madrugadas perfeitas

-Capitulo 21-

A minha madrugada foi perfeita, Clara era perfeita,sem dúvida nenhuma foi a melhor mulher que já tive na minha vida,e olha como é o destino né? eu já cheguei odiá-la e agora ela está aqui do meu lado dormindo depois de uma noite inteira de amor…amor?ai mano do que eu to falando,é sono só pode..

Estava quase pegando no sono novamente quando ouço um chorinho de quem queria atenção,era Max,fiquei com dó de acorda-la então lá fui eu.

Van:Hei pequeno que foi? (pegando-o no colo)

Max:Mama…(choramingando)

Van:Vamos deixar a “mama"dormir mais um pouquinho tá.

Péssima ideia essa a minha,tirei ele do berço,e fui lhe dar banho,até ai tudo bem a parte difícil veio depois,juro eu ainda inventarei uma fralda mais pratica de ser colocada,até Max fez cara de que algo estava errado,enquanto eu me desdobrava pra saber como colocar aquilo,ouço uma risada atrás de mim.

Clara:Mas o que você tá fazendo Van? hahahaha.

Era ela,com cara de sono,cabelo bagunçado,de roupão e ainda sim estava linda,puta que o pariu essa mulher não é feia nunca?

Van:Er…tô trocando seu filho ué (u.u)

Clara:Ah entendi…só acho que ficaria melhor se o fecho da fralda estivesse pra frente! (segurando o riso)

Van:Eu sabia que tinha algo errado com essa fralda.(semicerrando os olhos)

Clara:Hahahaha é com certeza é a fralda.

(No brasil)

Thais:Olha eu vou te avisar só uma vez,da próxima vez que você fizer isso outra vez,eu te quebro no meio.(irritada)

May:Achei que você curtia (segurando o riso)

Thais:Pois é não curto,e se curtisse,a última mulher no mundo que eu beijaria seria você.

May:Na verdade não mais,porque você já me beijou…

Thais:BEIJEI O ESCAMBAU VOCÊ QUE ME AGARROU. (gritando)

May:E você nem fez questão de sair de perto.(sorrindo)

Thais:Eu vou sair daqui,pra não quebra essa sua cara…

May:E vai pra onde?sinto informa-la mas está chovendo e estamos no meio do nada.

Thais:O "meio do nada"é mais suportável que você.

May:Olha só você me bateu,aparentemente me odeia e até hoje eu não sei o porque.(¬¬)

Thais:Porque é isso que mulher como você,merece!!!

May:E que tipo de mulher que eu sou?(a encarando séria)

Thais:Aquelas que não se garante e dá em cima do namorado das outras!

May:E eu fiz isso quando?(confusa)

Thais:Não interessa!

May:Ah interessa sim,porque eu posso ser tudo,menos fura olho!

Thais: Ha Ha Ha faça-me rir Mayra.(Irônica)

May:Eu falo isso com toda convicção do mundo,EU NUNCA SAI COM HOMEM COMPROMETIDO…

Thais:Então me explica,porque você tava beijando meu namorado no evento de ribeirão?

(Na França)

Após trocarmos Max fomos tomar café né? porque ninguém é de ferro,eu estava muito cansada e Clara também,só de pensar no que fizemos ontem a noite ,eu já fico corada de tanta vergonha uahsaushasuh

Clara:Nossa tô toda dolorida.(fazendo cara de dor)

Van:Clara…(se engasgando)

Clara:Que foi? (rindo)

Van:Olha o Max…

Clara:Ai Vanessa me polpe o Max é um bebê ainda.(rindo)

Van:Mesmo assim,traumatiza sabia?

Clara:Traumatiza nada mulher hahaha

A manhã inteira seguiu assim em um clima de brincadeira,assistimos desenhos com Max na sala,corremos pela casa,enfim tudo para o entretenimento do garoto,até que o mesmo pegou no sono.

