tocada e eu a cantei do início ao fim.
- Olá! Querida Londres! – Harry gritou ao final da música ouvindo gritos em resposta. – Eu quero ouvir um “hey”!
A plateia deu um grito tão alto quanto antes.
- Olá minhas meninas! – Liam disse meio ofegante.
- Está tudo bem, Liam?
- Claro! – Ele sorriu.
- Você está tão corado! – Louis se aproximou.
- Ofegante… – Niall disse e riu alto.
- Suado… – Harry pôs a mão na cintura e analisou Liam de cima a baixo.
- Meu Deus! – Louis gritou esganiçado e apontou para Liam.
- Agora eu sei por que ele sumiu. – Harry disse rindo.
- (S/A)! Sua safadinha! – Louis gritou.
Minhas bochechas começaram a esquentar; a risada de Niall era alta dentro do estádio onde acontecia o show. Escondi meu rosto com as mãos e ouvia a gargalhada estrondosa de todos ali. Quando ergui meus olhos para ver Liam, o mesmo mordia o lábio inferior e tinha suas bochechas coradas mais do que antes.
- (S/A), você não pode transar com ele antes de um show! – Louis gritava. – Como é que ele vai se concentrar para cantar?
- A culpa foi dele! – Gritei e uma câmera focou em mim no exato momento. Meu rosto foi exposto no telão e Niall riu mais alto ainda.
- Eu não acredito nisso! – Liam cobriu o rosto com as mãos e sacudia a cabeça.
- Seu safado! Quer fazer as coisas e sair de fininho, hein?! – Harry caminhou até ele o abraçando. – Você não vai falar nada, Niall?!
- Eu não consigo! – Ele gritou Ainda rindo. – Minha barrida dói!
- Não acredito que Liam foi capaz de fazer essa safadeza! – Louis balança a cabeça negativamente e bota a mão na cintura de novo.
- Nosso menininho gosta de transar…. que orgulho! – Harry aperta as bochechas de Liam.
- Chega! Temos que cantar para nossas meninas! Chega de falar de sexo! – Liam cruzou os braços emburrado.
- Ele tem razão! – Niall disse mais calmo.
- Nada mais junto que cantar Rock me!
E assim melodia começou e finalmente o assunto foi esquecido. Mais ou menos.
- Com sua mãe no telefone? – Lou falou próximo de mim.
- Não me deixe constrangida! – A empurrei com os cotovelo.
- Tome cuidado com as ligações para sua mãe. – Ela deu uma piscadinha.

A gente tem que aprender, que nem tudo que queremos, podemos ter.
Temos que parar de ser cabeça dura, viver mais, se importar menos com quem não dá a mínima pra gente. Porque perdemos tanto tempo amando coisas que não são mais nossas, perdemos tanto tempo sofrendo por sentir demais, por se importar demais.
Temos que viver mais, um dia a gente acha nosso ninho, um dia a gente encontra o sentido de tudo ter dado errado antes. Pode demorar anos, dias, ninguém sabe. Mas você não pode é desistir, não desista jamais. A vida é uma caixinha de surpresas, um eterno perde e ganha. Podemos perder hoje, mas amanhã podemos ganhar o dobro do que perdemos… Vai por mim, ainda há esperança, acredite em você.
—  Israel Muniz
Talvez um voltasse, talvez o outro fosse. Talvez um viajasse, talvez outro fugisse. Talvez trocassem cartas, telefonemas noturnos, dominicais, cristais e contas por sedex, que ambos eram meio bruxos, meio ciganos, assim meio babalaôs. Talvez ficassem curados, ao mesmo tempo ou não. Talvez algum partisse, outro ficasse. Talvez um perdesse peso, o outro ficasse cego. Talvez não se vissem nunca mais, com olhos daqui pelo menos, talvez enlouquecessem de amor e mudassem um para a cidade do outro, ou viajassem juntos para Paris, por exemplo, Praga, Pittsburg ou Creta. Talvez um se matasse, o outro negativasse. Seqüestrados por um OVNI, mortos por bala perdida, quem sabe. Talvez tudo, talvez nada. Porque era cedo demais e nunca tarde.
—  Caio Fernando Abreu
— Você sabia que na maior parte de toda a história da humanidade a expectativa média de vida foi inferior a trinta anos? Você podia contar com mais ou menos uns dez anos de vida adulta, certo? Não havia planos de aposentadoria. Não havia planos de carreira. Não havia planos. Não havia tempo para planejar. Não havia tempo para o futuro. Mas aí a expectativa de vida começou a aumentar, e as pessoas começaram a ter mais e mais futuro e a passar mais tempo pensando nele. No futuro. E agora a vida se tornou o futuro. Todos os momentos da vida são vividos no futuro: você frequenta a escola para entrar na faculdade para arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal e mandar os filhos para a faculdade para que eles consigam arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal para mandar os filhos para a faculdade
—  Cidades de Papel

Às vezes me pego pensando em tudo que vivi ano passado e agradeço por tudo de bom e de ruim que passei. Sim, até os erros e aquelas cagadas extremas hoje são motivos de agradecimento. Foram elas que me fizeram crescer e que me deixaram ainda mais forte. Não dou mais tanta importância pro que passou. Resolvi guardar apenas o que foi bom no meu coração. E tá valendo a pena, cada dia mais. Comecei esse ano cheia de energia boa com vontade de viver intensamente tudo que ele me trouxer. Com mais alegria e menos paciência rs mas não vou responsabilizar o destino porque enfim aprendi que tudo depende de mim e da minha vontade de dar certo, de fazer o meu melhor e ser uma pessoa melhor pra mim e pros outros. E que esses outros sejam pessoas ainda melhores! Quero do meu lado quem estiver na mesma frequência, que esteja disposto a estar por perto apenas porque quer estar, sem interesse ou segundas intenções. Só peço que Deus continue afastando de mim qualquer pessoa que cruze o meu caminho sem desejar o meu bem. Que afaste qualquer pessoa vazia e desinteressada. Os amigos de balada.. Peço saúde também, pois tenho uma lista de planos e sonhos que vão fazer o uso dela. E se não for pedir muito, quero amor infinito! pra mim e pro mundo e que eu continue sentindo orgulho da pessoa que estou me tornando sem pesos externos, mágoas ou rancor… do resto eu corro atrás.
📄 @bsousam