Van:Nossa brincou tanto que dormiu.

Clara:Pois é mas ele gosta.(babando no filho)

Van:E qual é a criança que não gosta de brincar?

Clara:Sabe,não é só criança que gosta,eu também gosto,mas de outro tipo de brincadeira.(sorrindo maliciosa)

Van:Clara,nem vem,olha o Max aqui.(desviando o olhar)

Clara:Prometo que vou ser silenciosa.

Ela nem esperou eu responde em um só movimento ela tava sentada no meu colo com a mão dentro da minha blusa,o beijo começou calmo mas as coisas ia esquentar.

Van:Clara,para….

Clara:Que foi?

Van:O Max vai acordar assim moça rsrsrs

Clara:Então vem,vamos brincar,lá dentro!

E assim fizemos,levamos Max para seu quarto,e fomos para o dela , e lá o cansaço foi deixado de lado,porque…né?

Van:Ufa…preciso de um banho.(se levantando)

Clara:Van….posso ir junto.(fazendo bico)

Van:Mas é obvio…que não.(fazendo careta)

Clara:E porque não? (indignada)

Van:Porque se eu bem conheço você,nós não terminaremos esse banho hoje.(rindo)

Clara:Eu prometo que me comporto! (fazendo manhã)

Van:Ah peste,porque não consigo te dizer não hein?(fazendo cara de brava)

Clara:Porque sou irresistível hahahaha

(No brasil)

May:E foi isso,eu jamais ficaria com ele se soubesse que ele tinha namorada…

Thais:Ele dizia a todo mundo que era solteiro?(com os olhos cheios de lagrimas)

May:Sim,e naquela noite,não foi diferente,desculpas mas eu não sabia!(respirando fundo)

Thais:Eu nasci pra ser feita de trouxa.

May:Claro que não,nenhuma mulher nasceu pra isso,não se culpe o idiota aqui é ele!

Thais:Mas também,dane-se,nem penso nele mais.(dando de ombro)

May:E porque não dá o troco?

Thais:Até parece,não sou disso,e além do mais nem tenho mais contato com ele.

May:Mas ele vai estar no evento.

Thais:Quem disse?(assustada)

May:Eu disse,o evento é meu esqueceu?convidei todos os lutadores da região e ele é um deles.

Thais:E o que você está pensando fazer?

(Na França)

Fomos tomar banho e adivinha?Sim,Clara mentiu,não se comportou coisa nenhuma,resultado demoramos quase 1:00 dentro do banho,se eu gostei?eu adorei,estávamos deitadas na cama quando a campainha começou a tocar.

Clara:Van atende lá…

Van:Mas eu nem me troquei ainda.

Clara:eu sei,eu também não,deve ser algum funcionário do hotel,vai de roupão mesmo.

Van:Então vai lá você que é a dona!(arqueando as (sobrancelhas)

Clara: então vamos as duas!

Van:Tá doida?obvio que não,vai lá gatinha.(sorrindo)

Clara:Aff você é uma chata mesmo.

Ela levantou e foi atender fiquei no quarto esperando,ambas estávamos de roupão,não pegaria bem alguém nos ver assim,ainda mais um funcionário dela né?

Clara:Oi!

Pepa:Vanessa está?

Clara:Você é?(a analisando)

Pepa: Sou a Pepa uma amiga dela!

Clara:Ah…(fez uma pausa) você é a Pepa.

Pepa:A própria,Vanessa tá,ou não?(impaciente)

"Óh Vanessa"estava quase pegando no sono quando ouço ela gritar meu nome,ajeitei o meu roupão e fui pra sala ao encontro dela,ao chegar lá eu queria um buraco pra me enterrar.

Van:Que foi Cl…

Pepa:Oi Van,vim saber se você melhorou?

Clara:tava doente Van? (irônica)

Van:Um…er..mal estar.(sem graça)

Clara:É mesmo? não pareceu!(rindo e encarando Pepa)